ADSE não abdica dos 38 milhões de euros exigidos aos privados

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, adiantou que as negociações com os privados vão começar em breve, mas garante que a entidade não abdica dos 38 milhões de euros pedidos aos grupos privados.

“Com os prestadores de saúde seja uma relação correta, mas uma relação de facto que nos respeite pela lei e pelas convenções e também uma relação que leve a preços justos garantidos, e não uma prática de cada um poder praticar os preços que entende”, afirmou o presidente do conselho geral da ADSE em declarações aos jornalistas.

Questionado sobre se a ADSE está disposta a abdicar dos 38 milhões de euros exigidos aos privados, João Proença foi perentório: “Não, respeito pela lei e pelas convenções. Reitero: respeito pela lei e pelas convenções”.

Em declarações ao Correio da Manhã, Eugénio Rosa, que integra a direção da ADSE, frisou também que a entidade não está disposta a abdicar do valor exigido aos hospitais privados.

Está fora de questão abdicar da exigência de 38 milhões que os privados devem à ADSE por excesso de faturação. Está nas regras, não podemos abdicar”, revelou Eugénio Rosa, adiantando que, na sua opinião, “o Governo não deve mediar diferendo” com os privados.

“A partir do fim do mês”, tal como apontou Eugénio Rosa, o subsistema de saúde dos trabalhadores da Função Pública, vai começar a reunir com os prestadores privados de saúde para resolver o braço de ferro com os hospitais privados e aprovar novas tabelas.

Março deverá ser o mês em que ADSE e privados vão discutir tabelas de preços, depois de 4 grupos de saúde terem anunciado a intenção de romper o acordo. No total, serão já 69 as unidades de saúde que ameaçam sair, entre as quais o grupo CUF e a Luz Saúde.

Face ao braço de ferro, o Grupo José de Mello Saúde vai avançar com preços especiais para a ADSE, de forma a evitar que os beneficiários abandonem os hospitais da CUF.

Esta terça-feira, a ministra da Saúde, Marta Temido, reuniu-se com o Conselho Geral e de Supervisão da ADSE e ouviu as preocupações. No final, Marta Temido afirmou ter “boas expectativa de que em resultado da negociação este processo [de suspensão das convenções] não seja necessário”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …

Encontro secreto de bispos críticos do Papa Francisco em resort de luxo em Sintra

Uma centena de bispos de todo o mundo reuniu-se em Sintra, no resort de luxo Penha Longa, num encontro envolvido em secretismo que não contou com intervenientes portugueses. As razões ou o que se discutiu …

Quim Torra perde mandato de deputado. Catalunha arrisca ficar sem Governo

O presidente independentista da Catalunha perdeu o seu mandato como deputado regional, esta segunda-feira, o que levanta dúvidas sobre a sua continuação à frente do Governo regional. Quim Torra, do partido Juntos pela Catalunha de Carles …