/

Adiar a ida à casa de banho pode rebentar a bexiga

A bexiga de um adulto pode conter até meio litro de urina antes de a pessoa sentir vontade de ir à casa de banho. Mas, quando se atinge essa capacidade, os pequenos receptores da bexiga enviam uma mensagem ao cérebro, alertando para a necessidade de alívio.

Felizmente, a maioria das pessoas tem controlo total sobre a função das suas bexigas e, assim, quando recebem a mensagem do cérebro, podem optar por esvaziá-la imediatamente, ou segurar a urina por mais um bocadinho. Mas o que é que provocam ao corpo quando decidem adiar a ida à casa de banho?

A curto prazo, os esfíncteres cilíndricos da bexiga fecham-se firmemente, para evitar que a urina escape através da uretra.

Esses pequenos músculos são óptimos no que fazem, mas começam a falhar quando se utilizam de forma consistente, durante muito tempo: é como um trabalhador muito esgotado por anos de esforço contínuo e com pouco descanso.

Quem tem o hábito de adiar a vontade de ir à casa de banho várias vezes por semana – por exemplo, quando se é um camionista e se fazem longas viagens e não se gosta de parar -, está a sujeitar-se a consequências muito sérias a longo prazo, incluindo a um maior risco de infecção.

Consequências

Segurar a urina pode enfraquecer os músculos da bexiga, o que pode levar à retenção urinária – temida condição em que não se consegue esvaziar completamente a bexiga quando se urina, o que significa que se passa a ter sempre vontade de ir à casa de banho.

Também expõe o corpo a bactérias potencialmente prejudiciais, o que pode aumentar as possibilidades de contrair uma infecção do trato urinário ou da bexiga. Como qualquer outra infecção, estas podem complicar-se e tornar-se fatais.

E há ainda uma outra forma bizarra através da qual segurar a urina pode ser mortal: é que a bexiga pode rebentar.

Isto é muito raro, obviamente. Na maioria dos casos, as pessoas acabam por urinar involuntariamente antes que qualquer rompimento ocorra. Quando isso acontece, é quase sempre porque a bexiga já estava danificada por algum motivo.

Mas é melhor não arriscar, certo? Da próxima vez que sentir preguiça de se levantar da cama ou do sofá, apesar dos apelos do seu corpo, lembre-se que poderá acabar por ser presenteado com consequências muito desagradáveis.

  ZAP // Hypescience

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.