Astrónomos podem ter descoberto de que se alimentam os buracos negros

NASA/SOFIA/Lynette Cook

Os buracos negros são um mistério. Sabe-se muito pouco sobre estas densas regiões do espaço carregadas de gravidade, onde nem a luz consegue escapar. Um grupo de cientistas fez progressos neste sentido, podendo ter descoberto de que se “alimentam” os buracos negros.

Estima-se que os buracos negros supermassivos se escondam no coração da maioria das galáxias mas, até então, ninguém conseguiu explicar por que motivo alguns destes buracos negros “devoram” tudo que está à sua volta e outros não.

Recentemente, o Observatório Estratosférico para Astronomia Infravermelha (SOFIA) detetou que campos magnéticos “capturam” o pó acumulado no centro da galáxia ativa Cygnus A, entregando-a depois ao buraco negro que está no seu centro.

A pesquisa, publicada em julho na The Astrophysical Journal Letters, pode ajudar a elucidar os mecanismos que determinam a atividade dos buracos negros, explicando por que razão alguns são extremamente ativos enquanto outros parecem estar a “adormecidos”.

Até então, os cientistas não foram capazes de explicar a atividade dos buracos negros, assim como também não conseguiram descobrir como se formam as nuvens de poeira nem como estas permanecem em torno do núcleo da galáxia – agora, e de acordo com as novas observações, a resposta pode estar nos campos magnéticos.

Os dados recolhidos pelo SOFIA sugerem que os campos magnéticos podem ser responsáveis por manter a poeira suficientemente perto, de forma a que o buraco negro consiga “saciar a sua fome”, devorando-a.

E, por isso, uma das diferenças fundamentais entre galáxias ativas, como Cygnus A, e galáxias mais passivas, como é o caso da Via Láctea, pode ser a presença ou ausência de um forte campo magnético em torno do buraco negro.

O fenómeno foi observado através da câmara de alta precisão HAWC+, que capturou o comprimento de onda em infravermelho. Os campos magnéticos são especialmente difíceis de observar no espaço e, por isso, os cientistas recorrem à luz polarizada.

“Estas observações do HAWC+ são únicas. As imagens mostram-nos como é que a polarização infravermelha pode contribuir para o estudo das galáxias”, disse o astrónomo Enrique Lopez-Rodriguez do SOFIA.

PARTILHAR

RESPONDER

Em tempos difíceis, alguns dinossauros tornaram-se canibais

Um novo estudo sugere que os alossauros, grandes predadores do Jurássico, poderiam tornar-se canibais em tempos de escassez de alimentos. De acordo com o site Science Alert, não é fácil encontrar marcas de dentes de dinossauros …

Praias, cafés e espetáculos. Países mais afetados pela pandemia começam a aliviar planos de emergência

Numa altura em que a pandemia parece começar a dar tréguas e com o verão a aproximar-se no hemisfério norte, dezenas de países reabrem esta segunda-feira atividades económicas, de lazer e culturais após as restrições …

Costa, Ferro, Medina e 85% dos socialistas querem que Marcelo continue em Belém

Cerca de 85% dos socialistas querem que Marcelo Rebelo de Sousa continue na Presidência da República para um segundo mandato, revela uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF. A seis meses …

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade, sugere uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha, e do Instituto Karolinska, na Suécia. Em causa está …

Combater a pobreza energética até 2040 custa 384 milhões por ano

Pela primeira vez, o Governo sabe quanto seria preciso investir para combater a pobreza energética até 2040: 7.671 milhões de euros  – o equivalente a 384 milhões de euros por ano. De acordo com o jornal …

Trump classifica movimento antifascista como organização terrorista

O Presidente norte-americano anunciou que vai classificar o movimento ANTIFA (antifascistas) como organização terrorista, e culpou os média por “fomentarem o ódio e anarquia” na onda de protestos contra a violência policial. “Os Estados Unidos da …

Megaoperação em Loures. PSP e PJ cercam bairro da Quinta da Fonte e detém nove pessoas

A Unidade Especial da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Polícia Judiciária (PJ) estão, esta segunda-feira, desde antes das 7h, a fazer uma megaoperação no Bairro Quinta da Fonte, em Loures. Segundo avança a TVI24, …

Cientistas podem ter descoberto onde vive o stress no cérebro humano

Onde é que os sentimentos negativos, como a pressão e a ansiedade, existem no nosso cérebro? Cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, tentaram encontrar a resposta. Estudos anteriores indicam que os sentimentos subjetivos ou …

A atmosfera de Marte está a escapar para o Espaço (e já se sabe quem é o culpado)

Marte pode já ter sido um planeta habitável mas, ao longo de milhares de milhões de anos, a sua atmosfera escapou para o Espaço. Os cientistas mapearam as correntes elétricas na atmosfera marciana que podem …

Júpiter é tão grande que o nosso Sistema Solar quase teve dois sóis

O nosso Sistema Solar tem apenas uma estrela e uma série de planetas relativamente pequenos. No entanto, Júpiter esteve muito perto de se tornar o irmão mais pequeno do Sol. Júpiter é, de longe, o maior …