Adesivo com micro-agulhas derrete (literalmente) a gordura corporal

Investigadores da Universidade de Columbia e da Universidade da Carolina do Norte, ambas nos EUA, criaram um adesivo que literalmente derrete o excesso de gordura corporal no local em que é aplicado.

O adesivo contém uma série de micro-agulhas que perfuram a pele de forma indolor para fornecer nanopartículas de medicamentos ao corpo. Embora ainda não tenha sido testado em seres humanos, os testes com cobaias mostram que o adesivo é capaz de reduzir a gordura em até 20% nas áreas tratadas.

Para entender como o adesivo funciona, é preciso entender primeiro como os nossos corpos armazenam a gordura.

Há dois tipos de células adiposas: gordura branca e gordura castanha. A gordura castanha “queima” facilmente e produz calor – é por isso que os recém-nascidos têm muita, pois precisam de ajuda para regular a sua temperatura corporal.

Infelizmente para os adultos, não temos tanta gordura castanha como os bebés, e, em vez disso, somos cheios de depósitos desagradáveis de gordura branca, usados para o armazenamento de energia a longo prazo. Essa gordura não queima tão facilmente.

Nos últimos anos, muitas pesquisas têm procurado converter a gordura branca em gordura castanha, para queimar mais energia. Vários estudos tiveram algum sucesso a desencadear a transformação, mas há um problema.

“Há vários medicamentos clinicamente disponíveis que promovem essa transformação, mas todos têm que ser administrados como pílulas ou injecções. Isso expõe o corpo inteiro às drogas, o que pode levar a efeitos colaterais, como dor no estômago, ganho de peso e fraturas ósseas”, diz um dos autores do estudo, o patologista Li Qiang.

O nosso adesivo atenua essas complicações aplicando os medicamentos directamente no tecido adiposo”, explica o cientista.

As agulhas microscópicas do adesivo fornecem produtos químicos sob a pele, onde quer que a gordura branca esteja sendo armazenada.

Os investigadores usaram dois medicamentos diferentes, o rosiglitazona, ou “avandia” e um produto químico chamado CL316243, que já tinha sido usado para transformar gordura branca em castanha em cobaias.

Os medicamentos são inicialmente inseridos em envelopes de nanopartículas, cada um com cerca de 250 nanómetros de diâmetro. Para referência, um cabelo humano tem aproximadamente 100 mil nanómetros de largura.

Depois, as nanopartículas são implantadas no adesivo, e penetram na pele, dissolvendo-se lentamente, libertando o medicamento directamente onde ele é necessário.

“As nanopartículas foram projectadas para efectivamente agarrar o medicamento e, em seguida, colapsar gradualmente, libertando-o no tecido de forma sustentada em vez de o espalhar pelo corpo todo rapidamente”, explica o engenheiro biomédico Zhen Gu, outro dos autores do estudo, publicado este mês na revista ACS Nano.

Em experiências com ratos obesos, os adesivos foram aplicados de três em três dias durante um período de quatro semanas. As cobaias tratadas receberam dois adesivos em lados diferentes de seus corpos: um com medicamento e outro com nanopartículas vazias.

Os resultados mostraram que os adesivos contendo rosiglitazona ou CL316243 produziram uma redução de 20% na gordura no lado tratado dos animais, em comparação com o lado das nanopartículas vazias.

Os animais também apresentaram níveis mais baixos de glicose no sangue em jejum do que as cobaias do grupo de controle, que receberam apenas adesivos sem medicamentos. Em animais mais magros, o tratamento também ofereceu outros benefícios, como um aumento no consumo de oxigénio.

Não há garantia de que o adesivo possa vir a funcionar em seres humanos, mas a tecnologia é certamente promissora.

Mas o seu propósito será muito maior do que estético: o adesivo pode tornar-se uma arma poderosa e eficaz para tratar a obesidade e distúrbios metabólicos relacionados, como a diabetes.

PARTILHAR

RESPONDER

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …