Alfa Pendular esteve em risco de descarrilar. CP investiga avaria

Um Alfa Pendular que fazia o trajeto entre Lisboa e Braga acabou por não cumprir a viagem no dia 11 de setembro devido a uma avaria que poderia ter resultado num descarrilamento. As causas estão a ser investigadas.

No dia 11 de setembro, um Alfa Pendular que seguia de Lisboa para Braga acabou por não chegar ao seu destino devido a uma avaria grave num dos rodados que poderia ter resultado num descarrilamento.

De acordo com a edição desta terça-feira do jornal Público, o rolamento da caixa de eixos gripou e o veio de transmissão no qual assentam as rodas fundiu, ou seja, foi por pouco que não se partiu. Se tal tivesse acontecido, o comboio poderia ter descarrilado.

Segundo explica o diário, o incidente aconteceu ao nível dos rodados que começaram por incandescer, tendo sido necessário interromper a viagem em Campanhã. O que começou com fumo nos rodados poderia ter acabado num descarrilamento. Os passageiros foram encaminhados para outro comboio e o Alfa recolheu às oficinas de Contumil.

Para já, ainda não se sabe se a causa está relacionada com eventuais falhas de manutenção ou por motivos excecionais que não se podem prever, mas a CP e o GPIAAF (Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes Aéreos e Ferroviários) já abriram um inquérito para as apurar.

Questionado pelo Público, Pedro Conceição, engenheiro especialista em manutenção ferroviária, diz que “um rolamento gripar é um fenómeno que pode acontecer a qualquer momento, mesmo quando a manutenção é perfeita e até pode acontecer com rolamentos novos… basta que tenham um defeito de fabrico ou sido sujeitos a mau manuseamento”.

Os sistemas de deteção de caixas quentes que estão colocados ao longo da via férrea e que identificam aumentos de temperatura dos rodados, aquando da passagem dos comboios, poderiam muito bem prever estes incidente. No entanto, em Portugal, estes equipamentos da responsabilidade do gestor da infra-estrutura (Infraestruturas de Portugal), estão desativados.

“Ao contrário dos comboios mais recentes, o Alfa Pendular que é uma tecnologia dos anos 90, não tem nenhum sistema de deteção de temperatura anómala que permita dar o alerta para um problema deste tipo. Já o material mais recente tem sensores de medição do ABS do comboio que já têm embebidos o sistema de deteção de caixas quentes. Mas os pendulares não”, referiu o especialista.

Contactadas pelo jornal, fontes da EMEF, que pediram o anonimato, reconhecem que há já vários anos que a logística da empresa não consegue responder às solicitações de peças e que a sua falta é transversal a todas as oficinas da empresa. Além disso, as equipas trabalham sob forte pressão para libertar rapidamente os comboios imobilizados, o que pode motivar decisões erradas.

Questionada sobre que medidas foram tomadas para verificar se havia riscos na restante frota dos pendulares, a CP respondeu apenas que “o Alfa Pendular é objeto de rigorosa manutenção por parte da EMEF, de acordo com os mais elevados padrões de qualidade, em particular no que diz respeito à segurança da circulação”.

Já a IP refere que “o sistema de deteção de caixas quentes é complementar/auxiliar de segurança do sistema ferroviário, estando em curso um processo para instalação de novos equipamentos com tecnologia compatível com a realidade atual e que abranja a totalidade da rede ferroviária nacional”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estão à espera de um acidente grave para tomarem medidas depois! Empresa mal gerida ao longo dos anos e com muitas sanguessugas chegou a este ponto acabando por nos sugar também.

RESPONDER

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …