Adolescentes, redes sociais e sexo: uma mistura explosiva que piorou com a pandemia

A pandemia agravou a situação de isolamento do ser humano, que é social por natureza. Desta forma as pessoas tiveram de recorrer ao uso massivo das redes sociais e da internet para se conseguirem manter ativas no que diz respeito à socialização com o outro.

Embora isto pareça positivo, as tecnologias trazem riscos que podem afetar seriamente os indíviduos. Um estudo, ainda não publicado, e realizado durante a quarentena por investigadores da Universidade Internacional de Valência, indica que 26,5% dos jovens inquiridos ​​enviaram fotos sensuais através das redes sociais para terceiros.

A pesquisa concluiu que 35,7% já consumiu pornografia pela internet. Para além disso, 28,6% dos inquiridos revelou ter no seu telemóvel aplicações de encontros, especificamente, durante o período de isolamento. Os especialistas sugerem cautela na hora de executar estas práticas.

Christian Moreno Lara e Laura Carrascosa Iranzo defendem que antes de usar as redes sociais em contexto de intimidade, é preciso saber como é que o uso destas não acarreta riscos por. Segundo os especialistas, hoje em dia os os adolescentes interagem cada vez mais com os parceiros através da tecnologia, principalmente no meio desta situação de crise que o mundo vive.

Os professores da Universidade Internacional de Valência acreditam que as relações sexuais estão cada vez mais dependentes de um ecrã. Neste sentido, o envio consensual de imagens ou vídeos com conteúdo sexual não precisa ser perigoso, mas para que essa prática não acarrete riscos graves, deve ser realizada seguindo uma recomendação básica: não enviar conteúdo em que a identidade da pessoa possa ser reconhecida.

Se a prática de sexting for realizada de forma insegura, pode acarretar graves consequências, uma delas pode ser a extorsão.

Este método faz com que a vítima de chantagem sinta receio que as suas fotos possam ser enviadas para outras pessoas. Portanto, o sentimento de medo, impotência e desesperança pode levar ao envio de fotos com conteúdo cada vez mais explícito, ou até, em casos mais graves, a uma pressão para ter relações sexuais, dizemos professores.

Desta forma, a prática do sexting tende a transformar-se em situação de cyberbullying, promovendo humilhação pública e consequências devastadoras, como o suicídio.

Pode-se achar que este tipo de comportamento afeta rapazes e raparigas da mesma forma, mas isso não é verdade. De acordo com os investigadores, que publicaram um artigo no The Conversation, quando uma imagem sexual de uma rapariga é divulgada, isso tem geralmente um impacto negativo na sua reputação social.

Por outro lado, os especialistas, defendem que quando esse conteúdo pertence a um rapaz, geralmente terá um impacto positivo na sua reputação. Assim, é possível notar que os estereótipos de género ainda são válidos e continuam a promover graves consequências psicossociais nas mulheres.

Um outro ponto importante, é a falha na educação sexual que está a levar os adolescentes a formar uma ideologia através do consumo de material que veem nas redes sociais. Consequentemente, o aumento do consumo de pornografia está a levar a ideias distorcidas sobre a sexualidade.

Alguns estudos mostram diferenças entre a socialização sexual de raparigas e rapazes, ambos com fantasias sexuais diferentes e opostas. Por outro lado, a associação do papel submisso de algumas mulheres no sexo faz com que aceitem fantasias sexuais que não lhes dão prazer.

Levando em consideração todos esses aspetos, os autores do estudo defendem que a prevenção desse tipo de comportamento deve ser uma prioridade, a fim de amenizar consequências devastadoras.

Estes comportamentos são uma tendência na sociedade em que vivemos, porém o isolamento, que trouxe consigo a incapacidade dos jovens se relacionarem presencialmente, tem piorado este panorama.

Questões de cibersegurança são cada vez mais preocupantes e, quando quebradas, podem constituir danos psicológicos bastante graves, sobretudo em pessoas que ainda estão em processo de modelagem da sua personalidade.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de respeito". Patrões abandonam concertação social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …