Arqueólogos descobriram sem querer um tesouro único numa abadia medieval

Arqueólogos franceses que procuravam uma antiga enfermaria na Abadia de Cluny, no nordeste de França, foram surpreendidos pela descoberta de um “tesouro excepcional e extremamente raro”.

A equipa de arqueologia realizava escavações na Abadia de Cluny, em Saone-et-Loire, no nordeste de França, desde 2015, com a ajuda de estudantes da Universidade de Lyon. Os arqueólogos procuravam uma antiga enfermaria, quando inesperadamente começaram a cair moedas de ouro e de prata de um saco de pano que se encontrava enterrado.

A descoberta foi feita em Setembro passado, mas só agora divulgada pelo Centro Nacional de Pesquisa Científica de França, CNRS.

O achado inclui 2200 moedas de prata, 21 moedas de ouro, um anel de ouro com sinete e a figura de um deus e outros objectos feitos de ouro, constituindo uma colecção única, salienta o CNRS em comunicado.

Trata-se da maior colecção de moedas denier francesas já encontrada, revela a entidade, que realça que estas terão sido cunhados em Cluny há 900 anos, quando eram a moeda corrente.

Surpreendentemente, estas moedas foram encontradas ao lado de um pacote escondido de dinares de ouro islâmicos, cunhados em Espanha e em Marrocos, mais ou menos na mesma altura.

“Nunca tinham sido encontradas moedas de ouro de terras árabes, deniers de prata e um anel com sinete juntos, num mesmo e único complexo fechado”, garante o CNRS.

(dr) Anne Baud-Anne Flammin-Vincent Borrel

Parte do tesouro raro encontrado escondido na Abadia de Cluny, em França.

A engenheira Anne Flamman, que trabalha para a organização francesa, reforça a enorme importância da descoberta, sublinhando ao The Local que este é sem qualquer dúvida “um tesouro excepcional e extremamente raro”.

“O valor global deste tesouro, para a época, é estimado em entre três a oito cavalos, o equivalente aos carros nos dias de hoje”, explica à mesma publicação o estudante de doutoramento Vincent Borrel que está, agora, a analisar em detalhe o tesouro.

Borrel nota que, apesar do valor das moedas, “em termos do funcionamento da Abadia, não é assim tanto, totalizando cerca de seis dias de abastecimentos de pão e vinho”.

No ar, ficam muitas dúvidas por responder, nomeadamente de quem seria o dinheiro, porque estaria escondido e o que faziam dinares islâmicos na Abadia de Cluny, um dos maiores mosteiros medievais da Europa.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …

Filipe Santos volta a fazer história ao bater recorde do Mundo de natação adaptada

Filipe Santos voltou a fazer história. O nadador algarvio bateu o recorde do Mundo na prova dos 25 metros mariposa, na Classe SM21 - Síndrome de Down, durante o Campeonato de Inverno de Natação Adaptada. …