Antigo sócio diz que Fundação Berardo era uma “fachada” para privilégios fiscais

Manuel de Almeida / Lusa

O antigo sócio de Berardo respondeu aos deputados da comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos e diz que desconfiou que Berardo fizesse algo na Associação para evitar que bancos chegassem às obras de arte.

Francisco Capelo trabalhou de perto com Joe Berardo no início da constituição da coleção das obras de arte, mas agora disponibilizou-se para trabalhar de perto com os bancos que exigem as obras como penhora pelos empréstimos que o empresário não paga.

Numa resposta a perguntas escritas feitas pela deputada do CDS Cecília Meireles, Francisco Capelo começou por contar que a Fundação José Berardo foi criada para que o empresário pudesse ter benefícios fiscais.

“A atividade social desta instituição era entendida como uma fachada para permitir a existência de uma entidade essencialmente criada para beneficiar dos privilégios fiscais, sobretudo da isenção do pagamento de mais-valias nos investimentos financeiros”, escreve o homem que reuniu a coleção de Berardo, em respostas aos deputados da comissão de inquérito, reveladas pelo Observador.

Este benefício fiscal correspondia a uma poupança de cerca de 40%. “Este privilégio era fundamental para alguém com o perfil de José Berardo”, acrescenta.

Nas respostas, de acordo com o Público, o antigo fundador da Fundação José Berardo diz que esta era gerida com grande obscurantismo e que eram Berardo e o advogado, André Luiz Gomes, que tudo geriam “num quadro de grande desconhecimento e sempre com informação controlada” por eles.

Para Francisco Capelo, que se afastou de Berardo em 1999, o empresário teve sempre intenção de vender as obra de arte. “Desde junho de 1999 que o objetivo de José Berardo foi e é o de vender a coleção de arte”, escreve.

Para o antigo sócio, o Protocolo de Comodato que Berardo assinou com o Estado já tem no seu conteúdo essa intenção de venda. “O interesse de José Berardo e do seu advogado André Luiz Gomes na redação e assinatura em 2006 do Protocolo de Comodato foi essencialmente afastarem a possível classificação ou nacionalização e ainda o problema financeiro do IVA. Com a assinatura do Protocolo essas preocupações foram resolvidas”, garante.

Fundação admite processar ex-sócio

Numa resposta enviada ao Observador, a Fundação Berardo disse “repudiar com veemência as aleivosias” lançadas pelo ex-sócio do empresário madeirense nas respostas enviadas à comissão parlamentar de inquérito à CGD.

Segundo o mesmo jornal, fonte oficial da Fundação admite mesmo processar Francisco Capelo, mas remete uma decisão para depois da leitura das respostas feitas por escrito e de conferir se foram reproduzidas fielmente pela comunicação social. Só então vai avaliar se “vale a pena processar esse Cidadão ou antes ignorar os dislates do mesmo, como tem sido norma de alguns visados pelo seu fel”.

A Fundação Berardo considera ainda que as declarações do antigo parceiro de negócios do empresário madeirense não surpreendem, porque são semelhantes a outras que já lançou sobre outras entidades de utilidade pública e seus responsáveis, sem os identificar.

A Caixa Geral de Depósitos, o Novo Banco e o BCP têm uma ação conjunta contra Berardo para tentarem reaver parte do dinheiro que perderem com os empréstimos que lhe concederam, tentando chegar às obras de arte.

Na audição na comissão parlamentar de inquérito à CGD, Joe Berardo fez várias declarações polémicas. O empresário também disse então que a garantia que foi dada à CGD foram os títulos da associação e não as obras de arte propriamente ditas.

Questionado sobre se os bancos ficariam com o controlo da associação caso tentassem executar os títulos, Berardo riu-se. Os títulos foram, entretanto, penhorados.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, neste país alguém que assuma que quer ganhar dinheiro com o suor do trabalho, que queira criar uma empresa, é apelidado de malandro.
    O que é bom é ter uma fundação, uma associação, uma IPSS ou algo do género, preferencialmente que não pague impostos e até permita obter apoios. Depois é o que se sabe… exemplos não faltam, uns mais “raríssimas” que os outros…

  2. Que novidade, a novidade é mesmo alguém ter vindo dizer isso a publico!
    Esse ladrão corrupto não tem nada mas já tem para processar seja quem fôr!
    Que mais é preciso para acabar com este pulha?
    É preciso juízes que também não sejam corruptos!

  3. Mas isto é notícia???? Haverá alguém (excepto talvez as “Comissões de Inquérito” do Parlamento!) que não soubesse já isso?
    O homem pode ser um “básico”, mas teve dinheiro suficiente para pagar a quem o aconselhasse, e neste momento deverá ser praticamente intocável!!! Fez alguma ilegalidade? Provavelmente até nem fez nenhuma… ou dito mais claramente… nenhuma que alguém possa provar que fez!!!!
    Coitado… só tem uma garagem!! E até tem de ser a Fundação a sustentá-lo!!!

  4. Eheh! Pois, tem toda a razão. Até parece que o Zé “fuck him” é o único caso. Escolheram agora marrar com este por alguma razão que me ultrapassa. Mas como este há muitos…

  5. O pior é que não é só este. Se um sócio deu com a boca no trobone, era caso para averiguar. Mas não era só esta fundação. Sao quase todas. Os desgovernos dos últimos anos, praticamente desde 1974, só têm servido para isto. Inventar tudo e mais alguma coisa para gamar, roubar e esmifrar o zé contribuinte. Existem tantas fundações para quê? Estou convencido que a maioria é como a do Berardo. Só para obter privilégios fiscais. Mas alguém mexe nisso? Claro que não. Aquilo é tudo de amigos e afilhados e de gente da maçonaria.

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …