Rendas excessivas da EDP. Artur Trindade arrisca perder 40 mil euros por mês

EWEA / Flickr

Artur Trindade, ex-Secretário de Estado da Energia

O antigo secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, é suspeito de ter favorecido a EDP em troca de benesses para si e para o seu pai.

Nas oito horas de interrogatório, o antigo secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, tentou explicar o seu relacionamento com a EDP, depois de ser acusado de corrupção passiva por ter favorecido a empresa em vários diplomas.

De acordo com o Correio da Manhã, Artur Trindade arrisca a ficar sem 40 mil euros/mês se os procuradores pedirem a suspensão de funções do ex-governante, que foi escolhido pela REN e pela EDP para vice-presidente do OMIP e presidente do OMIPClear.

O matutino avança que os procuradores Hugo Neto e Carlos Casimiro estão a analisar as declarações do antigo governante de modo a avaliar as medidas de coação. Para além da suspensão de funções, os magistrados podem também pedir o pagamento de uma caução, à semelhança do que foi exigido a António Mexia, Manso Neto e João Conceição.

Esta sexta-feira, em tribunal, Artur Trindade explicou as ligações familiares à EDO, designadamente do pai (já falecido) e da cunhada, ambos contratados pela elétrica em troca de alegados favores. Segundo o CM, os procuradores questionam ainda a legitimidade do antigo governante para tomar decisões a partir de 2014, quando o seu irmão mais novo casou com uma funcionária da EDP.

Ao juiz Carlos Alexandre, Artur Trindade negou ter sido corrompido pela EDP.

O caso das rendas excessivas da EDP levou Carlos Alexandre a decretar a suspensão de funções de António Mexia, presidente da empresa, e de João Manso Neto, presidente da EDP Renováveis. Em causa estão alegados benefícios de 1,2 mil milhões de euros.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais business as usual. Patrocinado pelo Socas e confirmado pelo Passos Coelho. Direitinho aos bolsos de todos. Mas ainda há os querem privatizar o sns. Pois… o privado gere sempre melhor. Lol !

  2. A reter:
    -Este “artista” foi Secretário de Estado da Energia do Passos.
    -O governo do Passos privatizou a EDP e a REN – mais 2 “negócios” ruinosos para o país.
    -A EDP e REN escolheram-no para vice-presidente do OMIP e presidente do OMIPClear.
    -Recebe 40 mil€/mês
    -Tem negócios no sector da energia.
    -Tem família a trabalhar na EDP.

RESPONDER

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …