“Confiança”. Assunção Cristas lança o seu primeiro livro

Rodrigo Antunes / Lusa

Assunção Cristas no lançamento do seu livro, “Confiança”

A presidente do CDS-PP apresentou, esta segunda-feira, o seu livro “Confiança”, em Lisboa, definindo-se como uma “ativista do otimismo” e assumiu a sua confiança nos seus resultados nas eleições legislativas de outubro.

Assunção Cristas juntou, numa sala de um centro comercial em Lisboa, algumas dezenas de pessoas, entre familiares, amigos, militantes e dirigentes do CDS, mas também do PSD, entre eles a antiga ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque e o ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que chefiou o Governo em que foi ministra da Agricultura.

O otimismo é uma característica que partilha com outro otimista, o primeiro-ministro, António Costa, com quem protagonizou alguns debates acesos no Parlamento, mas Assunção evitou entrar em polémicas políticas.

Sou muito otimista. Felizmente há muitas pessoas otimistas no nosso país e isso é positivo. Muitas vezes sou crítica do primeiro-ministro, mas nunca me ouviram criticar o seu otimismo”, afirmou, com um sorriso, aos jornalistas, fazendo um intervalo na sessão de autógrafos na apresentação do livro, pelo ensaísta Pedro Mexia, seu amigo de juventude.

Ao longo de 246 páginas, Cristas percorre a sua carreira, profissional e política, fala da importância da participação das mulheres na vida política e em todos os níveis da sociedade, recusando que a obra seja apenas “para elas”.

“Precisamos de mulheres e de homens cada vez mais na política, em todas as posições da nossa sociedade e também nas posições de topo. Precisamos que estejam homens de qualidade e mulheres de qualidade, que às vezes estão mais escondidas”, disse ainda.

Assunção afirma ter “confiança no país”, “confiança em todos os portugueses que lutam todos os dias por um país melhor” e “muita confiança e muita esperança no futuro”.

A deputada e ex-ministra emocionou-se quando disse que foram os seus pais a ensiná-la a ser otimista e afirmou acreditar que o otimismo pode e deve ser usado na “transformação da realidade” a favor das pessoas e da resolução dos seus problemas.

Tal como disseram Pedro Mexia, Cristas, primeira mulher a liderar o CDS, reconheceu que ganhou “o gosto” pela política nos dez anos a que se referem o livro, desde o “desafio” que lhe foi feito pelo ex-líder, Paulo Portas, a entrar para o partido, depois candidatar-se a deputada e a entrar para o Executivo.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Erros na prescrição obrigam a novas medidas de segurança para medicamentos para cancro e doenças inflamatórias

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomenda novas medidas de segurança para evitar erros na prescrição e administração de medicamentos com metotrexato. Devido a erros de prescrição, a Agência Europeia do Medicamento recomenda novas medidas de …

Cartel de construtoras dos estádios do Mundial do Brasil investigado

Foi aberto um processo administrativo para investigar um cartel mantido por empresas de engenharia que atuou nas obras dos estádios usados no Mundial de futebol do Brasil, em 2014. O Governo brasileiro informou esta quarta-feira que …

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a história

Muitas pessoas associam a tecnologia àquilo que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a cultura, a linguagem e a história. O projeto "AI for Good", que em …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …

Ministério da Educação quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos

O Ministério da Educação lançou esta quinta-feira uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas dos alunos. A campanha de sensibilização lançada esta quinta-feira …

Morreu o eurodeputado do PS André Bradford. Estava em coma induzido

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu nesta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou à agência Lusa fonte do PS/Açores. Bradford, …

Crise dos opióides nos EUA: 76 mil milhões de comprimidos e 70 mil overdoses

Entre 2006 e 2012 foram distribuídos setenta e seis mil milhões de comprimidos de duas substâncias opióides, a oxicodona e a di-hidrocodeína. As mais de 70 mil registadas em 2017 representam um aumento para o …

Erosão da costa portuguesa é grave (e vai piorar)

As zonas da costa com ocupação humana são as mais atingidas pelos efeitos da erosão costeira em Portugal, uma situação que vai agudizar-se, apesar das medidas que têm sido tomadas e que custam anualmente milhões …