Afinal a mega-estrutura extra-terrestre não são cometas – e não tem explicação

NASA

Conceito artístico do aspecto de uma estrela vista atrás de um cometa fragmentado; observações sugerem que esse seja o motivo dos misteriosos padrões de luz da estrela KIC 8462852

Conceito artístico do aspecto de uma estrela vista atrás de um cometa fragmentado; observações sugerem que esse seja o motivo dos misteriosos padrões de luz da estrela KIC 8462852

No ano passado,um astrónomo chamou a atenção da comunidade científica ao afirmar que uma das estrelas observadas pelo Kepler podia conter mega-estruturas extraterrestres à sua volta – um estranho caso que acabou de ficar ainda mais estranho ao excluir-se, recentemente, uma nuvem de cometas do conjunto de possíveis razões. 

Conhecida como KIC 8462852, a estrela tem desconcertado os astrónomos nos últimos meses depois de uma equipa de investigadores notar que as grandes quedas na curva da sua luz não faziam sentido no contexto dos planetas. As explicações variaram desde uma nuvem de cometas que orbitam até mega-estruturas alienígenas.

Os primeiros sinais desse exotismo espacial vieram do telescópio espacial Kepler – o “caça-planetas” da NASA -, que observou essa região do céu continuamente entre 2009 e 2013.

A maioria das estrelas que albergam planetas têm quebras de luminosidade pequenas e regulares quando os seus planetas passam à sua frente. No entanto, a KIC 8462852 piscou erraticamente ao longo destes quatro anos – um comportamento estelar bastante incomum, e que não pode ser explicado pelo trânsito de um planeta.

Alguns astrónomos propuseram que a KIC 84628532 poderia estar no meio de um enxame de cometas, mas o astrónomo Jason Wright, da universidade Penn State, sugeriu que a estranha distorção da estrela poderia ser resultado de um projeto de construção gigante alienígena – algo como uma esfera de Dyson.

Infelizmente, duas pesquisas independentes que poderiam indicar uma sociedade tecnológica, por sinais de rádio e feixes de laser, não deram em nada.

Agora, uma análise de observações históricas revelou que a estrela escureceu cerca de 20% ao longo do século passado. De acordo com um estudo lançado no arXiv, a hipótese do cometa também não bate com os dados, e o mistério da KIC 84628532 aprofundou-se consideravelmente.

O astrónomo Bradley Schaefer, da Universidade do Estado de Louisiana, decidiu observar placas fotográficas do céu datadas do fim do século XIX. Para sua surpresa, Schaefer descobriu que ao longo dos últimos 100 anos a emissão de luz da estrela caiu constantemente cerca de 19% – algo que é “completamente sem precedentes para qualquer estrela tipo F”.

“Isto apresenta alguns problemas para a hipótese dos cometas“, disse à New Scientist Tabetha Boyahian, investigadora da equipa que descobriu a estrela. “Precisamos de mais dados através de observação contínua para descobrir o que está a acontecer”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …

Ministros das Finanças e da Justiça britânicos demitem-se se Boris Johnson for primeiro-ministro

O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, disse este domingo à BBC que se demite se o candidato à liderança do Partido Conservador Boris Johnson se tornar primeiro-ministro, por se opor a um Brexit sem …