As mulheres anglo-saxónicas já enfrentavam o sexismo (e a prova está nos seus túmulos)

Keith Parfitt / ANU

Um dos sepultamentos analisados, encontrado no cemitério de Kent

As mulheres da Inglaterra anglo-saxónica, que remonta ao século V, enfrentaram o mesmo problema que muitas mulheres enfrentam hoje em dia: o sexismo relacionado com a sua idade e beleza, concluiu uma equipa de arqueólogos 

A pesquisa, levada a cabo por Christine Cave, da Escola de Arqueologia e Antropologia da Universidade Nacional Australiana, evidenciou que, à luz da época, as mulheres eram essencialmente valorizadas pela sua juventude e aparência, atingindo o pico do seu estatuto social por volta dos 30 anos.

Para chegar a esta conclusão, a equipa analisou cerca de 350 túmulos distribuídos por três cemitérios datados de há 450 e 650 d.C.

Os resultados da análise destes sepultamentos demonstraram que os itens com que os cadáveres eram enterrados – que tipicamente representam o estatuto social do indivíduo -, aumentaram para as mulheres até aos 30 anos. A partir desta idade, notaram os cientistas, o número de objetos começava a diminuir. Ou seja, quanto mais velha fosse a mulher, menor número de adereços tinha o seu sepultamento.

Em sentido oposto, nos túmulos analisados do sexo masculino os itens pessoais iam aumentando muito além dos 60 anos.

“As sepulturas onde mulheres estão enterradas têm objetos que destacam a beleza, como jóias, contas, broches e itens desse tipo”, explicou Cave, citada em comunicado divulgado esta sexta-feira pela Universidade Nacional Australiana.

Face aos resultados, a antropologista mostrou-se surpreendida pelo facto de as mulheres anglo-saxónicas enfrentarem os mesmos problemas que as mulheres de hoje em dia. “De certa forma, as coisas não são assim tão diferentes nos dias que correm”, atirou.

“Olhando para a indústria cinematográfica, tem havido estudos que mostram que uma atriz atinge o seu pico de notoriedade quando chega aos 30 anos, enquanto que para os homens [este indicador] continua a crescer além dos 60 anos”, exemplificou.

A investigação foi sendo publicada durante o ano passado em várias revistas científicas, como é o caso Journal of Anthropological Archaeology, como parte da tese de doutoramento este ano apresentada pela cientista.

SA, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …