Cientistas descobrem água líquida e sólida ao mesmo tempo

gnackgnackgnack / Flickr

Água superiónica: descoberta água líquida e sólida

Água superiónica: descoberta água líquida e sólida

Quando somos crianças uma das primeiras coisas que aprendemos na escola são os estados físicos da água: sólido, líquido e gasoso. Podemos passar a vida toda com esta certeza, mas, por mais incrível que possa parecer, não é bem assim…

Em junho do ano passado, uma equipa de investigadores suecos tinha já descoberto que a baixas temperaturas, a água pode apresentar-se sob a forma de dois líquidos diferentes.

Este mês, cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na Califórnia, publicaram na revista Nature um estudo que detalha a recente descoberta da água superiónica – uma forma de água simultaneamente sólida e líquida, prevista por físicos teóricos há trinta anos e só agora observada de forma real.

Para entender do que se trata, é preciso começar pelo básico: a água é formada por dois átomos de hidrogénio e um de oxigénio – daí a famosa fórmula H2O. Normalmente os átomos agrupam-se num formato de V, com o átomo de oxigénio a ligar-se aos dois de hidrogénio.

O gelo comum, que conhecemos e usamos no dia a dia, é conhecido como 1H, e as moléculas de H2O agrupam-se no formato de hexágonos. Mas há outras formas, que se estruturam de maneiras diferentes, dependendo da temperatura e da pressão do momento do congelamento. Os cientistas conhecem pelo menos doze.

Os cientistas do Lawrence Livermore usaram dois pedaços de diamante para comprimir uma certa quantidade de água, numa pressão de 25 mil quilogramas-força por centímetro quadrado, criando o gelo VII, cerca de 60% mais denso que a água comum e sólido à temperatura ambiente.

Depois disso, utilizaram luz laser para provocar ondas de choque no gelo, elevando a sua temperatura em milhares de graus centígrados e exercendo uma pressão de mais de um milhão de vezes a da atmosfera da Terra.  O gelo superiónico tornou-se líquido a uma temperatura de 4.700 graus Celsius.

Os cientistas acreditam que essa formação de gelo pode estar presente em diferentes planetas no Sistema Solar e fora dele, incluindo Neptuno e Úrano.

É possível que esta descoberta ajude inclusive a explicar o comportamento do campo magnético desses planetas, cujas atmosferas têm constantes chuvas de diamantes.

ZAP // Hypeness / NYTimes

PARTILHAR

RESPONDER

Famílias numerosas queixam-se de disparidades no preço da água consumida

A Associação Portuguesa das Famílias Numerosas queixou-se da diferença no preço da água consumida consoante o município onde se vive e o número de pessoas do agregado familiar. Na quarta edição do estudo sobre a água …

Costa condiciona extensão do Brexit para além de 23 de maio à aprovação do acordo

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu esta quinta-feira que uma extensão do Brexit para além de 23 de maio implica a ratificação do Acordo de Saída pelo Parlamento britânico ou a realização de eleições europeias no …

Ter avós, tios ou primos com Alzheimer influencia risco de desenvolver a doença

Ter avós, tios ou primos com Alzheimer aumenta a probabilidade de desenvolver a doença, concluiu um estudo recente que avaliou a história familiar de mais de 280 mil pessoas. Na última década, vários estudos indicaram a …

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou a nova lei da paridade (mas com alguns parêntesis)

O Presidente da República promulgou a nova Lei da Paridade. A lei estabelece que as listas para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e para as autarquias locais têm de assegurar a representação …

Cientistas descobrem o que provocou três eras glaciais na Terra

Cientistas estadunidenses calcularam que um evento geológico repetido deu origem às três últimas eras glaciais no nosso planeta, a última das quais ainda mantém o seu gelo nas regiões polares. Segundo a revista Science, a responsável …

A Terra pode guardar um Oumuamua no seu interior

Uma parte da terra que pisamos poderia vir, literalmente, de outras regiões da galáxia - áreas muito distantes do local onde o planeta está localizado e que para chegar até aqui teriam que viajar anos-luz …

Há um planeta mais próximo da Terra do que Vénus

A partir do Sol, a ordem dos primeiros planetas começa com Mercúrio, depois Vénus e depois a Terra. Então, Vénus é o planeta mais próximo do nosso? A resposta é: depende. Uma equipa de cientistas acaba …

O fim das consolas está à vista. Google lança serviço de videojogos na "nuvem"

A Google apresentou o seu novo serviço de jogos na "nuvem", Stadia, na Game Developers Conference (GDC), em São Francisco. O serviço não precisa de nenhuma consola e pode ser jogado em qualquer plataforma. O CEO …

Câmaras escondidas em hotéis filmavam hóspedes sem consentimento

O escândalo foi revelado na Coreia do Sul, onde dois homens foram presos por esconder câmaras em hotéis, que transmitiam as imagens em direto para um site, onde havia quem pagasse dinheiro para ver as …

Mesquita Nunes quer ser feliz (e que haja espaço nos partidos para quem tem vida profissional)

Adolfo Mesquita Nunes defende que "tem de haver espaço nos partidos para quem tem vida profissional". O antigo vice-presidente do CDS/PP apresentou a sua demissão do partido para assumir funções na administração da Galp. "Tem a …