/

Afinal, o abraço das Duas Donzelas de Pompeia pode ter sido dado entre dois homens

9

O abraço entre dois corpos petrificados, conhecidos como “As Duas Donzelas”, é uma imagem icónica da destruição trágica de Pompeia, cidade que, em 79 d.C., foi arrasada pelas cinzas depois de uma erupção do Vesúvio.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Tal como sugere o nome pelo qual ficaram conhecidos, os arqueólogos inicialmente assumiram que os corpos eram de mulheres. Porém, novas investigações indicam que, na verdade, se tratam de dois homens.

“Pompeia nunca deixa de nos surpreender”, afirmou Massimo Osanna, diretor-geral do famoso local arqueológico, situado perto de Nápoles, ao The Telegraph. “Sempre pensámos que se tratava de um abraço entre duas mulheres mas a tomografia computorizada e a análise de ADN revelaram que são homens”, explica.

O facto de serem dois homens levanta a hipótese de os dois serem homossexuais mas, tal como declara o responsável ao jornal, isso será sempre uma coisa difícil de saber. “Não podemos dizer com certeza que os dois eram amantes. Considerando a posição em que estavam, podemos levantar essa hipótese mas é difícil dizer”.

Os testes científicos realizados aos dentes e restos dos esqueletos revelaram que um deles teria 18 anos e o outro provavelmente seria um homem com 20 anos ou mais.

Apesar de ser impossível determinar o elo de ligação que os unia, os investigadores sabem dizer com certeza que não eram pai e filho ou irmãos. Fica então em aberto a hipótese de poderem ser parentes mais distantes, amigos ou até mesmo amantes.

“Estamos a falar de hipóteses que nunca vamos conseguir confirmar”, diz o professor Stefano Vanacore, responsável pela equipa de investigadores de Pompeia, ao jornal.

  ZAP // HypeScience

9 Comments

  1. É claro que eram dois homens, e casados,…! Ao que se imagina e existem fortes indicios, um deles estava grávido. Há ainda quem diga,.. que estavam os dois. Mas isso não se sabe ainda bem. Há duas arqueólogas a verificar e a estudar tambem este caso.
    Pompeia era muito evoluída. Vivia-se muito bem no campo do amor. Era uma sociedade muito precoce onde os homens não precisavam das mulheres e elas tambem não deles. Foi um casal de arqueólogos super evoluídos ( também casados) que fizeram a descoberta.

    • “Pane…” és tu. Diz-se homossexual!
      E sim, sempre houve homossexuais. O que nem sempre houve foi homofóbicos. Aliás, a homossexualidade está presente no reino animal, porém só na espécie humana, que supostamente é a mais evoluída ou a criação mais perfeita de deus, é a única que é preconceituosa…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.