O mais antigo pássaro selvagem do mundo vai ser mãe aos 67 anos

Um albatroz-de-laysan está, claramente, a desafiar as normas da sua espécie. Wisdom, o mais antigo pássaro selvagem do mundo, voltou ao ninho de origem para pôr um ovo à magnífica idade de 67 anos.

A albatroz Wisdom é um pássaro fora do comum, que não só venceu, como superou todos os obstáculos da vida. Aos 67 anos, a mais velha ave selvagem conhecida do mundo pôs um ovo, no Atol Midway, localizado no norte do Oceano Pacífico, a noroeste do Havai, pertencente aos EUA.

Esse ovo é mais um da sua lista de sucessos: na sua já longa vida, Wisdom já deu à luz a cerca de 30 a 35 crias. Dado que a sua espécie está quase ameaçada de extinção, esta “supermãe” é uma conquista da natureza.

Todos os anos, Wisdom e o seu atual companheiro, Akeakamai, voltam ao Monumento Nacional Marinho Papahānaumokuākea para fazer um ninho e criar uma única cria.

No último 13 de dezembro, o Serviço para Peixes e Vida Selvagem dos Estados Unidos (USFWS, na sigla em inglês) confirmou que o par estava a incubar um novo ovo.

Wisdom já sobreviveu a vários companheiros. Além disso, a ave também é notável por ter registado cerca entre dois a três milhões de quilómetros desde 1956 – o equivalente a quatro a seis viagens de ida e volta para a lua.

“Nunca conhecemos um pássaro que sabemos que tem 67 anos e que ainda está em reprodução”, disse Kate Toniolo, vice-superintendente do Monumento Nacional Marinho.

A história de Wisdom remonta a 10 de dezembro de 1956, quando o biólogo Chandler Robbins, do USFWS, colocou um rastreador num albatroz-de-laysan qualquer. Durante 46 anos o pássaro deixou de ser visto, até voltar a aparecer em 2002, quando Robbins analisou novamente o pássaro. A sua aparente idade avançada e boa saúde renderam-lhe o nome de Wisdom (inglês para “sabedoria”).

A ave é interessante porque conseguiu evitar muitos riscos para a sua espécie por muito tempo, como ingerir plástico oceânico ou ser apanhada acidentalmente por um pescador.

“Estamos a falar de um pássaro que estende o nosso entendimento porque é tão diferente da nossa história de vida e 99% dos animais com os quais interagimos diariamente”, explicou Charles Eldermire, que estuda aves na Universidade Cornell, nos EUA.

A maioria dos pássaros selvagens luta para continuar a viver, encontrar um companheiro e criar filhotes. Fazer isso todos os anos durante seis décadas é realmente fora da curva.

Não só isso, mas Wisdom dominou o estilo de vida desafiador do albatroz, enfrentando um clima extremo e encontrando um pedaço de terra remota para criar os seus filhotes. “É um pássaro incrivelmente sortudo e incrivelmente esperto”, afirmou Eldermire.

E cada cria que Wisdom choca é mais um triunfo para a sua espécie, que a União Internacional para a Conservação da Natureza lista como “quase ameaçada“.

Quase 70% dos albatrozes-de-laysan aninham no Atol Midway, pelo que um tsunami como o de 2011 no Japão poderia acabar com muitos dos pássaros de uma só vez. Isso mostra quão importante é cada ave para garantir a sobrevivência da espécie.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …

Casa onde Sócrates vive "pagou" salinas em Angola

O apartamento de luxo onde José Sócrates está a residir na Ericeira foi uma "dação em pagamento" de um empresário angolano ao primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa, que é suspeito de ser …

Caso Galpgate. Três ex-secretários de Estado não vão a julgamento

Os três secretários de Estado que se demitiram no ano passado na sequência do caso dos convites para assistirem a jogos de futebol do Euro 2016 em França não vão a julgamento. Os ex-governantes e outros …