Apple pede desculpa por tornar os iPhones mais lentos

Depois de confirmar que reduz o desempenho dos iPhones mais lentos, a Apple emitiu um comunicado a pedir desculpa aos utilizadores por não os ter informado.

Esta quinta-feira, a Apple pediu desculpa por ter diminuído a velocidade dos iPhones mais antigos. A empresa garante, num comunicado publicado no seu site, que vai proceder a uma série de mudanças e “reconhecer a lealdade dos clientes e para reconquistar a confiança de todos aqueles que possam ter duvidado das suas intenções”.

Na semana passada, a empresa reconheceu que reduz o desempenho dos telemóveis mais antigos quando se atualiza o software, para prolongar a bateria e evitar o colapso.

O comunicado da empresa é dividido em quatro pontos: um quanto à explicação sobre como as baterias envelhecem, uma explicação sobre o porquê de inserirem a funcionalidade para prevenir que o iPhone se desligue inesperadamente, o conhecimento de críticas dos consumidores e o último dedicado à “reação às preocupações dos clientes”.

Neste último ponto, a Apple afirma que irá reduzir em 50 dólares (42 euros) o preço de substituição das baterias dos smartphones fora da garantia. No final de janeiro, o preço passará de 79 dólares, (cerca de 66 euros), para 29 dólares ( aproximadamente 25 euros) – para os modelos iPhone 6 e seguinte.

O Observador contactou a empresa sobre se os utilizadores de iPhones comprados em Portugal poderão usufruir do mesmo desconto mas, até ao momento, não foi obtida resposta.

É, também, prometida uma alteração no software, que será lançada no início do próximo ano. O objetivo é permitir que o sistema informe quando a bateria já não tem capacidade para fazer com que os telemóveis funcionem a 100%.

A empresa foi alvo de pelos menos oito processos judiciais nos Estados Unidos, baseados na ideia de que a empresa defraudou os clientes ao reduzir a velocidade dos aparelhos sem aviso prévio. Em França, a obsolescência programada é ilegal, pelo que também enfrenta queixas no país europeu.

No comunicado, a Apple diz nunca ter feito nada intencionalmente para reduzir o tempo de vida dos iPhones. “Sabemos que alguns de vós sentem-se desiludidos. Pedimos desculpa”, lê-se na nota.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jovem morre esfaqueado em rixa de amigos na Baixa do Porto

Um estudante de 21 anos morreu esfaqueado, durante a madrugada desta quarta-feira, na rua Fernandes Tomás, na Baixa do Porto. De acordo com o Jornal de Notícias, uma amiga da vítima encontrou o jovem de 21 …

“Os Maias” vão deixar de ser de leitura obrigatória no Secundário

Já a partir de setembro, os "Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", obras de Eça de Queirós, deixam de ser leituras obrigatórias no Ensino Secundário. Agora, cabe aos alunos em conjunto com os seus …

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …