Adicionar algas à alimentação do gado reduz até 70% a emissão de metano

Dirk Ingo Franke / Wikimedia

-

Um estudo realizado por cientistas australianos revela que a adição de algas secas a 2% da alimentação de ovinos e bovinos, pode provocar uma redução das emissões de metano desses animais em mais de 70%.

O gado é responsável por 44% de todo o metano causado pelo homem, um gás que tem 36 vezes mais potencial de aquecimento global do que o CO2.

As vacas, ovelhas, e outros animais ruminantes têm no estômago uma bactéria que faz com que arrotem metano, e alguns estudos indicam que cada animal expele uma média de 500 litros deste gás para a atmosfera por ano.

Para combater este problema, os cientistas têm tentado descobrir como “suavizar” a digestão destes animais.

No final de 2015, uma equipa de investigadores australianos descobriu, em laboratório, que um tipo particular de alga, chamada Asparagopsis taxiformis, reduz a produção de metano em 99%.

A experiência ainda não tinha sido realizada em animais, e os cientistas da Universidade James Cook em Queensland, Austrália, decidiram testar exatamente isso.

De acordo com o novo estudo, a adição de 2% de algas na dieta das ovelhas levou a uma redução de 50 a 70% da emissão de metano durante 72 dias.

“Tivemos um pressentimento de que teríamos algum sucesso, mas a escala de redução de metano que vimos foi surpreendente”, afirmou o investigador Rocky De Nys, citado pela ABC.

Segundo os especialistas, este tipo de alga marinha é tão eficaz porque produz um composto chamado bromofórmio (CHBr3), que bloqueia a produção de metano ao reagir com a vitamina B12.

Rob Kinley

Asparagopsis taxiformis

Asparagopsis taxiformis

No entanto, apesar de cada animal não precisar de grandes quantidades de algas na alimentação, os investigadores alertam para a elevada quantidade de gado nos países – algo que dificulta a resolução do problema.

Entre os países com mais gado bovino está o Brasil (189 milhões), a Índia (187 milhões) e a China (110 milhões) – em Portugal existe um milhão e meio de cabeças de gado.

Os cientistas australianos afirmam que a colheita de algas marinhas não é suficiente porque os custos são demasiado elevados, e pretendem obter um parceiro que consiga produzir as algas necessárias.

“Esta é a barreira número um, ter algas suficientes para alimentar milhões de vacas”, destacou o cientista Rob Kinley.

Os animais ruminantes são mais prejudiciais para o planeta do que aparentam, e tendo em conta o nível elevado de gases na atmosfera, esta pode ser a nossa salvação.

BZR, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Poderá ser a nossa salvaçao??? Por amor de deus, tenham juízo. Já não temos salvação e se a tivéssemos passaria por toda a humanidade deixar de comer produtos animais no espaço de um ano, caso contrário vamos continuar a esgotar os solos, a água e a energia necessária para manter o nível de produção ridículo e desumano de animais que temos hoje em dia. Até parece que o único problema ambiental causado pela produção animal são os arrotos das vacas. Tenham juízo. Não temos salvação e a prova disso mesmo são comentários infelizes como esse. Informem-se e evitem desinformar os restantes.

    • Exma. Sra.
      Joana Azevedo
      Se já não temos salvação não sei o que a preocupa!…
      Gostaria contudo, já que acusa os outros de desinformação, que me esclarecesse como concluiu que se toda a humanidade deixasse de comer produtos animais durante um ano estaríamos salvos…. Desejo que tenha sempre a “barriga cheia” para poder ter toda a liberdade e leviandade que exibe no seu comentário. Os melhores cumps.

RESPONDER

Rios ocultos de água quente estão a derreter o gelo da Antártida

O gelo antártico está a ser desestabilizado por rios ocultos e invertidos de água quente que correm por baixo das plataformas, derretendo-as. Os cientistas conhecem estes canais basais nas plataformas de gelo há vários anos, mas …

Enorme impacto cósmico pode ter assolado a Terra há 12.800 anos

Uma equipa de cientistas descobriu excesso de platina em material sedimentar extraído de depósitos de turfa localizados em Wonderkrater, Limpopo, na África do Sul, revelou uma nova investigação. De acordo com um novo estudo, cujos resultados …

Astronauta capta o colossal "Olho do Sahara" a partir da EEI

A Agência Espacial Europeia publicou neste domingo uma fotografia da colossal estrutura de Richat, uma formação geológica enigmática no centro da Mauritânia, conhecida como o "Olho do Sahara". A estrutura, que tem cerca de 40 quilómetros …

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …