Arqueólogos descobriram uma “Pompeia britânica”

Ao contrário do que aconteceu na verdadeira Pompeia, esta vila britânica, situada no leste do Reino Unido, terá sido destruída por um incêndio, meses depois da sua construção.

Uma vila da Idade do Bronze, entre 3.300 a.C. e 1.000 a.C., foi descoberta na região de Cambridgeshire, no leste do Reino Unido, e os arqueólogos já a chamam de “Pompeia Britânica”.

Em causa, conta a BBC, está o facto da vila ter sido construída praticamente com madeira e ter sido destruída por um incêndio, poucos meses depois da sua construção.

Apesar da cidade romana – a “verdadeira Pompeia” – ter sido destruída de forma bem diferente (graças à erupção do Vesúvio em 79 d.C.), os investigadores encontraram algumas semelhanças.

Isto porque, apesar de estar praticamente toda destruída, os arqueólogos consideram que o sítio, também batizado de “Must Farm”, oferece detalhes impressionantes sobre a vida quotidiana daquela época.

A equipa esteve dez meses no local a fazer escavações, tendo encontrado evidências de que já se fabricavam tecidos de alta qualidade como o linho.

Os restos mortais encontrados sugerem que a população tinha hábitos alimentares variados como, por exemplo, carne de javali, veado, vaca e peixe.

Os arqueólogos também encontraram vestígios do consumo de mingau, uma espécie de papa espessa, algumas vezes num excelente estado de preservação (ainda nas tigelas em que foi servido, por exemplo).

Também encontraram restos de, pelo menos, cinco casas circulares construídas sobre palafitas, ou seja, um sistema construtivo que permite perceber que as edificações estavam situadas em regiões pantanosas.

E, mesmo há três mil anos, parece que a população tinha as suas residências bem equipadas.

Foram descobertos potes de vários tamanhos, baldes, pratos de madeira, ferramentas de metal, pilões, armas e contas de vidro, sendo estas últimas provenientes do Mediterrâneo ou do Médio Oriente.

David Gibson, da Universidade de Cambridge, explicou que o sítio praticamente permitiu aos arqueólogos a sensação de “visitarem a vida na Idade do Bronze”.

“A atividade doméstica é percetível desde o vestuário até aos móveis e à alimentação. Encontrámos aquilo que podemos chamar de casas completas”, continuou.

Duncan Wilson, diretor-executivo da ONG Historic England, disse que a descoberta vai transformar o conhecimento sobre a Idade do Bronze no Reino Unido.

“Temos uma extraordinária janela para ver como é que as pessoas viviam há três mil anos. Must Farm está a desafiar uma série de perceções há muito tempo estabelecidas”, concluiu.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Titã pode estar condenada a chocar contra Saturno

A maior lua de Saturno, Titã, tem um enorme efeito na inclinação do planeta, e o seu afastamento do planeta pode derrubá-lo e condenar a própria Titã. A cada ano que passa, Titã afasta-se 11 centímetros …

É um cenário de filme de ficção científica - mas será possível a Lua colidir contra a Terra?

Está sempre aparentemente calma no céu, mas será que a Lua pode algum dia vir a chocar com a Terra? Há simulações que ajudam a ter uma ideia do que aconteceria neste cenário. Um novo filme …

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …