Arguido da Operação Fénix recusa sair da prisão

opopododo / Flickr

Relvado atrás das grades de uma prisão.

Relvado atrás das grades de uma prisão.

Um dos arguidos da Operação Fénix, que implica a chamada “Máfia da noite” do Porto, recusou passar de prisão preventiva para domiciliária, com vigilância eletrónica, alegando falta de “apoio familiar”.

O arguido em causa, Nelson Matos, é o único acusado deste processo, que tem no centro a empresa de segurança SPDE, a manter-se a medida de coação mais gravosa.

O advogado do arguido, Paulo Sousa Alves, refere à Lusa que o seu cliente “recusou a substituição da medida de coação, por não ter apoio familiar“.

Nelson Matos, que trabalhava na SPDE, mantém-se deste modo detido no estabelecimento prisional de Custóias até ao final do julgamento, que está a decorrer no Tribunal de Guimarães.

Os restantes quatro arguidos que se encontravam em prisão preventiva – Eduardo Silva, Hélio Varela, Jorge Sousa e Telmo Rodrigues – já deixaram a prisão e encontram-se em regime de prisão domiciliária, com vigilância eletrónica.

A substituição da medida de coação de prisão preventiva por prisão domiciliária foi determinada pelo juiz do Tribunal de Guimarães que preside ao julgamento do caso, considerando que já não há perigo de perturbação do inquérito e que está “atenuado” o perigo de continuação da atividade criminosa.

A Operação Fénix centra-se na utilização ilegal de seguranças privados por parte da SPDE. Os funcionários da empresa fariam serviços de segurança pessoal sem que esta tivesse o devido alvará para o efeito.

São 54 os arguidos do caso, entre os quais o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e Antero Henrique, ex-vice presidente do clube, acusados, respetivamente, de sete crimes de exercício ilícito da atividade de segurança privada.

Em causa está o facto de, alegadamente, terem contratado ou beneficiado de segurança pessoal por parte da SPDE, mesmo sabendo que a empresa não poderia prestar este serviço – acusação que Pinto da Costa e Antero Henrique refutaram.

Outros arguidos respondem por crimes de associação criminosa, extorsão, coação, ofensa à integridade física qualificada, ofensas à integridade física agravadas pelo resultado morte, tráfico e mediação de armas, posse de arma proibida e favorecimento pessoal, além do crime de exercício ilícito da atividade de segurança privada.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …

Rússia vai permitir que astronautas levem armas em viagens espaciais

Os astronautas russos vão começar a levar consigo uma arma de fogo durante as suas viagens espaciais. O objetivo é poderem afastar animais selvagens quando aterrarem em áreas remotas na Terra. A Rússia começou a armar …

Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da …

No Museu do Louvre, os guias turísticos vão ser refugiados sírios e iraquianos

O Museu do Louvre, em Paris, vai treinar refugiados sírios e iraquianos como guias turísticos para os visitantes que solicitam um tour em árabe. Para os refugiados e requerentes de asilo, é agora gratuito entrar no …

Casal inglês tem um bebé com 17 meses (mas recusa-se a dizer se é menino ou menina)

Há casais que não querem saber o sexo do filho antes do momento do parto. Mas para um casal inglês, o parto da criança não acabou com o mistério em relação ao género. Decididos a proteger …