Agência que levou estudante a Pyongyang não aceita mais turistas americanos

(dv) KNS / KCNA

O estudante norte-americano Otto Warmbier, de 22 anos, detido em 2016 pela Coreia do Norte

O estudante norte-americano Otto Warmbier, de 22 anos, detido em 2016 pela Coreia do Norte

A agência de viagens que organizou a visita à Coreia do Norte de Otto Warmbier, estudante norte-americano que morreu depois de ter sido libertado em coma, afirmou que não incluirá mais cidadãos dos Estados Unidos nas suas visitas.

Numa mensagem difundida através do Facebook, a Young Pioneer Tours afirma que a morte do jovem de 22 anos demonstra que o risco de os turistas norte-americanos visitarem o país “tornou-se demasiado alto”.

“Continua a quase não existir qualquer informação sobre o período em que esteve detido”, afirmou a empresa. “Tendo em conta estes factos e o desfecho trágico, não iremos mais organizar visitas para cidadãos norte-americanos à Coreia do Norte”, acrescentou.

Otto Warmbier morreu esta segunda-feira, dias depois de ter sido libertado pelas autoridades norte-coreanas, que o condenaram, em março de 2016, a 15 anos de trabalhos forçados por “crimes contra o Estado” da Coreia do Norte.

O estudante de Economia da Universidade da Virgínia foi detido por tentar roubar um cartaz de propaganda política do hotel onde estava hospedado, em Pyongyang, acusado de “atividades hostis” e conspiração contra a unidade da Coreia do Norte.

A agência de viagens disse que lhe foi negada qualquer oportunidade para se encontrar com Warmbier, depois de ter sido detido, e que a forma como as autoridades trataram o seu caso “foi chocante”.

Com sede na cidade chinesa de Xi’an, a Young Pioneer Tours é uma das raras agências de viagem especializadas em organizar visitas à Coreia do Norte.

Outras agências conhecidas por organizar visitas ao país, incluindo a Koryo Tours, que foi fundada por expatriados ingleses em Pequim, e a Uri Tours, que tem escritórios em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e Xangai, disseram esta semana que estão a “rever” as suas políticas para cidadãos norte-americanos.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, já sugeriu impor uma interdição a todos os cidadãos de visitar o país.

A China, o mais importante aliado internacional do regime de Kim Jong-un, é de longe o maior emissor de turistas para a Coreia do Norte.

Warmbier estava entre os cinco mil não chineses que visitam a Coreia do Norte todos os anos, em programas que incluem Pyongyang, a zona desmilitarizada entre as duas Coreias ou a montanha de Myohyang, além de outras cidades.

A agência organiza ainda viagens ao Irão, Turquemenistão e Chernobyl, na Ucrânia, onde ocorreu um desastre nuclear, em 1986.

Três outros norte-americanos continuam detidos na Coreia do Norte, acusados de crimes contra o regime de Pyongyang.

O Governo norte-americano diz que a Coreia do Norte usa os detidos como reféns políticos.

Pyongyang acusa Washington e Seul de enviar espiões para derrubar o seu Governo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um aumento de 2 euros por mês para quem ganha mil. Proposta do Governo revolta a Função Pública

O aumento salarial de 0,3% proposto pelo Governo para a Função Pública em 2020, vai garantir um acréscimo líquido anual de 26,25 euros para um trabalhador que ganhe cerca de mil euros por mês, segundo …

Tribunal ordena ao Facebook que reative conta de partido neofascista italiano

Um tribunal de Roma ordenou que o Facebook reativasse a conta do partido italiano neofascista CasaPound, obrigando ainda a rede social a pagar 800 euros por cada dia que a conta esteve desativada. De acordo com …

Franceses não dão tréguas. Greves podem durar até ao Natal

As mobilizações em França contra a reforma dos sistema de pensões, que paralisam vários setores mas sobretudo os transportes públicos, entraram no seu nono dia esta sexta-feira e podem continuar até ao Natal. Os sindicatos de …

Treinadores portugueses dominam provas europeias. Vão 9 a sorteio

Nove treinadores portugueses vão continuar das provas europeias, que incluem a Liga Europa e a Liga dos Campeões. Ao todo, seguem nas competições 48 clubes, que vão ver o seu futuro decidido no sorteio da …

Aumentos da Função Pública. Frente Comum abandona negociações com o Governo (e já pensa em formas de luta)

A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública abandonou as negociações com o Governo sobre as medidas a incluir no próximo Orçamento do Estado, indignada com os aumentos salariais de 0,3% propostos pelo Executivo. Segundo relatou …

Alphonso Davies. De refugiado no Gana a um dos maiores prodígios da Baviera

Alphonso Davies é um dos maiores talentos do futebol mundial na atualidade. O jogador nasceu num campo de refugiados no Gana e brilha agora nos relvados de Munique. Nascido já no novo milénio, Alphonso Davies é …

Bruxelas deverá aceitar redução do IVA da luz por escalões de consumo

A intenção do Governo de aplicar uma redução do IVA da eletricidade por escalões de consumo deverá ter o aval da Comissão Europeia. A notícia é avançado pelo Jornal de Negócios, que recorda que, em abril, …

Diretora da RTP boicotou investigação do "Sexta às 9" a instituto onde deu aulas

A diretora da RTP Maria Flor Pedroso confessou ter informado a diretora de uma instituição de ensino sobre uma investigação que estava a ser feita pela equipa do programa "Sexta às 9". Há uma nova polémica …

Bruno Lage renova com o Benfica até 2024

O treinador do Benfica, Bruno Lage, renovou o contrato até 2024, anunciou hoje o clube campeão português de futebol, no seu site oficial. Bruno Lage, de 43 anos, assumiu o comando da equipa principal do Benfica …

Autonomia para a contratação nos hospitais continua a depender de Centeno

Os hospitais já não precisam de autorização do Ministério das Finanças para substituir os profissionais de saúde. Porém, se quiserem ter total autonomia, continuam a precisar da aprovação do ministério tutelado por Mário Centeno. Na quarta-feira, …