Encontrado no Alentejo anfiteatro romano da antiga Lusitânia

Museo Romano / Twitter

O anfiteatro romano encontrado em Ammaia, no Marvão

O quinto anfiteatro romano conhecido na província da Lusitânia foi identificado por arqueólogos na cidade romana de Ammaia, no concelho de Marvão, no Alto Alentejo.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a Câmara de Marvão, distrito de Portalegre, refere que, durante a atual campanha de escavações arqueológicas, “foi possível confirmar a existência de um novo edifício público” na cidade, um anfiteatro.

A confirmação “é de particular relevância, porque se trata do quinto anfiteatro romano conhecido em toda a província da Lusitânia”, depois dos descobertos em Mérida (Espanha), Conímbriga (Coimbra), Bobadela (Oliveira do Hospital) e Caparra (Cáceres, Espanha), frisa o município.

Segundo a autarquia, o edifício do anfiteatro da cidade romana de Ammaia, do qual já “se pôde identificar uma das portas e parte da estrutura de assentamento das bancadas”, tem “uma estrutura com cerca de 60 metros de comprimento no seu eixo maior”.

A confirmação foi feita durante a campanha de escavações arqueológicas que decorre desde junho e até final deste mês na cidade romana, no âmbito do projeto internacional “Lusitânia: Investigação e Projeto Arqueológico na Cidade Romana de Ammaia”.

O projeto, que decorre pelo segundo ano consecutivo, resulta de uma colaboração entre a Fundação Cidade de Ammaia, a Universidade de Lisboa e a Fundación de Estudios Romanos e o Museo Nacional de Arte Romano, situados em Mérida, e tem o apoio da Câmara de Marvão.

Este ano, o objetivo era a exploração e a ampliação dos trabalhos nos espaços públicos da cidade romana de Ammaia e, por um lado, “deu-se continuidade aos trabalhos no fórum, alargando-se o conhecimento desta estrutura e das suas diferentes fases”.

“Por outro lado, na área onde se presumia a localização de edifícios lúdicos da cidade, foram previamente realizadas prospeções geofísicas, com a colaboração do Instituto de Arqueologia de Mérida”, explica o município.

A cidade romana de Ammaia, classificada como Monumento Nacional em 1949, é o mais importante vestígio da sua época existente no norte alentejano e situa-se em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede. A zona central da cidade é constituída pela Quinta do Deão e pela Tapada da Aramenha e tem uma área de cerca de 25 hectares.

As ruínas da cidade estiveram abandonadas até finais de 1994, quando começaram as primeiras escavações arqueológicas sistemáticas. Três anos depois, a Fundação Cidade de Ammaia assumiu os trabalhos de estudo, escavação e de preservação do que resta da antiga cidade romana.

No espaço, estão instalados um museu e um laboratório de conservação e restauro, que foi criado para conservar e salvaguardar os bens arqueológicos da cidade. O laboratório funciona também como local de trabalho para investigadores que estão a estudar os materiais arqueológicos da cidade romana de Ammaia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …