Astrónomos descobriram uma galáxia poeirenta que não devia existir

Josh Barrington, ESA / NASA

A pequena A1689-zD1 é uma galáxia do tamanho da Grande Nuvem de Magalhães (na imagem, recolhida pelo Hubble), galáxia satélite da Via Láctea

A pequena A1689-zD1 é uma galáxia do tamanho da Grande Nuvem de Magalhães (na imagem, recolhida pelo Hubble), galáxia satélite da Via Láctea

Enquanto procurava os primeiros objectos criados no nosso Universo, uma equipa internacional de astrónomos descobriu uma galáxia que não deveria existir de todo.

Segundo revelaram os cientistas, num estudo publicado na revista Nature, a minúscula galáxia, chamada A1689-zD1, terá nascido uns 700 milhões de anos após o Big Bang, mas o que a torna singular é que tem muita poeira cósmica – demasiada mesmo, para uma galáxia tão nova e pequena.

“Descobrimos recentemente um colossal buraco negro no Universo primordial. Agora descobrimos esta jovem galáxia, com demasiada poeira que não podia ter”, diz Daniel Marrone, astrónomo da Universidade do Arizona perito na formação de galáxias, citado pela National Geographic.

“Temos uma imagem, um rascunho do que era o Universo primordial, mas na realidade, não fazemos a mínima ideia do que se estava a passar”, diz Marrone.

O que os astrónomos acham que sabem

Os cientistas pensam que a galáxia é formada quase totalmente por poeira cósmica, o que é intrigante, uma vez que o Universo, no seu início, não teria qualquer poeira – apenas hidrogénio e hélio.

O gás do pós-Big Bang terá condensado para formar as primeiras estrelas, que forjaram os primeiros elementos pesados, incluindo o carbono, silício e oxigénio – antes de morrerem e libertarem esses elementos para o espaço, criando as primeiras partículas de poeira cósmica.

Essas estrelas iniciais já teriam nascido e morrido há muito tempo quando a pequena A1689-zD1 se lembrou de aparecer, numa altura em que o Universo estava já longe de não ter qualquer poeira cósmica.

Mas a maior parte dessa poeira teria que estar em super-galáxias brilhantes, com um grande número de estrelas.

“Em galáxias maiores, com estrelas massivas de vida curta, a poeira cósmica pode acumular-se rapidamente, em poucos milhões de anos, devido à explosão das supernovas”, diz Darach Watson, investigador do Niels Bohr Institute, da Universidade de Copenhaga, e principal autor do estudo.

Segundo os resultados obtidos pela equipa de astrónomos, a A1689-zD1 é relativamente pequena – do tamanho da Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia anã satélite que orbita a Via Láctea, com um diâmetro vinte vezes menor e com dez vezes menos estrelas do que a nossa galáxia.

“Pode ser que a poeira A1689-zD1 até tenha origem em supernovas, mas para o saber teríamos que estudar galáxias parecidas com esta”, diz Watson.

“O nosso problema, é que não temos propriamente outras candidatas que possamos estudar”, acrescenta.

O enredo complica-se, o mistério adensa-se, enquanto a A1689-zD1 trata da sua vida improvável.

AJB, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Grécia vai fechar os três maiores campos de refugiados nas ilhas do Mar Egeu

A Grécia anunciou, esta quarta-feira, que os três maiores campos de migrantes nas ilhas de Lesbos, Samos e Quios, no Mar Egeu, serão fechados e substituídos por estruturas fechadas que triplicarão a sua capacidade. "Descongestionar as …

Preços dos passes da Área Metropolitana do Porto devem manter-se em 2020

A Área Metropolitana do Porto (AMP) revelou esta quarta-feira que pretende manter inalterados os preços das assinaturas mensais Andante, em 2020, apesar da Taxa de Atualização Tarifária (TAT) de 0,38%. Em resposta à Lusa, aquela entidade …

Diplomata suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico detido

A PSP conseguiu deter, esta quarta-feira, o diplomata guineense suspeito de ter atacado o companheiro da ex-namorada com ácido sulfúrico. Depois do incidente, em Sintra, as autoridades não tinham conseguido prender por causa do seu …

TAP baptiza avião em homenagem a Raul Solnado

Raul Solnado, um dos maiores nomes do humor português, vai dar nome, a partir desta quinta-feira, a um avião da TAP. A homenagem acontece no Dia Mundial da Televisão. O batismo do "Avião Raul Solnado" acontecerá …

Fisco quer devolução de 3,5 milhões de euros por erro em declarações de IRS de 2015

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou um erro na liquidação de declarações de IRS relativas a 2015, que implicou um novo apuramento do imposto em cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 …

Afeganistão declara derrota do Daesh no principal bastião no país

O Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, anunciou esta terça-feira a derrota do grupo extremista Daesh na província de Nangarhar, no leste, considerado um dos principais bastiões do grupo 'jihadista' no país. "Quem poderia imaginar há um …

Parlamento vota Orçamento do Estado a 10 de janeiro

O Orçamento do Estado para 2020 será discutido na generalidade em 9 e 10 de janeiro, na Assembleia da República, com votação final global marcada para 7 de fevereiro. Segundo o jornal Público, as duas primeiras …

Legionella. Fase de instrução do surto de Vila Franca de Xira começa hoje

O início desta fase facultativa, em que o Tribunal de Instrução Criminal de Loures vai decidir se o processo segue e em que termos para julgamento, está agendado para as 09h30 e decorrerá à porta …

Um dos mais influentes empresários de Malta foi detido no caso da morte de jornalista

Foi detido no seu iate o magnata Yorgen Fenech, um relevante empresário de Malta, no âmbito das investigações à morte da jornalista Daphne Caruana Galizia que estava a investigar pessoas influentes do país pelo alegado …

Presidente argentino diz que vai pagar dívida ao FMI, mas recusa mais ajustes fiscais

O Presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, assegurou na terça-feira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que o país vai cumprir com os compromissos em matéria de dívida, mas rejeitou aplicar mais ajustes fiscais. "Desenvolvemos um plano …