Arqueólogos descobrem mosaico com 1.800 anos em Israel

Peça colorida retrata três homens a usar togas e tem uma inscrição em grego. A obra foi encontrada na cidade portuária de Cesareia, durante a escavação de uma construção do período bizantino cerca de 300 anos mais nova.

Arqueólogos israelitas anunciaram nesta quinta-feira a descoberta de um mosaico romano de 1.800 anos na cidade portuária de Cesareia, no litoral mediterrâneo de Israel. A obra foi descoberta durante a escavação de uma construção do período bizantino cerca de 300 anos mais nova.

“A surpresa foi que encontramos dois lindos monumentos dos dias gloriosos de Cesareia”, afirmou Peter Gendelman, codiretor da escavação, em referência ao mosaico e à construção bizantina. Os trabalhos foram coordenados pela Autoridade de Antiguidades de Israel.

Com 3,5 metros de largura e 8 metros de altura, o mosaico colorido, que fazia parte do piso do edifício, retrata três homens a usar togas, dois deles de perfil e o terceiro de frente. A obra possui ainda uma inscrição em grego, que está danificada.

Se a construção em que foi descoberto foi um dia uma habitação, os arqueólogos supõem que o desenho represente os moradores do local. Mas se foi um espaço público, os homens poderiam ser os doadores do mosaico ou membros do governo municipal, afirmam os especialistas.

“Nunca tinhamos encontrado um mosaico desta qualidade em Israel. Obras semelhantes foram descobertas apenas no Chipre e no norte da Síria”, explicou Uzi Ad, que também é codiretor da escavação.

Batizada em homenagem ao imperador Augusto César, Cesareia foi fundada há cerca de 2.030 anos pelo rei Herodes, que governou a antiga Judeia entre os anos 37 e 4 antes de Cristo. A cidade foi uma importante localidade durante o período romano e a época das Cruzadas.

// DW

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Voces tambem, oh zap.aeiou! Isto precisa ser noticia de destaque? Ainda se fosse “descoberta uma pilula, um medicamento para podermos viver mil e oitocentos anos”.

RESPONDER

Família mais rica do mundo enriquece a quatro milhões de dólares por hora

Desde o último boletim de riqueza que a Bloomberg publicou, em junho do ano passado, no seu ranking das famílias mais ricas do mundo, a fortuna dos Walton cresceu 39 mil milhões de dólares, para …

Espanha. PSOE rejeita proposta "inviável" do Podemos para coligação

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) rejeitou nesta terça-feira a proposta do Unidas Podemos para uma coligação fovernamental, que considera "inviável", e convidou a plataforma de esquerda a encontrar "outras fórmulas" que facilitem a governabilidade …

Ex-Presidente do Sudão admite ter recebido mais de 80 milhões da Arábia Saudita

O antigo Presidente do Sudão, que foi deposto em abril após vários meses de protestos, começou a ser julgado esta segunda-feira por corrupção. O julgamento por corrupção do ex-Presidente do Sudão, Omar al-Bashir, começou esta segunda-feira e, …

Hong Kong. Funcionário do consulado britânico desaparece após enviar mensagem à namorada a pedir para rezar por ele

A 08 de agosto, Simon Cheng Man-kit, de 28 anos, estava a regressar a Hong Kong depois de ter estado na cidade chinesa Shenzhen. No momento em que, a bordo de um comboio de alta …

Open Arms. Procurador siciliano ordena apreensão do navio e desembarque imediato dos ocupantes

Luigi Patronaggio, o procurador da cidade de Agrigento, na Sicília, ordenou esta terça-feira a apreensão do navio Open Arms e o desembarque imediato dos quase 100 migrantes africanos que este levava a bordo. O jurista, que …

Jovens suspeitos de três homicídios filmaram um “testamento final” com o telemóvel antes de se suicidarem

Bryer Schmegelsky e Kam McLeod, os dois jovens de 18 e 19 anos suspeitos de três homicídios no Canadá e que foram encontrados mortos após duas semanas em fuga, terão filmado um “testamento final” com …

Em resposta a Macron, Putin diz que autoridades agiram para evitar situação igual à dos "coletes amarelos" em França

O Presidente da Rússia Vladimir Putin disse, durante um encontro com o seu homólogo francês Emmanuel Macron, que as autoridades russas agiram para garantir que as manifestações dos seus opositores permanecem dentro "da lei", evitando …

Gémeas que viviam em garagem estavam sinalizadas há seis anos

As gémeas de 10 anos que viviam numa garagem no concelho da Amadora estavam sinalizadas há seis anos pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e a sua situação conhecida pelo Ministério Público …

Afinal, duração máxima dos contratos a prazo no Estado também baixa para dois anos

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, assumiu o compromisso de emitir uma orientação aos serviços da Administração Pública para respeitarem a redução da duração máxima dos contratos a prazo de …

Turistas franceses arriscam seis anos de prisão. Roubaram areia de uma famosa praia em Itália

Um casal francês foi detido ao transportar 40 quilos da famosa areia da ilha da Sardenha, em Itália, e agora pode enfrentar até seis anos de prisão, caso a justiça italiana os considere culpados. O casal …