Arqueólogos revelam o que Jesus e os apóstolos comeram na Última Ceia

“A Última Ceia” de Leonardo da Vinci

Os católicos de todo o mundo comemoraram ontem a Sexta-Feira Santa, o dia em que, de acordo com o Evangelho, se celebrou a Última Ceia de Cristo – refeição que terá sido afinal mais rica do que é tradicionalmente representada.

A última ceia de Critso foi, ao longo dos século, representada de variadas formas em inúmeras obras artísticas. Autor de uma das representações mais famosas, Leonardo da Vinci não coloca na mesa mais que pão e vinho.

Mas dois arqueólogos italianos, Generoso Urciuoli e Marta Berogno, reconstruíram a lista de possíveis pratos que Jesus Cristo e os seus discípulos terão tido na sua última ceia, e defendem que Leonardo estava errado: a ceia terá sido bem mais abundante e variada.

Comparando dados históricos e seguindo diversos indícios arqueológicos de pinturas em catacumbas do século III d.C., os arqueólogos conseguiram reconstituir os hábitos alimentares palestinianos de há 2000 anos atrás.

Com base neste estudo, divulgado pelo Discovery, os arqueólogos afirmam que a refeição terá incluído algo mais do que pão e vinho.

A ceia terá constado de uma espécie de guisado de feijão chamado “cholent”, cabrito, azeitonas com hortelã, ervas aromáticas, molho de peixe, tâmaras, pistachio e pasta de noz, pão não levedado e vinho aromatizado.

“Os versículos do Evangelho segundo São João indicam que Judas se encontrava ao lado de Jesus, provavelmente à sua esquerda, e que molhou o seu pão no prato de Cristo, de acordo com a tradição de partilhar a comida num prato comum”, diz Urciuoli.

“A Bíblia relata o que ocorreu durante a ceia, mas não especifica o que comeram Jesus e os seus companheiros”, continua o arqeuólogo.

“A Última Ceia de Leonardo da Vinci está carregada de simbolismo, mas completamente errada, tal como a maior parte das representações tradicionais”, defende Urciuoli, “a começar pela mesa retangular. Na altura, colocavam-se os pratos num base junto ao chão e os convidados comiam reclinados”.

O ponto de partida da investigação de Urciuoli e Nerogno é o pressuposto de que Jesus Cristo era judeu.

“Jesus e os seus discípulos seguiam as tradições transmitidas pela Torá, o livro sagrado dos judeus, e as suas restrições quanto aos alimentos”, conclui o cientista.

Generoso Urciuoli, especialista em História do Cristianismo Primitivo do Centro Petrie de Itália, e Marta Berogno, arqueóloga do Museu Egípcio de Turim, vão agora publicar as suas conclusões em livro, com o título “Jerusalén: a Última Ceia”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Simeone reitera confiança em João Félix. "Acreditamos totalmente nele"

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, voltou a falar de João Félix esta sexta-feira, reiterando toda a confiança no avançado de 20 anos. "A Supertaça foi mais um passo de experiência para um rapaz …

Ensino Superior com mais concursos para professores em 2019

As instituições de Ensino Superior abriram, em 2019, mais 948 concursos para a carreira docente do que em 2018, anunciou, esta quinta-feira, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. De acordo com uma nota do …

Paulo Gonçalves. Seguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo para Portugal

Paulo Gonçalves faleceu no domingo, aos 40 anos, na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar. Exigências das seguradoras quanto a despistes toxicológicos ao corpo de Paulo …

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …