Afinal a mega-estrutura extra-terrestre não são cometas – e não tem explicação

NASA

Conceito artístico do aspecto de uma estrela vista atrás de um cometa fragmentado; observações sugerem que esse seja o motivo dos misteriosos padrões de luz da estrela KIC 8462852

Conceito artístico do aspecto de uma estrela vista atrás de um cometa fragmentado; observações sugerem que esse seja o motivo dos misteriosos padrões de luz da estrela KIC 8462852

No ano passado,um astrónomo chamou a atenção da comunidade científica ao afirmar que uma das estrelas observadas pelo Kepler podia conter mega-estruturas extraterrestres à sua volta – um estranho caso que acabou de ficar ainda mais estranho ao excluir-se, recentemente, uma nuvem de cometas do conjunto de possíveis razões. 

Conhecida como KIC 8462852, a estrela tem desconcertado os astrónomos nos últimos meses depois de uma equipa de investigadores notar que as grandes quedas na curva da sua luz não faziam sentido no contexto dos planetas. As explicações variaram desde uma nuvem de cometas que orbitam até mega-estruturas alienígenas.

Os primeiros sinais desse exotismo espacial vieram do telescópio espacial Kepler – o “caça-planetas” da NASA -, que observou essa região do céu continuamente entre 2009 e 2013.

A maioria das estrelas que albergam planetas têm quebras de luminosidade pequenas e regulares quando os seus planetas passam à sua frente. No entanto, a KIC 8462852 piscou erraticamente ao longo destes quatro anos – um comportamento estelar bastante incomum, e que não pode ser explicado pelo trânsito de um planeta.

Alguns astrónomos propuseram que a KIC 84628532 poderia estar no meio de um enxame de cometas, mas o astrónomo Jason Wright, da universidade Penn State, sugeriu que a estranha distorção da estrela poderia ser resultado de um projeto de construção gigante alienígena – algo como uma esfera de Dyson.

Infelizmente, duas pesquisas independentes que poderiam indicar uma sociedade tecnológica, por sinais de rádio e feixes de laser, não deram em nada.

Agora, uma análise de observações históricas revelou que a estrela escureceu cerca de 20% ao longo do século passado. De acordo com um estudo lançado no arXiv, a hipótese do cometa também não bate com os dados, e o mistério da KIC 84628532 aprofundou-se consideravelmente.

O astrónomo Bradley Schaefer, da Universidade do Estado de Louisiana, decidiu observar placas fotográficas do céu datadas do fim do século XIX. Para sua surpresa, Schaefer descobriu que ao longo dos últimos 100 anos a emissão de luz da estrela caiu constantemente cerca de 19% – algo que é “completamente sem precedentes para qualquer estrela tipo F”.

“Isto apresenta alguns problemas para a hipótese dos cometas“, disse à New Scientist Tabetha Boyahian, investigadora da equipa que descobriu a estrela. “Precisamos de mais dados através de observação contínua para descobrir o que está a acontecer”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Vacina da Johnson & Johnson chega esta semana. Portugal recebe 30 mil vacinas na quarta-feira

As primeiras 30 mil vacinas da Janssen, do grupo Johnson & Johnson, vão chegar a Portugal na próxima quarta-feira. Portugal vai receber, já na próxima quarta-feira, o primeiro lote de 30 mil vacinas da Janssen. No …

Reembolsos do IRS já começaram a ser processados (e chegam “a meio desta semana”)

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a processar os primeiros reembolsos do IRS e o valor deverá chegar à conta dos contribuintes a meio desta semana, avançou à Lusa o secretário de Estado …

Todos os anos, caem mais de 5 mil toneladas de poeira extraterrestre na Terra

A Terra está constantemente sob uma chuva de poeira espacial. Após duas décadas de recolha de material na Antártida, uma equipa de cientistas conseguiu quantificá-la: caem cerca de 5.200 toneladas de micrometeoritos a cada ano. Os …

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …