Dezenas de homicídios depois, o mais antigo site neonazi foi fechado sem aviso

O Stormfront, o mais antigo site supremacista da internet, foi fechado sem aviso. O fundador, Don Black, opera o domínio stormfront.org há 22 anos, desde 1995, tendo ficado por isso “muito surpreendido” que o site tenha sido retirado do ar.

Depois de o site neonazi mais antigo do mundo ter sido fechado, ao fim de 22 anos, surpreendendo o seu fundador, Don Black, os esforços estão a ser mobilizados, neste momento, para voltar a pôr o conteúdo online.

Uma empresa revogou o nome do domínio, depois de ter recebido queixas de que o site incitava ao ódio e estava vinculado a dezenas de homicídios. Don Black, um ex líder do Ku Klux Klan, disse não ter recebido nenhum aviso antes da Networks solutinons bloquear o uso do stormfront.org na passada sexta-feira.

O site tinha mais de 300 mil utilizadores registados, segundo Black, e os números dispararam depois dos violentos confrontos em Charlottesville.

Popular entre o Klu Klux Klan e grupos neo nazis, o site incluía fóruns onde os utilizadores podiam promover eventos de empoderamento branco. “Vou falar com os meus advogados. É tudo o que posso fazer neste momento”, defendeu-se Black ao The Telegraph. “Posso alterar o domínio mas o mais certo é acabar da mesma maneira”.

Este não é, no entanto, um caso isolado. O The Daily Stormer, outro site supremacista, foi também apagado aquando dos confrontos em Charlottesville.

O Comité de Advogados dos Direitos Civis disse que o site foi desligado devido a queixas arquivadas na Network Solutions alegando que o stormfront.org promove não apenas o discurso de ódio, como também a violência mortal.

Utilizadores do site de Black foram implicados em mais de 100 assassinatos, de acordo com a queixa, incluindo 77 pessoas mortas pelo neonazista Anders Breivik num acampamento na Noruega em 2011.

“Especialmente na sequência dos trágicos acontecimentos em Charlottesville e o pico nos crimes de ódio por todo o país, Stormfront cruzou a linha de discurso permitido e incitou à violência”, disse Kristen Clarke, diretora executiva do Comité de Advogados dos Direitos Civis sob o Direito.

Black, a falar sobre o encerramento do site num programa de rádio online na segunda-feira, disse que o stormfront.org tinha regras contra a promoção da violência ou qualquer outro crime.

O ex-mago do Klan Imperial, David Duke, que apareceu também no programa de rádio, expressou o seu “total apoio” para com Black e o site. “Foi o primeiro site importante a defender os direitos dos brancos”, disse Duke.

Black está envolvido no movimento da supremacia branca desde a década de 1970 e foi condenado em 1981 peor participar num plano de direita para derrubar o governo da nação da ilha caribenha da República Dominicana.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como é que alguém que promove o assassínio, pode achar que tem alguma idoneidade moral para o que quer que seja… É algo que me ultrapassa. Quem mata pessoas tem de ser preso. Quem promove ou dá apoio ao assassínio tem de ser silenciado e punido de acordo com a lei prevista para tal.

  2. Aqui está o pais das liberdades no seu total esplendor.
    Aceitam sites e organizações racistas que incitam ao ódio, ao assassinato entre outras coisas e depois vêm-se apresentar ao mundo como os seus policias.
    Santa paciência.

RESPONDER

Eis os quatro mundos mais promissores de albergar vida alienígena

Marte, Europa, Encélado e Titã são, de acordo com as descobertas científicas, os mundos mais promissores de albergar vida alienígena. A biosfera da Terra contém todos os ingredientes conhecidos necessários para a vida como a conhecemos. …

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …