“Apenas” 1.370 mortes. Abril foi o mês menos mortífero dos últimos 6 anos na Síria

(dr) UNRWA

Yarmouk, Síria

Abril foi o mês menos mortífero dos últimos seis anos, desde que começou o conflito na Síria, com 1.370 pessoas mortas, 395 das quais civis, segundo um balanço hoje publicado pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Segundo indica o relatório, citado pela agência EFE, a principal causa da morte dos civis, incluindo 101 menores, foram os bombardeamentos russos e sírios, seguida dos disparos da artilharia das forças governamentais, que provocaram a morte a 233 pessoas.

Pelo menos 4 civis foram assassinados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), enquanto 8 morreram devido aos bombardeamentos da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos da América e 35 mortes aconteceram pelo impacto de foguetes lançados por fações rebeldes e islamitas. Outra das razões para as mortes de civis foi o tiroteio da guarda fronteiriça turca, que causou a morte a doze pessoas.

Em abril, as fações rebeldes e islamitas, assim como as Forças da Síria Democrática – uma aliança armada encabeçada por milícias curdas – sofreram 305 baixas, todas de nacionalidade síria.

As fileiras afetas ao Governo Sírio perderam 176 efetivos das forças regulares, 224 combatentes sírios de milícias pró-Governo e elementos o movimento xiita libanês, e 65 milicianos xiitas de outras nacionalidades.

Além disso, morreram pelo menos 194 ‘jihadistas’, pertencentes à Organização de Libertação do Levante – aliança da ex filial Síria da Al-Quaida –, ao EI, ao partido islâmico turco e ao Exército dos Emigrantes e Seguidores. A todas estas vítimas mortais somam-se 11 pessoas, cuja identidade não foi possível apurar, refere ainda o relatório do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Desde março de 2011 que a Síria se vê confrontada com um conflito que causou mais de 350.000 mortes, segundo a última contagem desta organização não governamental.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro deixa PSL e cria um novo partido

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou esta terça-feira que decidiu abandonar o Partido Social Liberal (PSL) e criar um novo partido chamado Aliança pelo Brasil. A saída de Bolsonaro acontece na sequência de uma série …

Partido Trabalhista britânico sofre dois ciberataques (e suspeita-se que tenham "dedo" russo)

O Partido Trabalhista britânico sofreu dois ataques informáticos em apenas dois dias. Contudo, o partido de Jeremy Corbyn admite que os ataques falharam e que as suas plataformas estão operacionais. Num espaço de apenas dois dias, …

Sterling tentou fazer "mata-leão" a Joe Gomez e foi afastado da convocatória

O estágio da seleção inglesa para os jogos da Qualificação para o Campeonato da Europa, frente ao Montenegro e ao Kosovo, não poderia ter começado da pior forma. Raheem Sterling foi afastado da equipa após …

Alunos com gaguez não terão de fazer exames orais

Os alunos com gaguez podem ser dispensados da realização das provas orais. Há dois anos, estes exames passaram a integrar a avaliação externa em línguas estrangeiras nos exames do ensino secundária e nas provas de …

PSD. Só 15,8% dos militantes poderiam votar se eleições diretas fossem hoje

A dois meses das eleições diretas no PSD, há hoje perto de 17.000 militantes com quotas em dia, que podem ser pagas até 22 de dezembro, de acordo com informação disponibilizada online pelo partido. Se as …

Hong Kong: Reforço policial, Parlamento suspenso e escolas fechadas

O Parlamento de Hong Kong foi suspenso, esta quarta-feira, e a segurança foi reforçada na cidade e nos campus universitários, com as escolas a fecharem num momento em que prosseguem os confrontos entre manifestantes e …

Debate quinzenal: Políticas de rendimento, Rio ao ataque com o lítio e a primeira vitória dos pequenos

Os debates quinzenais com o primeiro-ministro regressam esta quarta-feira. António Costa vai abrir o debate com uma intervenção sobre "políticas de rendimento", mas as atenções estão centradas na primeira vitória dos pequenos partidos. As políticas de …

Governo vai propor 635 euros para salário mínimo em 2020. Proposta não agrada patrões

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai apresentar esta quarta-feira na Concertação Social a proposta de aumento para o salário mínimo nacional para 2020, com uma atualização de 35 euros. Esta quarta-feira, …

Novo alvo do Sporting consumia e traficava droga (e tentaram matá-lo seis vezes)

Michael, jogador de 23 anos do Goiás, é alvo do Sporting já neste mercado de transferências de inverno. O brasileiro teve uma adolescência marcada pelo consumo e tráfico de drogas. Aos 23 anos de idade, Michael …

O misterioso monstro Tully acabou de ficar ainda mais misterioso

Uma nova investigação desmente um anterior estudo que argumentava que Tully era um vertebrado. A verdadeira natureza desde "monstro" continua um mistério para a comunidade científica. De vez em quando, os cientistas descobrem fósseis que são …