Algarve com falta de trabalhadores em todas as áreas durante o Verão

cingularite / Wikimedia

Praia de Sagres, Algarve

O Algarve debate-se com falta de mão-de-obra, com a procura de emprego a não conseguir dar resposta à oferta de trabalho durante os meses de Verão. Uma situação motivada pelo turismo que continua a “alimentar” a economia da região.

Este problema leva o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) a lançar uma campanha de divulgação de oferta de trabalho nas férias, junto de escolas, associações desportivas e juvenis, com o intuito de captar jovens trabalhadores para o Algarve.

O IEFP regista “cerca de nove mil desempregados” na região algarvia, cita o Público, considerando que “a taxa de desemprego na região foi de 5,2%” e que “este ano a previsão é que fique abaixo dos 5%“.

A falta de mão-de-obra é transversal a todos os sectores de actividade e um dos factores que contribui para esta realidade é o elevado preço da habitação no Algarve. O turismo “fez disparar os preços”, nota o mesmo jornal.

Por outro lado, “mantêm-se os contratos precários e os salários baixos, promovendo ofertas de emprego que não têm correspondência com a realidade”, denuncia ao diário o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares, Tiago Jacinto.

Do lado da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), Elidérico Viegas salienta que os salários foram actualizados “de acordo com as condições específicas das empresas”, cita o Público.

O responsável também confirma que, no Algarve, “existe falta de trabalhadores em todas as áreas”, “desde as empregadas de limpeza a técnicos de manutenção”, constata.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que o Algarve não tem mão de obra. Não deveria haver uma única pessoa que quisesse ir trabalhar para lá. O Algarve deveria ser um paraíso ecológico, uma área inteiramente protegida onde se deveria pagar e bem para lá entrar e não um tabuleiro de tavolagem e de rapina. Só um fenómeno igual ao de 1 de Novembro de 1755 pode limpar realmente aquilo, que não passa de um amontoado de m** de este a oeste, criado pelos diversos poderes centrais e locais, por empresários de meia tigela e por gangsters estrangeiros servidos por criminosos cá dentro. Só não vê quem não quer ver o desordenamento total, a continua paisagem de betão e todos os locais a abarrotar de animais (i)racionais.
    Acabem urgentemente com o turismo, que estragou por completo todo o Algarve e está a estragar todo o Planeta, para encher os bolsos e meia dúzia de potentes quadrilhas que dominam toda a Terra e seus
    recursos, servidos por uma nova forma de escravatura: a do trabalho precário e dos baixos salários, que por sua vez conduz a que os cidadãos nunca possam ser cidadãos de facto, porque não podem ser autónomos e livres com a “rapas” que, ao fim de mês, lhe atiram à cara. Ah, mas toda a gente diz que os direitos humanos estão a expandir-se no mundo. Mas que direitos e que mundo? – O que acontece é que o escravo pode mudar apenas e a seu gosto de lugar de escravatura, e nada mais, dando-lhe com isso a ilusão de que são livres e senhores do seu destino.

  2. Kambada de xulos engordam a pala da escravatura sazonal eu keria ver essa gente k vem de fora ganhar 2 euros a hora e pagarem as kontas todas ao fim d mes kmo os k aki vivem e tem casa !!!!@@@

RESPONDER

Há um mecanismo que bloqueia a produção de gordura após as refeições. Pode tratar a obesidade

Um novo estudo revela um mecanismo até agora desconhecido, no qual uma hormona libertada do intestino desliga os processos de produção de gordura do corpo após as refeições. Depois de uma refeição, o nosso corpo dedica-se …

A mais recente espécie de macaco foi encontrada em laboratório e não numa expedição

A nova espécie de macaco, o Popa langur, foi descoberta em laboratório. Ao contrário do que se possa pensar, muitas das espécies descobertas não são encontradas numa expedição. A descoberta do Popa langur, um macaco encontrado …

Desapareceu tão misteriosamente como apareceu o monólito do deserto do Utah (e apareceu outro na Roménia)

O monólito de metal descoberto, na semana passada, no meio do deserto do Utah, nos EUA, desapareceu sem deixar rasto. O mistério adensa-se em torno do objecto que alguns já apelidaram de "extraterrestre", até porque …

The Crown: O que é verdade e ficção na nova temporada?

Não é novidade que as famílias reais da Europa, em especial a família real britânica, sempre despertaram muita curiosidade e interesse por parte do público. Desta forma, a plataforma de streaming Netflix decidiu investir, em …

Hubble avista possível "jogo de sombras" do disco em torno de um buraco negro

Algumas das vistas mais deslumbrantes do nosso céu ocorrem ao pôr-do-Sol, quando a luz do Sol penetra nas nuvens, criando uma mistura de raios brilhantes e escuros formados pelas sombras das nuvens e pelos feixes …

No Japão, houve mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 no ano todo

No mês de outubro, o número de suicídios no Japão foi superior ao número de mortes por covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com os dados do governo, foram registados 2153 suicídios no …

YouTube cria o primeiro videoclipe "infinito" de sempre. Reúne todas as versões de "Bad Guy" de Billie Eilish

"Bad Guy" de Billie Eilish tornou-se o primeiro vídeo de música infinito de sempre. Celebrando o facto de ter atingido a marca de mil milhões de visualizações, a artista juntou-se ao YouTube e criou uma …

Marítimo 1 - 2 Benfica | Águia faz terapia no “divã” de Pizzi

Após duas derrotas consecutivas para o campeonato (contra o Boavista e o Braga), o Benfica regressou às vitórias, na visita ao Marítimo, por 2-1. Um resultado que não disfarça as dificuldades e a intranquilidade que …

A Coreia do Sul vai ter táxis aéreos. Serão usados em serviços de emergência e turismo

A empresa chinesa de mobilidade aérea EHang concluiu três voos de teste na Coreia do Sul para demonstrar o seu novo transporte de passageiros. Trata-se de um táxi aéreo com capacidade de resposta de emergência …

Tartarugas marinhas transportadas para a Flórida depois de sofrerem reação hipotérmica

Quarenta tartarugas marinhas em vias de extinção foram transportadas para a Florida, nos Estados Unidos, depois de sofrerem uma reação de hipotermia na costa de Massachusetts. Quando as tartarugas marinhas são expostas à água fria por …