Antigo caderno de Zuckerberg revela que Facebook poderia ter sido uma “Wikipédia da vida privada”

wiredphotostream / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

Steven Levy, editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas das primeiras ideias que tinha para a rede social.

Levy terá conseguido ter acesso a 17 páginas de um desses diários e, ao conversar com algumas pessoas que trabalharam para a empresa nos seus inícios, percebeu como estas anotações eram importantes para Zuckerberg, que costumava deixar cópias de algumas dessas páginas na mesa dos seus funcionários para que pudessem inspirar-se nas suas ideias.

De acordo com Levy, que escreve para o Wired, a maior parte do diário fala apenas sobre a rotina de estudos de Zuckerberg e da forma como utilizava o período de aulas para pensar no tipo de coisas que precisava de acrescentar ao Facebook.

As páginas estão repletas de ideias para novos produtos, fluxogramas de programação, listas de funções que deveriam ser implementadas e gráficos de crescimento.

De acordo com o CanalTech, na época, o Facebook ainda era uma rede social fechada e só podia ser acedida ao utilizar a rede de uma faculdade ou colégio – e uma das ideias que Zuckerberg mais discutia nesse período era a possibilidade de torná-la aberta para qualquer pessoa.  Outra ideia pensada na época era a implantação de um feed de notícias, que hoje existe na plataforma.

Por outro lado, nem todas as ideias foram implementadas na versão final do Facebook. Uma delas é algo que Zuckerberg chamou de “Dark Profiles”, que seria uma espécie de “página pública” para pessoas que não possuem um perfil no site – seja por falta de conhecimento do que seria a rede social ou por intencionalmente não querer participar.

Assim, tendo em posse apenas o número de telefone e o e-mail da pessoa, qualquer um conseguiria criar um perfil para aquela pessoa sem autorização. Esse perfil tonar-se-ia público e qualquer pessoa poderia atualizá-lo com informações sobre aquela pessoa, como estado civil, local de nascimento, local de trabalho e qualquer outra informação pertinente — como é possível fazer na Wikipédia.

Ainda que a rede social tenha feito alguns testes para a criação de perfis escondidos para pessoas que não estavam no Facebook, a ideia foi abandonada e não chegou a ser implementada na plataforma.

Outra história revelada pelas páginas é a lenda de Zuckerberg ter recusado uma proposta de compra do Facebook pelo Yahoo por mil milhões de dólares (equivalente a 922.230.000 euros). Zuckerberg terá concordado com a venda mas, depois, o CEO do Yahoo, Terry Semel, pediu uma renegociação do valor, alegando que a empresa tinha perdido muito dinheiro com a desvalorização das ações. Foi esse pedido de renegociação que fez com que Zuckerberg desistisse da venda.

De acordo com Levy, a maior parte dos cadernos e diários de Zuckerberg do começo do Facebook foram destruídos por questão de privacidade.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …