Deuses-crocodilo e faraós guerreiros. Encontradas lajes de duas dinastias egípcias

Duas antigas lajes de dois e três metros foram encontradas por arqueólogos em Kom Ombo. As lajes mostram reis de dinastias egípcias diferentes acompanhados por divindades.

As lajes, que contêm representações de divindades egípcias e de faraós, foram encontradas por uma equipa de arqueólogos que se encontravam a reduzir o nível de águas subterrâneas no templo Kom Ombo em Aswan.

Segundo o próprio Ministério de Antiguidades do Egipto, a primeira escultura de arenito tem 2,30 metros de comprimento, 1 metro de largura e 30 centímetros de profundidade.

Apesar de partida, a laje mostra o Rei Seti I, faraó da XIX dinastia, junto aos deuses Hórus e Sobek. Por cima dos deuses é percetível um sol alado conhecido por ser um símbolo de proteção egípcio. Por baixo do trio existem 26 linhas de hieróglifos e algumas menções ao Rei Horemheb da XVIII dinastia do Egipto.

Filho de Ramsés I – que apenas governou por dois anos -, o faraó Seti I liderou o Egito de 1290 a 1279 aC e é o verdadeiro fundador da dinastia Ramsés, tornada famosa pelo seu filho Ramsés II.

Atualmente, de acordo com o Egypt Today, o túmulo de Seti I é um dos mais valiosos do Vale dos Reis e recorda os feitos de Seti I – a reconquista e fortalecimento das fronteiras perdidas na dinastia anterior, abertura de minas, pedreiras e poços, reconstrução de templos e construção de grandes memoriais como é o caso do Grande Salão Hipostilo dedicado a seis divindades, entre os quais Osiris.

Quanto à segunda escultura, mede um pouco mais de três metros de comprimento e um de largura e, apesar de se também se encontrar partida e em pior estado de preservação, os historiadores conseguiram reunir os seus fragmentos.

Esta escultura é dedicada ao Rei Egípcio da Macedónia Ptolomeu IV Filópator que reinou entre 221 e 205 aC. Ptolomeu IV foi conhecido como um rei fraco e com problemas associados ao álcool, sendo pouco respeitado durante todo o seu reinado.

Apesar de pouco acarinhado pelo seu povo, a tábua representa-o ao lado da sua mulher, de Hórus e de várias outras divindades egípcias numa cena onde Ptolomeu IV é retratado de pé segurando uma vara.

À frente das personagens existem três templos e por cima está desenhado um sol alado, tal como na primeira escultura. Por baixo da cena egípcia, existem 28 linhas escritas em hieróglifos.

Em setembro, neste mesmo local onde os arqueólogos se encontram a drenar as águas, também foi descoberto uma esfinge da era Ptolomaica e um sarcófago com um múmia.

ZAP // IFLScience

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sim, talvez “lajes” até seja melhor. As estelas eram erigidas na vertical e isoladamente; não se sabe bem quais as circunstância de exibição destas peças.

Responder a Sousa Cancelar resposta

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …

"Agiu de forma premeditada". Mãe que deixou bebé no lixo vai continuar presa

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou esta quinta-feira o pedido de habeas corpus para a libertação da jovem de 22 anos que terá deixado o seu filho recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa. A …