Acordou de duas semanas em coma para dar à luz uma menina

jennyquiles / gofundme.com

Jenny Quiles acordou do coma para dar à luz Angel Noemi

Jenny Quiles acordou do coma para dar à luz Angel Noemi

Jenny Quiles, uma norte-americana de 36 anos de St. Petersburg, na Florida, Estados Unidos, deu milagrosamente à luz uma menina depois de duas semanas em coma, revela a imprensa local.

Grávida de 33 semanas, Jenny Quiles foi atropelada no passado dia 15 por um camião conduzido por Shaun Carlton Downing, de 27 anos.

Jenny atravessava a rua, a caminho de uma consulta médica, quando Downing efectuou uma mudança de direcção à esquerda com um semáforo amarelo.

Um inquérito preliminar da polícia local concluiu não haver indícios de conduta criminosa da parte de Downing. “Tratou-se de um infeliz acidente”, afirmou à imprensa local um porta-voz da polícia, Mike Puetz.

Angel Quiles Jr. / Facebook

Angel pai com Angel Noemi Quiles

Angel pai com Angel Noemi Quiles

Jenny foi internada em estado crítico num hospital local, onde permaneceu em coma, com lesões cerebrais, durante duas semanas.

Na passada quarta-feira, no entanto, Jenny começou a ter contracções e acordou do coma, a tempo de dar à luz, por cesariana, uma saudável menina de 2,7 quilos.

A recém-nascida, Angel Noemi Quiles, encontra-se nos cuidados neo-natais da maternidade local.

Apesar de ter nascido um mês antes do previsto, “Angel Noemi está muito bem, vai sair-se bem disto”, disse ao Tampa Bay Times a médica obstetra que assistiu ao parto, Jennifer Gilby.

Segundo a dra. Gilby, a mãe da bebé está em estado estável, consciente, e responde a estímulos.

Angel Noemi recebeu o nome do pai, Angel Quiles, de 35 anos, que deu à menina o seu primeiro biberão e já lhe mudou as fraldas.

“A minha esperança é que Jenny recupere e veja a Angel Noemi, que lhe pegue ao colo, ela queria muito isto”, diz Quiles ao TBT. “Precisamos de Jenny na nossa vida”.

Quiles lançou uma campanha online no GoFundMe para angariar fundos para a assistência médica de que Jenny vai precisar.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Mais do que financiamento, a notoriedade e solidariedade que a campanha recebeu é uma forma de chamar a atenção das pessoas para a segurança dos peões”, diz Angel Quiles.

Angel Quiles Jr. / Facebook

Jenny e Angel Quiles Jr

Jenny e Angel Quiles Jr

ZAP

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE