Animais vão “encolher” 25% devido à destruição humana do planeta

(dr) Rob Cooke

A mão humana na destruição da biodiversidade pode fazer com os animais mais pequenos, que ocupam menos espaço, tenham mais probabilidade de sobreviver do que os animais maiores.

O número de seres humanos tem aumentado exponencialmente e, eventualmente, poderá chegar ao ponto em que o espaço que temos para nós seja cada vez menor e tenhamos que nos expandir para zonas anteriormente ocupadas por animais.

Nesse caso, os animais mais pequenos e que ocupam menos espaço poderão ter mais probabilidade de sobreviverem. Por outro lado, animais de grande porte terão cada vez menos espaço para si e poderá levar à sua extinção. Por isso, calcula-se que, dentro do próximo século, o tamanho médio de um animal na Terra “encolha” 25%.

Estas são as conclusões de um estudo publicado este mês na revista Nature Communications, que realça ainda que os grandes mamíferos e as aves são provavelmente os que vão sofrer mais com a influência humana.

Para perceberem como as espécies podiam ser afetadas, os cientistas da Universidade de Southampton estudaram a massa corporal, o tamanho da ninhada, o habitat, a dieta e a vida útil de mais de 15 mil mamíferos e aves. Seguidamente, cruzaram a informação com a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza.

“De longe, a maior ameaça aos pássaros e mamíferos é a humanidade – com os habitats a serem destruídos devido ao nosso impacto no planeta, como desmatamento, caça, agricultura intensiva, urbanização e os efeitos do aquecimento global”, disse o autor do estudo, Rob Cooke.

De acordo com o All That’s Interesting, as pequenas espécies que se alimentam de insetos, que têm grandes ninhadas e que aguentam vários climas, serão as mais resistentes a sobreviverem.

“O ‘encolher’ substancial de espécies que previmos poderia gerar impactos negativos adicionais para a sustentabilidade a longo prazo da ecologia e da evolução”, acrescentou Cooke.

A perda de animais como o rinoceronte ou o condor, segundo o autor do estudo, podem levar a que outras espécies sofram por tabela. “Se os perdermos, outras espécies que dependem deles também podem ser extintas”, explicou o cientista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o universo pode ser 2 mil milhões de anos mais novo do que pensávamos

Novos cálculos sugerem que o universo pode ser dois mil milhões de anos mais novo do que aquilo que se pensava. Contudo, é difícil saber com exatidão a sua verdadeira idade. Os cientistas calculam a idade …

O maior vulcão de uma lua de Júpiter pode estar prestes a entrar em erupção

O maior vulcão de Io, uma das quatro grandes luas de Júpiter, pode estar prestes a explodir. Décadas de observação mostram um ciclo periódico nas erupções deste vulcão. De acordo com o Science Alert, o vulcão …

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …