Amazon despede funcionários que apoiaram “coletes amarelos” em França

Vários funcionários da empresa Amazon que manifestaram apoio aos protestos dos “coletes amarelos” foram demitidos recentemente em França.

A gigante da Internet critica uma “falta grave” na obrigação de lealdade, por terem encorajado ou participado de bloqueios contra o próprio empregador.

Foram dois casos em Lille, no norte da França, e um terceiro em Montélimar. De acordo com as cartas de demissão que receberam, publicadas pelo jornal Le Parisien, os empregados demonstraram “comportamento em oposição total aos valores da empresa”. Um deles decidiu fazer uma queixa na justiça.

Em 22 de novembro de 2018, o agora ex-funcionário disse: “Francamente, estão a ir bem, não desistam, na sexta-feira será Black Out Friday, não parem. Unirei-me a vocês quando não for trabalhar, bloqueiem tudo.”

Para um responsável do Conselho Geral do Trabalho (CGT) da cidade de Montélimar, demitir um funcionário por declaração nas redes sociais é um facto inédito no país.

“Já ouvi falar de casos em que as pessoas tiveram que prestar esclarecimento porque foram denunciadas por colegas. Mas desta vez aconteceu em dois lugares diferentes e parece-me que membros dos Recursos Humanos espreitaram os perfis dos trabalhadores no Facebook”, disse.

Em Montélimar, o clima de medo instalou-se. Diversos trabalhadores fecharam os seus perfis no Facebook para impedir que o serviço de Recursos Humanos espiasse as suas publicações. Para Avi Bitton, advogada especializada em direito do trabalho, a lei está do lado dos funcionários.

“É o empregador que deve apresentar provas de que o trabalhador cometeu uma falta grave. Mas, tratando-se de mensagens nas redes sociais, é complicado. Outra dificuldade é que a empresa ataca liberdades fundamentais, como se manifestar ou fazer greve”, explica Avi Bitton.

Um apelo à greve para o dia 5 de fevereiro foi lançado pela CGT, pelo sindicato Sud-Solidaires e por “coletes amarelos”, em apoio aos funcionários despedidos. Amazon, até ao momento, disse que os seus contratados “estavam livres para participar ou expressar simpatia a um movimento”, mas “respeitando as suas obrigações” com a empresa.

// RFI

PARTILHAR

RESPONDER

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …

Num só dia, derreteu 40% da área superficial da Gronelândia (e há fotografias)

Uma fotografia divulgada no Twitter do climatologista dinamarquês Rasmus Tonboe ilustra o degelo que ocorre na Gronelândia, evidenciando algumas das consequências que podem ser desencadeadas pelo fenómeno.   A imagem, que mostra um trenó a ser …