Alunos do 4º ano são melhores a Matemática do que os finlandeses

Os alunos do 4º ano melhoraram os conhecimentos a Matemática mas pioraram a Ciências, segundo os resultados do estudo internacional TIMSS, que coloca Portugal acima da média numa comparação que avalia mais de 300 mil estudantes.

No ano passado, 4.693 alunos que frequentavam o 4º ano de escolaridade em 217 escolas portuguesas participaram no Trends in International Mathematics and Science Study (TIMSS 2015), criado para avaliar a literacia a matemática e a ciências.

No total, o TIMSS 2015 analisou o desempenho de mais de 300 mil alunos de 56 países e regiões e os portugueses ficaram em 13º lugar a matemática e em 32º lugar a ciências.

Os alunos portugueses têm vindo a melhorar a matemática, quando se comparam os últimos resultados com os obtidos nas outras duas edições em que participaram (logo na primeira, em 1995, e na penúltima, em 2011).

Olhando para o ranking dos 49 países e regiões, Portugal já está à frente de países muitas vezes apontados como exemplo: a Finlândia e a Holanda.

Para avaliar os conhecimentos, o estudo apresenta uma escala que varia entre zero e mil pontos, sendo 500 considerado o desempenho médio dos participantes.

Assim, o desempenho dos alunos é considerado baixo quando um país consegue uma pontuação entre os 400 e os 474 pontos, é considerado intermédio quando fica entre os 475 e os 549 pontos, pode chegar a elevado (550 a 624 pontos) ou mesmo atingir o desempenho avançado (625 pontos ou mais).

Este ano, Portugal obteve 541 pontos a matemática, registando um aumento de nove pontos em relação aos resultados de 2011, o que lhe permitiu subir dois lugares no ranking e ocupar o 13º lugar.

Os alunos portugueses surgem assim ao lado dos ingleses, belgas, norte-americanos, dinamarqueses ou lituanos, já que todos conseguiram 40 pontos acima do desempenho médio a matemática.

Já a ciências, a situação inverteu-se, com os alunos a baixar a média nacional: Portugal obteve 508 pontos, descendo 14 pontos em relação a 2011 e mais de dez lugares no ranking, passando a ocupar a 32ª posição (em 2011 ocupava a 19º lugar). Mantendo a comparação com a Finlândia, no país nórdico os resultados a ciências também baixaram 16 pontos, mas ainda assim os finlandeses mantêm-se num honroso 7º lugar.

São os alunos do litoral norte e centro que apresentam os melhores resultados às duas disciplinas, com destaque para Leiria, onde os estudantes conseguiram 576 pontos a matemática e 531 a ciências.

Já os alunos da região do Tâmega e Sousa foram os que obtiveram piores resultados (500 pontos a matemática e 477 a ciências).

Comparando os resultados obtidos nas 198 escolas públicas e nas 19 privadas, as melhores notas são de alunos do ensino privado tanto a matemática (588 versus 536 pontos) como a ciências (542 versus 504).

Seguindo a tendência internacional, os rapazes obtiveram melhores resultados do que as raparigas (mais onze pontos a matemática e sete a ciências).

A avaliação em matemática foca-se nos conteúdos dos “Números”, “Formas Geométricas e Medidas” e “Apresentação de dados” enquanto a ciências, o estudo procura perceber os conhecimentos dos mais pequenos em áreas como as “Ciências da Vida”, “Ciências Físicas” e “Ciências da Terra”.

No TIMSS 2015, os alunos com melhores desempenhos voltaram a ser os asiáticos de Singapura, Hong Kong, República da Coreia, Japão e Taipé Chinês.

Esta é a 6ª edição do TIMSS, sendo que Portugal foi um dos 25 países europeus que integrou a primeira edição em 1995.

Na altura participaram 46 países, e Portugal ficou “colocado na cauda da Europa”, recorda o presidente do IAVE, Helder Sousa, no relatório hoje divulgado.

Se em 1995, Portugal ficou abaixo da média – matemática com 475 pontos e Ciências com 480 pontos – em 2011 registou uma melhoria significativa, conseguindo um 15º lugar a Matemática (532 pontos) e 19º lugar a ciências (522 pontos), num ano em que participaram 63 países.

Vinte anos depois da sua estreia, Portugal volta agora a participar no estudo e verifica-se “uma evolução globalmente positiva” do desempenho dos alunos do 4º ano a Matemática e Ciências, acrescenta.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Muitos parabéns!
    Valeu a pena o esforço de todos. É para continuar.
    Isto sim, é para divulgar e partilhar. Não sejamos modestos…

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …