Arménia e Azerbaijão anunciam “trégua humanitária”

Aziz Karimov / EPA

Antes do anúncio da trégua, na madrugada deste sábado, pelo menos 12 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas após um ataque com mísseis a uma zona residencial em Ganja.

Arménia e Azerbaijão anunciaram, Este sábado, uma “trégua humanitária”, a partir das 00:00 horas deste domingo, no conflito sobre Nagorno-Karabakh, de acordo com informação avançada pelos Ministérios das Negócios Estrangeiros dos dois países.

“A República da Arménia e a República do Azerbaijão concordaram com uma trégua humanitária a partir de 18 de outubro à 00:00, horário local”, disse o Ministério das Negócios Estrangeiros da Arménia, informação que foi confirmada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Azerbaijão num comunicado idêntico.

Nagorno-Karabakh pertence ao Azerbaijão, mas está sob o controlo de forças étnicas apoiadas pela Arménia, alimentando um conflito que dura há várias décadas e que entrou em escalada no passado dia 27 de setembro.

Nas últimas semanas o conflito já causou a morte a mais de 700 pessoas, segundo relatos, e a Turquia, principal aliado de Baku, é acusada de interferir naquele conflito.

Na madrugada deste sábado, pelo menos 12 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas após um ataque com mísseis a uma zona residencial em Ganja, a segunda maior cidade do Azerbaijão, informaram as autoridades.

“O lançamento destes mísseis contra localidades densamente povoadas mostra a mentalidade imoral e esquizofrénica da liderança político-militar da Arménia”, escreveu Hikmat Hajiyev, conselheiro do Presidente do Azerbaijão, na rede social Twitter, precisando que os mísseis eram do tipo Scud.

Hajiyev frisou que a cidade de Ganja está longe da zona de conflito, pelo que o ataque, que qualificou como “crime de guerra”, não respondeu a qualquer necessidade militar. Ganja já tinha sido atingida no passado domingo por um míssil, que matou 10 pessoas e fez mais de 30 feridos.

A cidade tem mais de 300 mil habitantes e situa-se a cerca de 300 quilómetros a oeste de Baku, a capital do Azerbaijão.

O novo surto de violência mina os esforços internacionais para acalmar as hostilidades entre os arménios cristãos e os azeris muçulmanos, envolvendo potências regionais como a Rússia e a Turquia.

Azerbaijão acusa Arménia de quebrar cessar-fogo

Este domingo, o Azerbaijão acusou o exército arménio de ter violado o novo acordo de cessar-fogo em Nagorny Karabakh, horas depois da sua entrada em vigor.

“Apesar da trégua anunciada, as forças armadas arménias violaram abertamente o novo acordo”, afirmou o Ministério da Defesa do Azerbaijão, em comunicado citado pela agência de notícias France-Presse, denunciando o fogo de artilharia inimiga e ataques ao longo da linha da frente.

Algumas horas antes, a Arménia também tinha acusado o Azerbaijão de bombardear a região, violando a “trégua humanitária” que tinha acabado de entrar em vigor em Nagorno-Karabakh.

“O inimigo disparou artilharia na direção Norte entre as 00:04 e as 02:45 [21:04 e 23:45 de sábado em Lisboa] e lançou foguetes em direção ao Sul entre as 02:20 e as 02:45 [23:20 e 23:45 de sábado em Lisboa]”, escreveu na rede social Twitter a porta-voz do Ministério da Defesa arménio, Shushan Stepanyan.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Carlos César acusa BE e PCP de terem preferido "jogos de poder"

O presidente do PS acusou, esta segunda-feira, os partidos de esquerda de terem preferido "os jogos de poder", no seguimento do anúncio de ambos do voto contra o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "BE e …

O dirigente do PSD Paulo Mota Pinto

Mota Pinto aponta "irresponsabilidade" de marcar diretas. Rangel reforça importância de ter líder "fortemente legitimado"

O dirigente do PSD defendeu, esta segunda-feira, que o partido "está preparado" para legislativas antecipadas, defendendo que estas devem ocorrer "o mais rapidamente possível". Em declarações à agência Lusa, o presidente da Mesa do Congresso e …

EMA aprova terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde, esta segunda-feira, à administração da terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos. Em comunicado, a agência refere que os dados apontam que uma …

Câmara do Porto aprova sistema de videovigilância no centro histórico

Esta segunda-feira, na reunião do Executivo portuense, foi aprovado, com o voto contra da CDU e do BE, o protocolo a celebrar com a PSP para implementação da videovigilância na Baixa do Porto. O presidente da …

Conselho das Finanças Públicas alerta para riscos na TAP e falta de orçamentação para Novo Banco

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alertou esta segunda-feira, numa análise à proposta do Governo para o Orçamento do Estado de 2022 (OE2022), para a possibilidade de se injetar mais dinheiro na TAP e no …

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho

Novo Banco apresenta nova imagem. "Agora é o renascimento", diz Ramalho

O presidente do Novo Banco disse, esta segunda-feira, que a nova imagem representa o "renascimento" da instituição financeira, que está numa "rota de lucro e rendibilidade". Na apresentação da nova imagem de marca do Novo Banco, …

Governo disponível para suspender caducidade de convenções coletivas "sem limite de tempo"

O Governo está disponível para avançar com a suspensão dos prazos da caducidade das convenções coletivas "sem limite de tempo", disse, esta segunda-feira, no Parlamento a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. A medida foi …

PEV também vota contra o Orçamento do Estado para 2022

O partido ecologista "Os Verdes" (PEV) anunciou, esta segunda-feira, que também vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022. Em conferência de imprensa, na Assembleia da República, José Luís Ferreira disse que "o grupo parlamentar …

Governo lamenta decisão do PCP. "Nunca tínhamos ido tão longe como fomos este ano"

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares reagiu, esta segunda-feira à tarde, na Assembleia da República, ao anúncio de voto contra do PCP ao Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). Na Assembleia da República, Duarte Cordeiro …

Vulcão Cumbre Vieja lança lava, cinzas e fumo em La Palma

Vulcão de La Palma "no auge da atividade". Derrocada parcial do cone revela grande fonte de lava

Uma derrocada parcial do cone do vulcão da ilha de La Palma, nas Canárias, deixou à vista uma grande fonte de lava, segundo o Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan). "Estamos no auge da atividade" do …