Antidepressivo comum ajudou a inibir o crescimento de cancro em cobaias

O antidepressivo sertralina ajudou a inibir o crescimento de células cancerígenas em culturas de células e animais de laboratório (cobaias), concluiu uma nova investigação da Universidade de Leuven, na Bélgica.

De acordo com o novo estudo, cujos resultados foram publicados recentemente na revista científica American Association for Cancer Research, esta substância atua sobre um vício metabólico que permite o crescimento de diferentes tipos de cancro.

Utilizado para aliviar sintomas de ansiedade, este é um antidepressivo comum e comercializado em vários países, como é o caso Portugal, sendo também um dos mais prescritos nos Estados Unidos, frisa o portal IFL Science.

Em comunicado citado pelo portal Eureka Alert, os cientistas explicam que as células cancerígenas utilizam diferentes mecanismos biológicos para estimular o seu crescimento.

Em determinados tipos de cancro da mama, leucemia, cancro da pele, tumores cerebrais e de pulmão, entre outros, as células malignas produzem grandes quantidades dos aminoácidos serina e glicina para crescerem.

Esta produção estimula o crescimento das células cancerígenas ao ponto de estas se tornarem viciadas nestes dois aminoácidos – e é neste “vício” que o antidepressivo sertralina demonstrou atuar nos testes realizados com animais em laboratório.

“Este mecanismo é um alvo interessante porque as células cancerígenas são muito dependentes dele”, explicou o professor Kim De Keersmaecker, chefe do Laboratório de Mecanismos de Doenças do Cancro (LDMC), citado na mesma nota.

“As células saudáveis ​​usam este mecanismo em menor grau e também absorvem a serina e a glicina dos alimentos. Isso não é suficiente para as células cancerosas, no entanto, o que significa que estas começam a produzir mais. Se conseguirmos interromper esta produção, seremos capazes de combater o cancro sem afetar as células saudáveis”.

Cientistas acreditam no potencial da descoberta

Recorrendo a um banco de dados de medicamentos existentes, os cientistas analisaram várias substâncias e descobriram que o antidepressivo sertralina era o mais eficaz

“Outros estudos indicavam já que a sertralina tinha certa uma atividade anti-cancerígena, mas ainda não havia explicação para isso”, escreveram os autores no novo estudo.

“Neste estudo, pudemos demonstrar que a sertralina inibe a produção de serina e glicina, causando a diminuição do crescimento das células cancerígenas. Também descobrimos que esta substância é mais eficaz quando combinada com outros agentes terapêuticos. Em estudos com cobaias, constatamos que a sertralina em combinação com outra terapia inibe fortemente o crescimento de células do cancro da mama”.

Apesar de os resultados serem ainda fruto de procedimentos experimentais, a equipa acredita no potencial da descoberta. “Agora que conseguimos identificar este mecanismo para o cancro da mama, podemos começar a analisar outros tipos de cancro que também são dependentes da síntese de serina e glicina”, explicou ainda De Keersmaecker.

“Este é o caso, por exemplo, da leucemia de células T, mas também de certos tipos de cancro do cérebro, pulmão e pele. Quanto mais tumores pudermos identificar que são sensíveis à sertralina, melhores serão as perspetivas para ajudar os pacientes no futuro”.

E rematou: “Este são, obviamente, resultados de investigações experimentais, e não de estudos clínicos, mas podemos estar otimistas sobre o seu potencial. A segurança do uso da sertralina em humanos já está bem descrita, o que é uma grande vantagem”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …