Ainda antes de nascer, os bebés de tubarão nadam entre úteros para devorar os seus irmãos

Os tubarões são criaturas realmente incríveis. Uma equipa de cientistas acaba de descobrir que alguns fetos de tubarão viajam entre os úteros da progenitora de forma a conseguir devorar os seus irmãos – e fazem-no rapidamente.

Era já conhecido que algumas fêmeas tubarão têm um útero esquerdo e um direito. O que ainda não se sabia é que os seus pequenos e ainda não nascidos bebés conseguem nadar entre os órgãos, tendo como objetivo alimentar-se dos seus irmãos.

Um novo aparelho de ultra-som forneceu agora aos biólogos uma visão detalhada sobre este ato comum de canibalismo, revelando que os fetos de tubarão não se movem entre os úteros apenas para mordiscar os vizinhos. Para a maioria dos animais, o movimento embrionário é bastante limitado, cingindo-se a pequenos movimentos e contorções. Mesmo para os fetos que não são ancorados a uma placenta, a gestação é, por norma, um processo bastante sedentário – menos para os tubarões, claro está.

A mais recente “façanha” destes animais foi descoberta por uma equipa de biólogos do Okinawa Churaumi Aquarium, localizado na cidade de Motobu, no Japão. Os cientistas ficaram completamente surpreendidos quando observaram filhotes de tubarões-praga (Nebrius ferrugineus) não só a moverem-se rapidamente no interior da sua progenitora, mas também a oscilar entre os seus úteros.

“Os nossos dados mostram uma migração embrionária frequente entre os úteros direito e esquerdo, o que é contraditório ao feto mamífero sedentário”, escreveu a equipa de cientistas no artigo publicado na passada semana na revista científica Ethology.

Os cientistas não sabem ainda ao certo por que motivo se dá este movimento intra-uterino, no entanto avançam com uma possível explicação: alguns tubarões alimentam os seus fetos através da oofagia, o que significa que os bebés – ainda antes de nascer – alimenta-se à base de ovos do úteros e, por vezes, chegam mesmo a devorar os seus irmão. A capacidade dos fetos irem procurar e caçar mais ovos pode sinónimo de uma maior probabilidade de sobrevivência.

Tomita etal/Ethology

Os ultrassons foram realizados dentro de água, garantido menores níveis de stress para a progenitora

Neste sentido, acredita os cientistas, este comportamento potencialmente único pode ser resultado da forma como as progenitoras alimentam os seus fetos. Sem uma placenta capaz de sustentar os pequenos espécimes, os fetos em desenvolvimento de algumas espécies fazem uma dieta muito rica em ovos, comendo, por vezes, os seus irmãos.

Estudos anteriores realizados em três fêmeas de tubarão-tigre (Galeocerdo cuvier) ao longo de vários anos davam já conta deste fenómeno. Numa das progenitoras, os embriões oscilaram entre os úteros três vezes. Noutra fêmea, o movimento foi muito maior, registando os ultra sons um total de 24 migrações ao longo de toda a gravidez. As imagens mostraram ainda que estes movimentos são feitos de forma apressada: um filhote conseguiu nadar a uma velocidade de oito centímetros por segundo.

Quanto ao fenómeno de canibalismo, uma das fêmeas começou a gravidez com dois embriões em cada útero. Depois de algumas viagens intra-uterinas, os quatro fetos logo se se transformaram em três. Em pouco menos de dois meses, já só havia dois. No fim da gestação, os cientistas encontraram apenas um, o grande “vencedor”.

Os cientistas descobriram ainda na nova investigação que o colo do útero das fêmeas de tubarão-praga é capaz de se abrir, conseguindo o embrião pôr o seu “nariz” de fora do ambiente uterino – tal como evidencia a imagem A. Uma vez mais, o processo de gestação dos tubarões demarca-se do dos mamíferos, nos quais o útero se mantém fechado até ao nascimento do feto.

“Parece provável que neste modo de reprodução, a capacidade de natação ativa do embrião pode permitir que este procure e capture efetivamente ovos nutritivos no ambiente uterino”, concluíram os investigadores.

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …