Alunos do 4.º ano estão pior a Matemática. Rapazes e alunos de colégios com melhores resultados

O desempenho dos estudantes portugueses a Matemática e Ciências melhorou significativamente desde 1995, mas os resultados dos alunos do 4.º pioraram nos últimos quatro anos, segundo o estudo internacional TIMMS.

Quase 7.700 alunos portugueses voltaram a participar, no ano passado, no maior estudo internacional que avalia o desempenho dos estudantes do 4.º e 8.º anos de escolaridade a Matemática e Ciências: o TIMMS – Trends in International Mathematics and Science Study.

Os alunos portugueses colocaram Portugal nos países com um resultado acima do ponto central da escala TIMMS (500 pontos), mas entre os estudantes mais novos os resultados baixaram nos últimos quatro anos.

Em Portugal, 4.300 alunos do 4.º ano fizeram as provas de Matemática e de Ciências e a pontuação média baixou nas duas disciplinas quando comparada com os resultados em 2015.

Mas apenas no caso da Matemática a descida é “estatisticamente significativa”, explicou Luís Pereira dos Santos, presidente do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE).

Através de uma bateria de testes, os estudantes são avaliados numa escala de 1 a 1000 pontos. Os alunos do 4.º ano obtiveram 525 pontos a Matemática, ou seja, menos 16 pontos do que em 2015, segundo o estudo hoje divulgado.

Na comparação entre os 58 países participantes, os portugueses ficaram em 20.º lugar a Matemática. O país mais bem classificado, Singapura, obteve 625 pontos.

Já a Ciências, os alunos portugueses baixaram os resultados em apenas quatro pontos, de 508 para 504, e o país ficou em 33.º lugar. Singapura, que volta a ser o mais bem classificado, obteve 595 pontos.

Desde a primeira vez que Portugal participou nesta avaliação (em 1995) até agora, verifica-se uma melhoria gradual no desempenho dos alunos ao longo dos anos.

“As boas notícias é que se verifica uma tendência de evolução positiva gradual e sustentada em todos os indicadores e que Portugal está acima da média no TIMMS”, sublinhou o secretário de Estado da Educação, João Costa, admitindo que esta melhoria nos resultados “passou vários governos”.

Através de uma bateria de testes, os alunos são avaliados numa escala de 1 a 1000 pontos. Singapura voltou a ser o país com melhores resultados mundiais às duas disciplinas tanto no 4.º como no 8.º ano, rondando os 600 pontos.

Em Portugal, os resultados mais baixos foram nas provas realizadas pelos alunos do 8.º ano a Matemática, que obtiveram 500 pontos. Foi a segunda vez que os alunos do 8.º ano participam no TIMMS, registando-se uma melhoria tanto a Matemática como a Ciências. Em 1995, ficaram abaixo dos 500 pontos às duas disciplinas e agora subiram para 500 pontos a Matemática e 519 pontos a Ciências.

Assim, na lista dos 39 países cujos alunos do 8.º ano participaram, Portugal surge em 18.º lugar a Matemática e 13.º a Ciências.

Numa comparação por géneros, os rapazes obtiveram melhores resultados a Matemática tanto no 4.º como no 8.º ano de escolaridade. “As diferenças de género têm vindo a acentuar-se em Portugal, ciclo após ciclo, a favor dos rapazes”, sublinha o estudo, que indica que esta é uma tendência na maioria dos países participantes.

Outro dos pontos analisados foi a diferença dos resultados entre os alunos que frequentam escolas públicas e os de privadas. Tanto a Matemática como a Ciências, os estudantes dos colégios obtiveram melhores resultados.

O TIMMS realizou ainda questionários a professores e encarregados de educação que demonstraram o impacto dos recursos educativos disponíveis em casa no sucesso académico.

Ter livros em casa, ter quarto próprio ou ligação à Internet foram algumas das questões feitas aos pais, e mostraram que o meio socioeconómico afeta os resultados. O impacto positivo de frequentar a educação pré-escolar foi também corroborado por este estudo, que analisou ainda a composição socioeconómica da escola.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …