Ajustes diretos no Hospital das Forças Armadas podem levar altas patentes a tribunal

EMGFA

A Coronel Regina Mateus, diretora do Hospital das Forças Armadas

Altas patentes do exército arriscam ir a tribunal por ajustes diretos e má gestão no Hospital das Forças Armadas. A situação foi denunciada numa auditoria do Tribunal de Contas.

Uma auditoria do Tribunal de Contas revelou uma cenário caótico na gestão do Hospital das Forças Armadas (HFAR). Falta de pessoal, chefias sem competências adequadas para as funções, desorganização na gestão, amadorismo na contabilidade, irregularidades em aquisições e milhões por contabilizar são algumas das críticas apontadas, noticia o semanário Expresso.

O Tribunal de Contas conclui que a administração do hospital “não tem exercido todas as competências de gestão e de controlo interno legalmente exigidas”. O estado da situação pode mesmo levar a que altas patentes arrisquem ser julgadas em tribunal.

Segundo o Público, em causa estão Regina Mateus, a única mulher general em Portugal, que esteve à frente do Hospital das Forças Armadas, e o seu antecessor, o brigadeiro-general António Lopes Tomé.

O jornal admite a possibilidade de ambos virem a ser multados, nomeadamente devido à contratação de pessoal médico por ajuste direto, entre 2016 e 2019. É também visada a contratação de serviços de apoio à gestão administrativa, naquilo que o Tribunal de Contas considera ter sido uma “aparência de legalidade”.

Isto porque duas das empresas convidadas pelas Forças Armadas a apresentar proposta “tinham um administrador comum e o mesmo representante legal”. O Tribunal de Contas também admite a possibilidade de ter havido concertação entre as duas empresas, por apresentarem “aspetos coincidentes”.

António Lopes Tomé argumenta que eventuais irregularidades são justificadas por “graves dificuldades de gestão” e não por negligência. O tribunal parece confirmar esta alegação, revelando ainda falta de preparação da estrutura hierárquica e funcional para a dinâmica diária de um hospital. Ainda assim, o Tribunal de Contas tem as suas dúvidas.

“Apesar de se reconhecer que as circunstâncias evocadas constituíram e constituem condicionantes à gestão, podendo contribuir como atenuantes na avaliação do grau de culpa e, caso seja instaurado processo de julgamento de responsabilidades financeiras, influir na graduação da multa, o tribunal entende que as mesmas não afastam a censurabilidade da conduta destes responsáveis“, lê-se no relatório da auditoria.

  ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Sendo o “Hospital das Forças Armadas” uma Instituição onde as despesas são suportas pelo Estado, deve ser igual a qualquer Entidade Pública, com a maior transparência e sem favores aos amigos, claro.

  2. TÊM Medo do CORONAVIRUS, POIS DEVIAM ´É TER MEDO DESTE GOVERNO , esse sim é muito contagioso e protege os corruptos…e os ladões do povo.
    Portugal é um dos países mais rico da Europa em tudo, mas está minado de corruptos e bandidos que roubam o povo e assim vai Portugal…
    Hoje não se faz revolução dado que os oficiais das Forças Armada, têm bons vencimentos, boas reformas chrudas e muitas mordomias.
    Crechem nas carreiras até parece uma maternidade, cada vez há mais GENERAIS já vão nos 200 temos mais Generais que os Estados Unidos da América e Europa.Aqui se vê alguns….
    No meu tempo quando fui mobilizado para a Guiné havia 5 GENERAIS E HOJE??????

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …