Afinal, o Tigre-da-Tasmânia pode não estar extinto

Westell, William Percival, 1874-1937

Exemplar jovem de um tigre-da-Tasmânia em 1910.

Exemplar jovem de um tigre-da-Tasmânia em 1910.

Após vários “avistamentos” do famoso Tigre-da-Tasmânia, que se acredita estar extinto há mais de 80 anos, uma equipa de cientistas australianos quer desfazer as dúvidas e vai à caça deste marsupial carnívoro com “armadilhas de câmaras” de alta tecnologia.

Estes investigadores da Universidade James Cook (JCU), na Austrália, anunciaram ao mundo uma expedição científica em busca do Tigre-da-Tasmânia ou Lobo-da-Tasmânia, como é também conhecido este animal marsupial que se acredita estar extinto desde os anos de 1930.

A extinção destes predadores com cabeça de lobo e corpo riscado como os tigres é atribuída aos colonos europeus que ajudaram a povoar a Austrália. O último espécimen conhecido, baptizado como Benjamin, terá morrido num Zoo, na ilha da Tasmânia, em 1936.

Mas as últimas imagens confirmadas de um Tigre-da-Tasmânia são de um vídeo filmado em 1933, num Jardim Zoológico australiano.

Nos últimos anos, vários australianos têm garantido ter visto Tigres-da-Tasmânia e os cientistas da JCU estão a dar credibilidade a alguns desses relatos, acreditando que estes marsupiais carnívoros podem ter sobrevivido numa pequena área selvagem isolada.

Assim, vão concentrar a sua pesquisa na Península de Cape York, no norte do estado australiano de Queensland, distribuindo mais de 50 “armadilhas de câmara” de alta tecnologia, para tentar captar um Tigre-da-Tasmânia.

O professor Bill Laurance, um dos investigadores envolvidos na pesquisa, refere, num comunicado divulgado pela JCU, que há, pelo menos, duas pessoas que apontaram “descrições plausíveis e detalhadas“.

“Um destes observadores foi um trabalhador de longa duração do Serviço Nacional de Parques de Queensland e o outro acampava frequentemente no norte de Queensland”, aponta Laurance.

O guarda florestal australiano Patrick Shears refere ao jornal britânico The Telegraph que há também, “avistamentos” em zonas habitadas por aborígenes que chamam a estes animais “o ‘tigre do luar'”, por alegadamente, só ter sido visto de noite.

Shears, que terá também visto um destes possíveis Tigres-da-Tasmânia, garante que são animais “curiosos”. “Se não te mexeres e não fizeres barulho, eles aproximam-se até uma distância razoável, para te observar e depois, vão-se embora a trote”, salienta.

Em 2016, foi divulgado um vídeo na Internet com um destes potenciais “avistamentos”, num jardim australiano, mas onde as imagens não permitem desfazer as dúvidas.

Os investigadores da JCU esperam agora, de uma vez por todas, esclarecer se afinal, os Tigres-da-Tasmânia estão ou não extintos.

A pesquisa de campo na zona de Queensland vai arrancar neste mês de Abril e os cientistas estão a tratar o assunto com “estrita confidencialidade”, conforme atesta a JCU, frisando que não pretende divulgar os locais onde vão andar “à caça” dos animais. Isto para proteger o seu potencial habitat, bem como o de outras espécies da zona.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Scolari segunda opção? É melhor ver isso do que ser cego"

Frase do treinador Lisca, que deu "muita risada" quando ouviu essa possibilidade. Lisca recusou 14 propostas para mudar de clube, no ano passado. O Cruzeiro andou à procura de treinador, tentou várias direções, mas foi ouvindo …

Covid-19 só explica 27,5% do acréscimo de mortalidade

As mortes por covid-19 em Portugal entre 02 de março e 18 de outubro representam apenas 27,5% do acréscimo da mortalidade registado relativamente à média dos últimos cinco anos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional …

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …