Alunos mais pobres entram em politécnicos e cursos com notas mais baixas

A entrada no Ensino Superior revela desigualdades sociais em Portugal. De acordo com um novo estudo da Fundação Belmiro de Azevedo Edulog, os alunos mais pobres tendem a ingressar em politécnicos e cursos com notas mais baixas, enquanto que os mais ricos acabam por entrar em cursos de maior prestígio.

A conclusão é do estudo “A Equidade no Acesso ao Ensino Superior” do think thank da Fundação Belmiro de Azevedo, divulgado esta quarta-feira pelo Jornal de Notícias e pelo Público. Segundo a investigação, a expansão do ensino universitário não conseguiu diminuir as diferenças de acesso entre estudantes com níveis socioeconómicos distintos.

O estudo do Edulog evidencia que os alunos das classes mais favorecidas frequentam cursos como Medicina, Direito e Engenharia – que, por norma, exigem notas mais elevadas –, enquanto os mais pobres inscrevem-se sobretudo nos institutos politécnicos.

Os cursos de maior prestígio costumam ter notas de ingresso mais elevadas, que constituem uma “barreira no acesso”, explica o coordenador do conselho científico do Edulog, Alberto Amaral, que faz também parte do organismo público que que regula os cursos superiores, a Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

“Quem não tem possibilidade de ir para um colégio privado ou ter explicações, não consegue bater essa dificuldade [e atingir a médias exigidas]. É a isso que estamos a assistir neste momento”, considerou, recordando que os fenómenos como o da inflação de notas internas no ensino secundário que acontecem particularmente em escolas privadas.

Esta escolha está também, segundo o mesmo documento, relacionada com as habilitações literárias dos pais dos estudantes. Por exemplo, mais de 70% dos estudantes de Medicina são filhos de pais que concluíram o Ensino Superior. Em sentido oposto, no curso de Enfermagem, a maioria dos pais desses alunos tem o secundário ou menos.

A análise revelou ainda que nas universidades há 28,1% de bolseiros enquanto nos politécnicos existem 37,4%. “Dito de um modo um pouco brutal, as classes mais baixas só podem tirar vantagem da expansão [do sistema de ensino] quando as necessidades das classes mais altas estiverem satisfeitas”, afirma Alberto Amaral, coordenador científico do Edulog, em declarações ao jornal Público.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …