O mais antigo pássaro selvagem do mundo vai ser mãe aos 67 anos

Um albatroz-de-laysan está, claramente, a desafiar as normas da sua espécie. Wisdom, o mais antigo pássaro selvagem do mundo, voltou ao ninho de origem para pôr um ovo à magnífica idade de 67 anos.

A albatroz Wisdom é um pássaro fora do comum, que não só venceu, como superou todos os obstáculos da vida. Aos 67 anos, a mais velha ave selvagem conhecida do mundo pôs um ovo, no Atol Midway, localizado no norte do Oceano Pacífico, a noroeste do Havai, pertencente aos EUA.

Esse ovo é mais um da sua lista de sucessos: na sua já longa vida, Wisdom já deu à luz a cerca de 30 a 35 crias. Dado que a sua espécie está quase ameaçada de extinção, esta “supermãe” é uma conquista da natureza.

Todos os anos, Wisdom e o seu atual companheiro, Akeakamai, voltam ao Monumento Nacional Marinho Papahānaumokuākea para fazer um ninho e criar uma única cria.

No último 13 de dezembro, o Serviço para Peixes e Vida Selvagem dos Estados Unidos (USFWS, na sigla em inglês) confirmou que o par estava a incubar um novo ovo.

Wisdom já sobreviveu a vários companheiros. Além disso, a ave também é notável por ter registado cerca entre dois a três milhões de quilómetros desde 1956 – o equivalente a quatro a seis viagens de ida e volta para a lua.

“Nunca conhecemos um pássaro que sabemos que tem 67 anos e que ainda está em reprodução”, disse Kate Toniolo, vice-superintendente do Monumento Nacional Marinho.

A história de Wisdom remonta a 10 de dezembro de 1956, quando o biólogo Chandler Robbins, do USFWS, colocou um rastreador num albatroz-de-laysan qualquer. Durante 46 anos o pássaro deixou de ser visto, até voltar a aparecer em 2002, quando Robbins analisou novamente o pássaro. A sua aparente idade avançada e boa saúde renderam-lhe o nome de Wisdom (inglês para “sabedoria”).

A ave é interessante porque conseguiu evitar muitos riscos para a sua espécie por muito tempo, como ingerir plástico oceânico ou ser apanhada acidentalmente por um pescador.

“Estamos a falar de um pássaro que estende o nosso entendimento porque é tão diferente da nossa história de vida e 99% dos animais com os quais interagimos diariamente”, explicou Charles Eldermire, que estuda aves na Universidade Cornell, nos EUA.

A maioria dos pássaros selvagens luta para continuar a viver, encontrar um companheiro e criar filhotes. Fazer isso todos os anos durante seis décadas é realmente fora da curva.

Não só isso, mas Wisdom dominou o estilo de vida desafiador do albatroz, enfrentando um clima extremo e encontrando um pedaço de terra remota para criar os seus filhotes. “É um pássaro incrivelmente sortudo e incrivelmente esperto”, afirmou Eldermire.

E cada cria que Wisdom choca é mais um triunfo para a sua espécie, que a União Internacional para a Conservação da Natureza lista como “quase ameaçada“.

Quase 70% dos albatrozes-de-laysan aninham no Atol Midway, pelo que um tsunami como o de 2011 no Japão poderia acabar com muitos dos pássaros de uma só vez. Isso mostra quão importante é cada ave para garantir a sobrevivência da espécie.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Pode já ser demasiado tarde para salvar o Taj Mahal

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, está a ficar amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o Governo: "ou restauram ou demolem". Há um ditado que diz que o …

Se precisa de um emprego, faça uma tatuagem

Se está à procura de emprego, não coloque de lado a hipótese de fazer uma tatuagem. Um surpreendente estudo demonstrou que as tatuagens podem dar aos candidatos uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. De certeza …

Cientistas descobrem por que o "cheiro da chuva" é tão agradável

Não é só o alívio, após um longo período de seca, que faz com que o "cheiro da chuva" seja tão agradável. Segundo os cientistas há uma série de fatores envolvidos - que incluem a …

39 mortos confirmados em Génova. "Foi erro humano"

O Governo italiano declarou o "estado de emergência" por 12 meses em Génova, onde esta terça-feira a queda de um viaduto matou pelo menos 39 pessoas, e vai prestar um primeiro apoio de cinco milhões …

Michael Schumacher vai ser levado em breve para Maiorca

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, vai ser levado para a ilha de Maiorca, em Espanha, onde passará a viver com a família, segundo revela a edição desta quarta-feira da revista suíça …

Marcha imparável de mortíferas viúvas-negras está a apoderar-se do Canadá

O habitat das criaturas potencialmente letais de oito patas estendeu-se em mais de 48 quilómetros nos últimos 12 anos, e aparentemente nada pode ser feito para as conter. Segundo um estudo publicado a semana passada na …

Marca espanhola cria sapato feito de lixo retirado dos oceanos

O lixo nos oceanos é um problema de longa data e aumenta de forma proporcional ao nosso consumo. A prática tem causado danos em inúmeras espécies marinhas,  como tartarugas e baleias. Para ajudar a combater estes …

Está explicado por que os índios têm cabelo comprido

Quando pensámos em índios, figuramos rapidamente uma pessoa de pele morena, com a cara pintada e, quase inevitavelmente, cabelo comprido. Ao que parece, o cabelo comprido não representa apenas uma questão meramente estética - pode …

Os próximos 4 anos vão ser "anormalmente quentes"

O período de tempo até 2022 poderá registar temperaturas ainda mais elevadas do que o esperado, com anos "anormalmente quentes", segundo um estudo baseado num novo método de previsão, divulgado nesta terça-feira. O trabalho realizado por …

2,3 milhões de venezuelanos abandonam o país por falta de alimentos e medicamentos

A falta de alimentos e de medicamentos forçou 2,3 milhões de venezuelanos a abandonarem o país, segundo a ONU, que alertou hoje para a situação de risco de dezenas de milhares de cidadãos da Venezuela. "As …