Ameaça de bomba impede avião da Saudi Airlines de descolar de Madrid

Uma ameaça de bomba impediu esta manhã um avião da Saudi Airlines de descolar do Aeroporto Adolfo Suárez, em Barajas (Madrid).

De acordo com o jornal espanhol El Mundo, que avançou a notícia, a tripulação do voo SVA 226, com destino a Riade, na Arábia Saudita, informou autoridades da ameaça encontrada a bordo às 12h45 locais (11h45 em Lisboa).

O estado de alerta geral, entretanto desativado, foi declarado ao final da manhã desta quinta-feira no aeroporto de Barajas, em Madrid, após ameaça de bomba  de um voo da Saudi Airlines.

A Guardia Civil determinou o fim do alerta geral ainda ao final da manhã, após as autoridades não terem detetado qualquer engenho explosivo a bordo do Boeing 777-200LR/F.

O avião, que já rolava na pista e foi imediatamente imobilizado, foi desviado para uma zona segura do aeroporto.

Os passageiros foram entretanto evacuados.

Especialistas da Guarda Civil estão agora a verificar a origem da mensagem que continha a ameaça, escrita em inglês num papel cravado com uma faca numa das portas da cabine, e a identidade dos 97 passageiros e 15 membros da tripulação.

A ministra do Fomento espanhola, Ana Pastor, dirigiu-se de imediato ao aeroporto de Barajas para estar em contacto direto com as autoridades.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …