Cientista cria “adesivo de bacon” que promete ajudar quem quer parar de comer carne

(dr) Strong Roots

Um professor da Universidade de Oxford criou um adesivo com aroma a bacon para “ajudar os vegetarianos a lidar com os desejos de carne”.

Abolir o consumo de carne é uma tarefa mais fácil para algumas pessoas do que para ouras. Foi a pensar nesta dificuldade que um professor da Universidade de Oxford, no Reino Unido, desenvolveu um adesivo com aroma a bacon que promete ajudar a reduzir os desejos de comer carne.

A invenção de Charles Spence pode parecer um tanto ou quanto bizarra, mas a ideia por trás deste adesivo é que a nossa mente está conectada aos sentidos de paladar e olfato, o que faz com que certos cheiros possam reduzir significativamente os desejos de comida.

“O nosso olfato está fortemente ligado à nossa capacidade de saborear, portanto, vivenciar sinais relacionados com alimentos, como cheirar um aroma a bacon, pode levar-nos a imaginar o ato de comer esse alimento – e só isso pode deixar-nos saciados“, explicou o professor da universidade britânica.

https://www.instagram.com/p/B7vljszjpNH/?utm_source=ig_embed

Segundo o Business Insider, o adesivo funciona como uma espécie de raspadinha, e deve ser arranhado para produzir um aroma semelhante ao de bacon cozinhado.

A inspiração surgiu a partir dos adesivos de nicotina, que ajudam as pessoas que querem deixar de fumar. No entanto, este “adesivo de bacon” funciona de forma distinta: em vez de libertar bacon na corrente sanguínea, proporciona uma dose olfativa instantânea depois de arranhado.

O adesivo está a ser testado em algumas cidades do Reino Unido, como Londres, Liverpool e Lees, mas a empresa de produtos vegan Strong Roots garante que esta inovação vai estar disponível em todo o mundo, num futuro próximo.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …