Arqueólogos descobrem gigantesca câmara escondida na Grande Pirâmide de Queops

Um grupo internacional de cientistas descobriu uma nova estrutura no interior da Grande Pirâmide de Quéops, em Gizé, no Egipto, segundo revela um estudo publicado hoje pela revista “Nature”.

A investigação, liderada por especialistas do Japão, França e Egipto, levou à descoberta de uma grande câmara vazia na maior das pirâmides de Gizé e poderá ajudar a explicar como este espetacular monumento foi erguido.

A Grande Pirâmide, a mais importante construção do Reino Antigo, foi construída durante o reinado de Khufu (2550 a.C. a 2527 a.C.), segundo faraó da 4ª Dinastia, a quem Heródoto chamou de Quéops, mas os especialistas ainda desconhecem as técnicas usadas na construção.

Para descobrir os mistérios que ainda estão escondidos no seu interior, os cientistas analisaram as imagens geradas por uma partícula cósmica conhecida como muão, que é ativada quando partículas subatómicas procedentes do espaço exterior entram em contacto com a atmosfera terrestre.

A partícula muão apresenta diferentes trajetórias quando penetra a pedra ou atravessa o ar, o que permite aos cientistas detetar cavidades em estruturas sólidas, como na Grande Pirâmide.

Esta grande câmara vazia estima-se que tem cerca de 30 metros de comprimento e apresenta uma secção transversal similar à da Grande Galeria, que se localiza justamente debaixo da nova cavidade.

Não se sabe ainda qual é a sua estrutura exata ou função, mas os especialistas acreditam que o seu estudo pode levar a saber mais sobre o processo de construção da maior pirâmide de Gizé.

A cavidade, batizada como “ScanPyramids Big Void“, foi observada pela primeira vez através do uso de “filmes de emulsão nuclear instalada na Câmara da Rainha”, que foram examinadas na Universidade de Nagoia do Japão, explicaram os autores no texto publicado pela “Nature”.

Depois, especialistas da Organização de Investigação do Acelerador de Alta Energia KEK, em Tsukuba (Japão), confirmaram a sua existência com um detetor de raios cósmicos ou “hodoscópio”, também instalado na Câmara da Rainha.

ScanPyramids

A câmara descoberta na pirâmide tem o tamanho de um avião

Por último, referendaram a descoberta da “ScanPyramids Big Void” com “detetores de gases instalados no exterior da pirâmide” pela Comissão Francesa de Energia Atómica (CEA) da Universidade Paris Saclay (França).

“Em consequência, esta grande cavidade foi detetada com um alto grau de confiabilidade por três tecnologias de (partículas cósmicas) muão diferentes e três análises independentes”, destacaram os autores.

Os resultados representam um “grande avanço” para conhecer mais detalhes sobre a Grande Pirâmide e sobre “a sua estrutura interna”, acrescentaram os cientistas.

“Embora não haja informação sobre a função desta cavidade, as descobertas demonstram que a física de partículas moderna pode trazer alguma luz sobre o património arqueológico mundial”, ressaltaram os especialistas.

Egipto acusa especialistas de se precipitarem ao anunciarem descoberta em pirâmide

O Ministério de Antiguidades do Egito acusou os especialistas do projeto Scanpyramids de se precipitarem e usarem termos propagandistas ao anunciarem na revista Nature a descoberta de uma nova câmara dentro da Grande Pirâmide de Quéops.

“O Ministério de Antiguidades considera que a equipa de investigadores não se deveria ter precipitado nem dirigido à opinião pública neste momento utilizando termos propagandistas sobre o projeto como a ‘descoberta’ de uma câmara ou espaço do tamanho de um avião dentro da Grande Pirâmide”, informa o governo egípcio em comunicado.

Na nota, a pasta declara que os arqueólogos já sabiam da existência de “várias câmaras” no interior das três pirâmides de Gizé.

Em declarações ao portal “Ahram Online”, o arqueólogo egípcio e ex-ministro de Antiguidades Zahi Hawass afirmou que o artigo publicado “não se trata de uma nova descoberta”.

“Acho que temos de ter cuidado com o uso da palavra ‘câmara’, porque a grande pirâmide está cheia de câmaras”, disse Hawas, presidente do comité de especialistas que supervisiona os trabalhos de ScanPyramids.

A grande expectativa e o interesse criados pelas descobertas arqueológicas relacionadas com as dinastias faraónicas costuma provocar controvérsias e polémicas.

O caso mais recente ocorreu em 2015, quando o egiptólogo britânico Nicholas Reeves formulou a hipótese de que atrás da parede norte da tumba de Tutankhamon há uma câmara funerária na qual estaria enterrada a rainha Nefertiti, o que ainda não pôde ser comprovado e que as autoridades arqueológicas egípcias negam.

// EFE / EFE

PARTILHAR

RESPONDER

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …

Naufrágio romano com 2.000 anos encontrado na Grécia. É um dos maiores do Mar Mediterrâneo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Patras, na Grécia, descobriu os vestígios de um navio romano que naufragou há cerca de 2.000 anos perto da ilha grega de Kefalonia, avança o Greek City Times.  …

Qual é o verdadeiro significado da vida? Um novo estudo pode ajudar com a resposta

Um novo estudo aponta que encontrar significado na nossa vida é algo positivo para a nossa saúde e bem-estar mental, mas o processo de procura tem o efeito contrário. Encontrar significado na nossa vida é uma …

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …