Os astronautas que estiveram “8 meses em Marte” estão de regresso

Depois de passarem oito meses a simular a vida em Marte, nas encostas do vulcão Mauna Loa, no Havai, seis astronautas foram autorizados este domingo a “regressar à civilização”.

Um grupo de astronautas acaba de concluir a quinta missão simulada de Marte, do programa HI-SEAS, Hawaii Space Exploration Analog and Simulation, financiado pela NASA.

Operado pela Universidade do HavaI, o projeto de pesquisa estuda como grupos de viajantes interplanetários trabalhariam juntos em missões de longo prazo, confinados e apertados em pequenos alojamentos.

Durante a missão, três homens e três mulheres viveram isolados do resto do planeta Terra e só podiam comer alimentos não perecíveis e, ocasionalmente, vegetais cultivados em laboratório.

Ao comunicar com o mundo exterior, tinham que lidar com a demora de 20 minutos que astronautas em Marte também enfrentariam. E a qualquer momento em que saíssem do alojamento, tinham que vestir os fatos espaciais.

A equipe da Missão V entrou na cúpula HI-SEAS no dia 19 de janeiro. Durante a estadia de oito meses em Mauna Loa, o maior vulcão ativo do mundo, realizaram experiências científicas, fizeram exercícios diários e mantiveram equipamentos dentro e à volta da cúpula. Fora dela, os astronautas fizeram trabalhos geológicos de campo em fatos espaciais, como se estivessem, de facto, em Marte.

(dr) Ross Lockwood / HI-SEAS

O físico e astronauta canadiano Ross Lockwood “em Marte”

Enquanto o HI-SEAS estuda os aspetos mais técnicos e práticos da vida em Marte, grande parte da investigação envolve verificar como um grupo de pessoas vive em conjunto, isoladamente, com pouca ou nenhuma privacidade.

“A viagem espacial a longo prazo é absolutamente possível”, disse Laura Lark, especialista em TI da HI-SEAS V. “Certamente há desafios técnicos que têm de ser superados. E, também certamente, há fatores humanos a aperfeiçoar e descobrir, o que é parte dos objetivos da HI-SEAS. Mas acho que superar esses desafios é apenas uma questão de esforço. Somos absolutamente capazes disso”.

Depois de a equipa sair da cúpula HI-SEAS, às 9h da manhã, “sentiram o sol e o vento na cara e comeram mamão fresco tropical, abacaxi e bananas com amigos e familiares”, disseram funcionários da Universidade do Havai.

O meu conselho para a sexta missão é dizer sim. Se há uma oportunidade, seja de filmar, aprender uma nova habilidade científica ou conduzir o drone, seja o que for, diga ‘sim’. Assuma a liderança sobre as coisas. Honestamente, você pode sair daqui em oito meses aprendendo uma tonelada de coisas” disse o diretor de saúde e performance de HI-SEAS V, Brian Ramos.

A próxima missão HI-SEAS, a HI-SEAS VI, está programada para começar em 2018 e também vai durar oito meses.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Eles já foram a Marte e já regressaram, mesmo que seja por simulação, entretanto, nosotros continuamos por aqui, a sofrer as ameaças de Kim Jung-Un e de Donald Trump, de uma guerra nuclear que este último quer desencadear, e que, segundo li hoje, pode dar cabo de 1 bilhão de nosotros. Caramba! porca miséria!

  2. Está bem, morre 1 bilhão (1 bilhão em terminologia americana é equivalente a 1.000 milhões em terminologia europeia), então, ficam 6 mil milhões. São só 15% é que vão para o maneta. Acha pouco, é isso? Eu! significa Trump?

    • Eu não disse se achava muito ou pouco, mas, a verdade é que há população mais no mundo, principalmente palermas (como o Trampa e o coreano com cara de cu), bandidos, terroristas, agências de rating, a Goldman Sucks, etc, etc!…

RESPONDER

CMVM deteta falhas na auditoria a empresas de Isabel dos Santos. Há indícios de crime

A Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) identificou incumprimentos dos trabalhos de auditoria relativos a empresas ligadas à empresária angolana Isabel dos Santos em inspeções realizadas na sequência do caso Luanda Leaks. De acordo com …

Já sabemos o que a vida na Terra respirava antes de haver oxigénio

Há milhares de milhões de anos, muito antes de existir oxigénio em quantidades abundantes na Terra, um dos mais famosos venenos existentes - o arsénico - poderá ter sido o composto que fez a vida …

Autoridades procuram migrantes ilegais que fugiram de quartel em Tavira

As autoridades algarvias estão à procura de um grupo de migrantes ilegais marroquinos que fugiu de um quartel de Tavira, no Algarve, durante a madrugada. De acordo com a RTP, fugiram 17 migrantes ilegais, oriundos de …

EUA oferecem recompensa de 4,7 milhões por ex-ministros venezuelanos

Os Estados Unidos anunciaram esta quarta-feira que oferecem uma recompensa de cinco milhões de dólares (4,7 milhões de euros) pelo ex-ministro da eletricidade venezuelano, Luis Alfredo Motta Domínguez, e pelo ex-ministro das Finanças, Eustiquio José …

PAN não terá candidato próprio nas presidenciais (e deverá apoiar Ana Gomes)

O Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) não vai ter candidato próprio às eleições presidenciais de 2021 e vai anunciar esta quinta-feira o candidato que irá apoiar. O semanário Expresso avança que, até agora, a única certeza é que …

Cientistas mostram que os corvos são capazes de pensar de forma consciente

Um novo estudo descobriu que os corvos não são só inteligentes, como mostram também ter uma forma de consciência, sendo capazes de estar conscientes do mundo à sua volta no presente. De acordo com o site …

"Alto risco". África do Sul proíbe entrada de turistas de Portugal

Os turistas oriundos de Portugal não vão ser autorizados a entrar na África do Sul, quando o país africano reabrir as fronteiras internacionais na quinta-feira, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior sul-africano. Portugal consta de …

Descoberta rara. Encontrado vapor de água salgada em torno de duas estrelas bebé gigantes

Uma equipa de investigadores descobriu um par de estrelas bebé massivas rodeadas por vapor de água e sal de cozinha, de acordo com um novo estudo. As duas estrelas bebé têm uma massa combinada 25 vezes …

Sonda da NASA deteta nanojatos na coroa solar (e desmistifica a sua extrema temperatura)

Uma equipa de cientistas, liderada pelas Universidades de Northumbria e St. Andrews, em cooperação com a NASA, descobriu um novo tipo de atividade dentro da atmosfera do Sol que poderia explicar como é que a …

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …