A nova prodígio do ténis estudou para os exames e foi a Wimbledon eliminar o seu ídolo

Nic Bothma / Lusa

A tenista norte-americana Cori Gauff, de apenas 15 anos, eliminou esta segunda-feira a compatriota Venus Williams, de 39 anos, na primeira ronda de Wimbledon, naquela que foi a sua estreia em encontros do Grand Slam.

Depois de se ter tornado a mais jovem tenista a ultrapassar a fase de qualificação do torneio londrino na era Open – desde 1968 -, Gauff afastou Venus, que disse ser um dos seus grandes ídolos, por 6-4 e 6-4, numa hora e 19 minutos.

‘Coco’ tornou-se mesmo a mais jovem jogadora a vencer um encontro em ‘majors’ desde 1996, quando a russa Anna Kournikova triunfou no Open dos Estados Unidos.

“Não diria que não esperava vencer a partida”, disse Gauff, citada pelo The Guardian. “Sabia que ia jogar da forma que costumo jogar (…) Não fiquei surpresa por ter vencido. Quer dizer, estava apenas arrebatada no final. Nunca joguei num court tão grande, o público estava uma loucura. Fiquei surpresa pelas pessoas estarem a aplaudir-me”.

Apesar de ter vencido um dos seus ídolos aos 15 anos, Gauff diz não estar ainda completamente confiante de que será a melhor tenista. “Eu já o disse antes: quero ser a melhor. O meu pai disse-me que podia sê-lo quando eu tinha oito anos. Obviamente, nunca acreditamos. Ainda não estou 100% confiante. Mas é preciso dizer coisas. Nunca se sabe o que vai acontecer”, disse, citada pelo mesmo jornal.

Quanto à sua adversária, Coco disse que foi a primeira vez que se encontraram, revelando que é muitas vezes comparada a Venus por ambas serem altas e jogarem de forma semelhante. Contudo, segundo explicou, citada pelo diário britânico The Times, quando entra no court sente-se na sua própria pele.

No fim da partida, Venus considerou que a sua adversária “fez tudo bem” durante a partida. “O céu é o limite“, disse, deixando em aberto um futuro risonho para a jovem.

313.ª da hierarquia mundial, Cori Gauff fez os exames da escola à distância para participar no qualifying e já assegurou a presença na segunda ronda, na qual vai defrontar a eslovaca Magdalena Rybarikova. Venus está 257 posições acima de Coco.

Venus Williams, que já tinha vencido dois dos seus cinco títulos na relva londrina quando Gauff nasceu, caiu apenas pela terceira vez na primeira ronda em 18 presenças em Wimbledon, onde chegou a nove finais.

Tal como observa a norte-americana CNN, Coco era, ainda de vencer Venus, vista como um “novo prodígio” no ténis. Gauff, recorde-se, foi a mais jovem atleta a qualificar-se para Wimbledon, sendo já sido apontada como a próxima Serena Williams.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PSD propõe solução ao Governo para reduzir injeção no Novo Banco

O PSD defende que o Governo tem um argumento jurídico que pode usar para limitar os pagamentos do Fundo de Resolução ao Novo Banco este ano. Em causa está um artigo do Código Civil que …

Quarentena de 21 dias, testes e fecho de casinos levam Macau a erradicar covid-19

Macau, um dos primeiros territórios a identificar o novo coronavírus, é agora um dos locais livres de covid-19, estando há cerca de 380 dias sem qualquer registo de infeção local, segundo os dados oficiais. O …

Costa preocupado com desconfinamento. Concelhos de risco dão dores de cabeça

Com a terceira fase de desconfinamento aí à porta, o Governo ainda tem dúvidas sobre o que fazer, mantendo algumas pontas soltas. A maior preocupação incide nos conselhos onde há mais casos. Durante a reunião do …

Para prevenir acidentes, China inaugura o primeiro semáforo para camelos do mundo

Autoridades do norte da China inauguraram este domingo o que dizem ser o primeiro sinal de trânsito para camelos do mundo perto da cidade de Dunhuang, província de Gansu. O semáforo para camelos entrou em operação …

PRR terá mecanismo de fiscalização no Parlamento. PSD quer bazuca durante a presidência portuguesa da UE

O ministro do Planeamento, Nelson Souza recebeu nesta terça-feira, os partidos com assento parlamentar e as deputadas não inscritas para conversas bilaterais sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Trata-se da chamada "bazuca" que virá …

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …

Marcelo, IL e Chega querem avanço do desconfinamento. PSD pede travão nos concelhos de maior risco

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os partidos ao longo desta tarde. A renovação de mais um Estado de Emergência está na mira, mas há quem não concorde. O Presidente da República começou por receber o Iniciativa …

MP "não nos ligava patavina. Zero", disse major Vasco Brazão

O major Vasco Brazão, ex-porta-voz da Polícia Judiciária Militar (PJM), disse esta terça-feira ao coletivo de juízes do Tribunal de Santarém que o Ministério Público (MP) não "ligava patavina" à investigação e às diligências sobre …