Armas para todos e Moro para ministro: Eis Bolsonaro

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Acesso generalizado a armas de fogo, despenalização de quem atira para matar contra assaltantes e Sérgio Moro para ministro da Justiça. Este é o levantar do véu, nas primeiras entrevistas de Jair Bolsonaro à imprensa brasileira.

A primeira entrevista de Jair Bolsonaro, nas suas primeiras horas após a vitória, levantou o véu sobre o que o futuro reserva ao nosso país irmão. Numa entrevista concedida à TV Record, o recém-eleito Presidente sublinhou a ideia de querer promover o acesso generalizado a armas de fogo a partir dos 21 anos.

Além disso, Bolsonaro admitiu querer convidar o juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo Lava Jato e o mesmo que ordenou a prisão de Lula da Silva, para ministro da Justiça. Se Moro declinar o convite para o Governo, Bolsonaro deverá convidar o juiz para o Supremo Tribunal de Justiça.

Em relação à liberdade de expressão e às minorias, Jair Bolsonaro disse querer contar com a oposição para governar, garantindo que não irá limitar a liberdade de imprensa. O poder de castigar os maus órgãos de comunicação social vai estar nas mãos dos brasileiros, garantiu.

Depois da sua estreia, seguiram-se entrevistas à Band TV, onde negou a existência de ditadura militar e defendeu a redução da maioridade penal para 14 anos, ao Jornal Nacional da Globo, onde atacou a Folha de São Paulo, à SBT e à Rede TV.

Para todos e em todo o lado. Bolsonaro quer o porte de arma a partir dos 21 anos, e defende esta ideia com o referendo de 2005, em que “dois terços da população brasileira decidiu pelo direito de comprar armas e munições”. Assim, é preciso “respeitar a vontade popular”, adianta o Presidente.

Mas Jair Bolsonaro vai mais longe, admitindo que uma “arma de fogo mais do que a garantir a vida de uma pessoa, garante a liberdade de um povo“.

Atualmente, são as autoridades que decidem se existe necessidade e condições para permitir o porte de arma, mas para o mais recente Presidente do Brasil vai deixar de ser preciso, porque esse estado existe para qualquer brasileiro.

“A orientação é que a efetiva necessidade está comprovada pelo estado de violência em que vive o Brasil. Nós estamos em guerra. Queremos mexer na lei. Diminuir de 25 para 21 a idade. E dar o porte definitivo para o cidadão. Não podemos atribuir e periodicamente, de 3 em 3 ou de 5 em 5 anos, tirar. Não podemos criar mais um encargo para quem quer ter uma arma dentro da sua casa para defender a sua família”, afirmou à TV Record.

Além de ser permitida dentro de casa, o governante entende que a arma tem de ser também permitida na rua, dando o exemplo dos camionistas que, na sua opinião, deviam andar armados.

“Se um camionista andar armado e reagir a alguém que estiver roubando o seu estepe [a carga], ele vai dar o exemplo para a bandidagem. Atirou, o elemento foi abatido, em legítima defesa. Ele vai responder, mas não tem punição. Isso vai diminuir a violência no Brasil com toda a certeza”, disse.

Além do porte de arma, Bolsonaro reitera assim que a chave para o fim da violência no Brasil está, também, na despenalização a quem atira a matar contra um ladrão. “Você responde, mas não tem punição. Se estava de facto, furtando, pode atirar.”

Sérgio Moro para o ministério da Justiça

Sérgio Moro é o nome indicado por Bolsonaro não só para o Supremo Tribunal de Justiça, como também irá convidá-lo para ser ministro da Justiça.

“Agora que acabou o período eleitoral posso falar nisso. Se tivesse falado isso lá atrás soaria oportunismo da minha parte. Eu pretendo sim convidar Sérgio Moro, não só para o Supremo, quem sabe até para o Ministério da Justiça. Quero conversar com ele. Saber se há interesse dele nesse sentido também. Pretendo conversar com ele brevemente. E se houver interesse da parte dele, com certeza será uma pessoa de extrema importância num Governo como o nosso”, afirmou.

“Sempre entendi que pessoas no perfil dele [Moro] são muito bem-vindas no Supremo Tribunal Federal. Temos em aberto o Ministério da Justiça. Ele é uma pessoa excecional, que goza de um respaldo muito grande da população e tem conhecimento. O Ministério da Justiça pode ser um parceiro no combate à corrupção”, sustentou ainda o Presidente.

Bolsonaro nega que tenha existido uma ditadura militar

Numa entrevista ao Jornal da Band, da Bandeirantes, Jair Bolsonaro negou que o período militar tenha sido uma ditadura, adiantando que não passou de uma invenção da esquerda. “Estou muito feliz porque, hoje em dia, grande parte da população entende que o período militar não foi ditadura como a esquerda sempre pregou”, defendeu.

Fidel Castro como ex-Presidente e Figueiredo como ditador? “Isso não tem cabimento”, disse o Presidente, lançando críticas à imprensa. “Quando você fala em ditaduras, uma das características da ditadura é imprensa única. A TV Globo nasceu em 1965, a revista Veja em 1968.”

Já em relação à censura, Bolsonaro entende que só era feita para evitar a criminalidade e ataques às autoridades. “Porque havia censura muitas vezes? Porque de acordo com o articulista a palavra-chave era para executar um assalto a banco ou até mesmo para executar autoridade em cativeiro. Essa foi a censura. Eram matérias pontuais.”

Entre 1964 e 198, explica o Observador, o Brasil viveu sob uma ditadura militar, numa altura em que houve muitas restrições ao direito de voto, tendo sido suspensos direitos políticos, restrições à liberdade de imprensa e de manifestação e prisão e tortura de adversários políticos do regime.

“Não me interessa essa coisa da pele, opção sexual”

Acusado de racismo, homofobia e misoginia, graças a várias declarações que fez no passado, Bolsonaro deu uma volta de 180 graus no seu discurso. Em relação a este aspeto, o Presidente considera que não deve haver seque o conceito de minoria, porque todos os brasileiros são iguais perante a Constituição.

“O que é a minoria? Quais direitos de tal minoria? Nós somos iguais. Eu não tenho diferença para você. Não me interessa essa coisa da pele, opção sexual, região onde nasceu, género. Somos iguais, como está no artigo 5º na Constituição”, frisou.

LM, ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

  1. As coisas já começam a melhorar, nomeadamente o próprio Bolsonaro!
    O protagonismo anunciado para Sérgio Moro é uma muito boa notícia.
    Esperemos que o bom percurso continue.

  2. Isto do porte de arma é estúpido. O que vai provocar é que os bandidos nem vão perguntar nada. Matam primeiro e assaltam depois.

    • Sabi nada inocente!!! Já fazem isso meu, excepção só a velhinha no sinal é que eles perguntam de que lado quer a facada.

      • Emtão se é assim o que é que adianta? Vão começar a disparar por antecipação? Ops, epá pensei que me ia assaltar, sabia lá que me ia perguntar as horas!…

      • Exatamente! Isso é o que fazem agora. Mas quando pessoas honesta tiverem também um canhangulo à mão e lhes atire primeiro, pode ser que os bandidos comecem a ser menos. Muitos vão fugir para Portugal, país de brandos costumes e um paraíso para essa gente.

        • aqui nao temos esse problema, para vir para ca tem de ter visto, o maximo podem ir para a Venezuela ou para cuba… aqui ja temos muito corruptos.

  3. Exemplo EUA e nem vou alegar mais nada, segundo EU e o porte de armas, crimes violentos e atentados com armas de fogo!!! Se tiveres um pouco de inteligência juntas os pontos que descrevi e vês o melhor, se não a ignorância, como se diz, é mesmo uma bênção, e tu és abençoado como nunca vi.

  4. Vai ser muito complicado, o porte livre de armas é uma “faca” de 2 gumes, muitas pessoas vão morrer ao tentarem se defender, se estava mal, PODE piorar muito, PODE levar a uma anarquia total……..ou não, só o tempo o dirá.

  5. o antigo presidente do irao tambem nega o hoçocausto e os mesmos jornalistas que criticam bolsonaro ajoelham se aos pes do iraniano… nao va uma bomba explodiro na redaçao ou na casa de cada um.. . estaline mandou assassinar milhoes de habitantes rurais , artistas, politicos aristocratas e esses jornalistas que agora criticam bolsonaro fazem venia a esse e outros ditadores, como castro, maduro e outros…..
    e bom de ver que vozes de burro nao chegam ao ceu
    e se porventura convecem alguem…… e simplesmente porque esse alguem tem nos genes a celula da autodestruiçao.
    bolsonaro fez certas afirmaçoes no passado.. tal como mario soares em londres vilipendiou a bandeira portuguesa. tal como manuel alegre deu a mao aos terroristas inimigos de portugal no tempo da guerra colonial…. tal como o mortagua fez e desfez… so que bolsonaro errou e modificou a sua conduta, ao passo que tantos outros sempre se pautaram pelo odio ao nacionalismo, a religiao, a liberdade.
    como e possivel desenterrar falas de blsonaro de ha 20 anos atras.. sem cair no ridiculo da mais reles lavagem cerebral e da maior estupidez intelectual.

  6. E temos, á frente de uma das maiores democracias do Mundo, um evangélico militarista que não promete distribuir pão, paz, tolerância, mas sim armas de fogo. Sem apresentar nenhum programa defenido, furtando-se cobardemente á argumentação e confronto de ideias com os outros candidatos, lançando a esmo ideias populistas e demagógicas lá levou a água ao seu bafiento moinho. Não esqueçam que nos anos 20 do passado século tb a Europa foi assolada por governos / governantes autoritários, militaristas, nacionalistas e intolerantes e deu no que deu; o confronto generalizado e os mais de 50 milhões de mortos (a 2ª Guerra Mundial). Pois cuidado, muitas vezes a História repete-se, por vezes como ópera bufa, mas muitas como Tragédia.

  7. No aspecto das eleições brasileiras e da democracia, as tvs portuguesas, incluindo a rtp fizeram um péssimo serviço de informação, baseado simplesmente na Rede de Esgoto GLOBOBOSTA esquerdista e corrupta, instigadora de criminalidade, de tudo o que existe de mau no Brasil e apelidando Bolsonaro de extrema direita… USANDO SIMPLESMENTE A POLÍTICA DE ESTALINE. Todos sabemos que a rtp é um veículo de informação do governo sociaolista/comunista, no entanto esperava-se alguma verdade nos factos… Considerar o Bolsonaro de extrema direita será o mesmo que considerar o partido comunista, berloques esquerdalhas e partido xuxialista os bonzinhos da política…. O Brasil é uma associação de políticos de esquerda criminosos que dividem o tacho entre eles…. e a corrupção que o diga.. MAS AFINAL AS TVS PORTUGUESAS TIVERAM UMA ESTALADA NO FOCINHO, DO POVO BRASILEIRO E VÃO TER DE ENGOLIR A [email protected] QUE FIZERAM, PARA NÃO DIZER UM PALAVRÃO. Muito triste a informação tendenciosa de esquerda, que desinformam e deturpam as verdades…. Sei que a esquerda preferia uma BRASILUELA a um país livre e democrático o BRASIL.( e neste caso receber mais uns milhões de brasileiros fugidos ao comunismo). Espero que o slogan de turismo acabe: “vá de férias ao Brasil, chegue de avião e regresse de caixão”!!!! Porque não faz a rtp um teste de credibilidade, e chegará a alguma conclusão….

RESPONDER

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …

Ramalho Eanes defende que Otelo "tem direito a lugar de proeminência" na História

O ex-presidente da República Ramalho Eanes defendeu esta segunda-feira que Otelo Saraiva de Carvalho, falecido no domingo, tem direito a um "lugar de proeminência histórica", apesar "da autoria" do que considerou "desvios políticos perversos, de …

Hidilyn Diaz dá primeira medalha de ouro de sempre às Filipinas

A filipina Hidilyn Diaz deu esta segunda-feira a primeira medalha de ouro de sempre ao seu país em Jogos Olímpicos, ao conquistar a categoria de -55 kg de halterofilismo em Tóquio2020. Depois de ter sido segunda …

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram esta segunda-feira um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha. O Governo do Reino Unido explicou, em …

Estudantes ingleses deverão estar vacinados contra a covid-19 para assistir a aulas nas universidades

Governo britânico estará a considerar a obrigatoriedade de apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19 nas salas de aula, auditórios e residências das universidades, não estando previstas na medida alternativas como um teste negativo …

Mali. Morreu o homem suspeito de tentar matar Presidente interino

O governo do Mali anunciou a morte do homem acusado de tentativa de homicídio do Presidente de transição do Mali, coronel Assimi Goita, sob detenção dos serviços de segurança malianos. "Durante as investigações, o estado …