Algas podem criar poderosos antibióticos e combater cancro

Algas comuns podem resultar em medicamentos anti-cancerígenos e antibióticos capazes de combater infeções resistentes, segundo um estudo feito em Portugal e esta terça-feira publicado na revista científica Fronteiras em Microbiologia.

Inédito e promissor, como explicou à Lusa a principal autora do estudo, Maria de Fátima Carvalho, o trabalho permitiu ainda descobrir dois compostos produzidos por bactérias que não são conhecidos e que podem mesmo ser moléculas novas.

A investigação incidiu numa espécie de alga comum na costa portuguesa, a Laminaria ochroleuca (algas castanhas de grandes dimensões), e num tipo de bactéria específico, a actinobactéria. “Focámo-nos na comunidade de bactérias ligadas a estas algas, as actinobactérias, que estão muito ligadas à produção de compostos conhecidos para antibióticos”, explicou Fátima Carvalho, do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), que funciona em Matosinhos.

A responsável contou que o objetivo foi perceber como é que aquelas bactérias podiam estar ligadas a essa alga castanha comum na costa portuguesa e depois o seu potencial. Um trabalho que nunca tinha sido feito. E os resultados, disse, foi que de facto foram identificados compostos produzidos pelas actinobactérias com essas qualidades, com potencial antimicrobiano e anticancerígeno.

Basicamente, os compostos que as bactérias produzem para se defenderem no meio onde vivem podem ajudar a combater infeções no ser humano. O trabalho científico levou a perceber que também eram capazes de inibir linhas celulares cancerígenas, explicou Maria de Fátima Carvalho. O estudo “leva-nos a crer que outras espécies de algas podem ser uma fonte valiosa” para medicamentos no futuro, disse.

“Não estou a dizer que obtivemos um composto, obtivemos indicações de que haverá compostos que podem ser uma solução para problemas como infeções resistentes, como infeções hospitalares, ou alguns tipos de cancro”.

O estudo vai continuar, até porque os investigadores obtiveram dois extratos de bactéria que não estão classificados e que terão de ser estudados em profundidade. E para já, nas palavras da investigadora, as algas são uma matéria prima que “vale a pena explorar”, pelos “resultados promissores”.

Os compostos defensivos produzidos pelos micróbios são desde há muito uma importante fonte de antibióticos e outros medicamentos. E a Laminária é uma rica fonte de bactérias podendo potenciar novos medicamentos.

Citada pela revista Fronteiras em Microbiologia, Maria de Fátima Carvalho disse que as actinobactérias marinhas são relativamente pouco exploradas e que podem ser uma fonte muito rica de moléculas microbianas bioativas. “Este estudo revela que (a alga Laminaria) é uma rica fonte de actinobactérias com promissoras atividades antimicrobianas e anticancerígenas”, resumiu a responsável à revista.

“Identificámos extratos de duas estirpes de actinobactéria que não combinam com nenhum composto conhecido no banco de dados internacional mais abrangente de compostos bioativos naturais. Pretendemos dar seguimento a esses resultados empolgantes”, concluiu Maria de Fátima Carvalho.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …