Análise de ADN revela que os verdadeiros europeus desapareceram há 14.500 anos

T.P.S. Dave

Um grupo de cientistas do Instituto Max Planck para a Ciência da Historia Humana, em Jena, na Alemanha, conseguiu recuperar o ADN de humanos que viviam na Europa há 35.000 a 7.000.

Os resultados da investigação, publicados na revista Current Biology, sugerem que a Europa sofreu importantes mudanças geográficas e climáticas durante o último período de glaciação da Terra.

Segundo o estudo, toda a população europeia terá desaparecido por razões ainda desconhecidas.

Os europeus contemporâneos terão assim chegado à placa continental da Europa bem mais tarde do que o que se pensava – ou seja, os actuais europeus não são tão antigos como se pensava. E ao que parece, nem sequer serão os europeus originais.

Os cientistas conseguiram analisar o genoma de europeus antigos, obtido a partir de DNA de mitocôndrias celulares, o que permitiu lançar a luz sobre a histórias das migrações das populações europeias da época.

Segundo Krause, há cerca de 14.500 anos, os últimos caçadores-recolectores desapareceram por completo da Europa, e foram substituídos por uma nova população, proveniente de uma onda migratória.

A equipa analisou fragmentos de DNA de 35 homo sapiens, cujos restos foram encontrados recentemente em vários sítios arqueológicos da França, Bélgica, República Checa, Roménia e Itália.

(dr) Martin Frouz

Um dos fósseis de homo sapiens, encontrados na Morávia, República Checa, analisados pela equipa de Johannes Krause

Um dos fósseis de homo sapiens, encontrados na Morávia, República Checa, analisados pela equipa de Johannes Krause

A presença do haplogrupo M nos genes dos antigos caçadores-recolectores europeus, comum nos povos da Australasia e do continente americano, mas ausente nos europeus, permitiu aos investigadores concluir que toda a Europa foi repovoada após a última glaciação do planeta.

“Nem queria acreditar. A primeira vez que olhei para os resultados, pensei que tinha que haver um engano, porque o haplogrupo M está ausente nos europeus contemporâneos, mas é muito comum nos asiáticos, australianos e americanos nativos”, contou Cosimo Posth, investigador da Tübingen University e principal autor do estudo.

“Descobrimos um novo capítulo da história da Humanidade: toda a Europa foi repovoada após a última glaciação”, diz à PHYS.org o investigador Johannes Krause, director do Instituto Max Planck para a Ciência da Historia Humana.

“Quase não tínhamos dados genéticos sobre esta era, e até agora não sabíamos nada do que se tinha passado com os primeiros habitantes da Europa”, concluiu o cientista.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Quase metade do rendimento das famílias na Grande Lisboa é para pagar renda

A prestação derivada da compra de uma casa na Área Metropolitana de Lisboa (AML) representa uma taxa de esforço de 28% para as famílias. Contudo, arrendar é ainda mais dispendioso, com as rendas a representarem …

Portugal conquista ouro no basquetebol nos INAS Global Games

Portugal conquistou hoje quatro medalhas no último dia dos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, através da seleção de basquetebol (ouro) e do ciclista Carlos Carvalho (três medalhas de prata). A equipa …

Benfica e FC Porto doam receitas ao Cova da Piedade e Coimbrões

O Benfica e o FC Porto decidiram entregar a sua receita, correspondente à bilheteira e à transmissão televisiva, aos seus adversários da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Na semana passada, jogou-se a terceira eliminatória da Taça …

Nova lei de registo dos animais vai levar freguesias a perderem receita

O objetivo da nova lei é criar uma base única de dados nacional de registo dos animais e acaba com a obrigatoriedade da licença para os cães. O presidente da maior freguesia do distrito de Bragança, …

Vem aí um novo ecoponto (e vai ser castanho)

A partir de janeiro de 2024, todos os Estados-membros da União Europeia vão ser obrigados a ter um quarto contentor para a recolha seletiva do lixo. Desta vez, será castanho e passará a estar nas ilhas …

Federação Portuguesa de Futebol condena jogadores por viciação de resultados

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol condenou dois futebolistas e dois treinadores por manipulação de resultados no âmbito do caso "Jogo Duplo". O Público chama-lhe "uma decisão histórica". No âmbito do caso "Jogo …

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …

Descoberto caminho de peregrinos mandado construir por Pôncio Pilatos em Jerusalém

Um caminho em pedra que terá sido usado há cerca de 2000 anos por peregrinos e mandado construir por Pôncio Pilatos foi descoberto perto do Monte do Templo, em Jerusalém, com uma centena de moedas …

Canadá. Trudeau luta por segundo mandato depois de meses de casos polémicos

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, corre o risco de perder a maioria nas legislativas de segunda-feira, tornando-se o primeiro chefe de governo canadiano apoiado por uma maioria parlamentar a falhar a reeleição desde 1935. Para …