Traumas do passado afectam geneticamente gerações futuras

foto: sxc

foto: sxc

Um estudo feito por cientistas americanos indica que o comportamento humano pode ser afectado por episódios que tenham sido vividos por gerações passadas por uma espécie de memória genética.

As pesquisas mostraram que um evento traumático pode afectar o DNA no esperma e alterar os cérebros e o comportamento de gerações futuras.

O estudo, publicado na revista científica Nature Neuroscience, indica que camundongos treinados para se esquivar a um determinado tipo de odor passaram essa aversão aos seus ‘netos’, indica a BBC.

Especialistas dizem que os resultados são importantes para as pesquisas sobre fobia e ansiedade.

Os animais foram treinados para temer um cheiro similar ao da flor de cerejeira.

A equipa, composta por cientistas da Emory University School of Medicine, nos Estados Unidos, averiguou, então, o que estava a acontecer dentro do espermatozoide dos camundongos.

Os cientistas constataram que a parte do DNA responsável pela sensibilidade à essência da flor de cerejeira estava mais ativa na célula reprodutiva masculina.

Tanto os filhos dos camundongos como os seus descendentes demonstraram hipersensibilidade à flor de laranjeira e esquivaram-se dela, mesmo que não tenham passado pela mesma experiência.

Os pesquisadores também identificaram mudanças na estrutura dos cérebros dos animais.

“As experiências vivenciadas pelos pais, mesmo antes da reprodução, influenciaram fortemente tanto a estrutura quanto a função no sistema nervoso das gerações subsequentes”, concluiu o relatório.

 

Assuntos familiares

As descobertas oferecem evidência de uma “herança epigenética transgeracional”, ou seja, de que o ambiente pode afectar os genes de indivíduos, que podem então ser transmitidos aos seus herdeiros.

Um dos pesquisadores, Brian Dias, afirmou à BBC que tal característica “pode ser um mecanismo pelo qual os descendentes mostram marcas dos seus antecessores“.

“Não há dúvida de que o que acontece com o espermatozóide e o óvulo pode afectar as gerações futuras”.

O professor Marcus Pembrey, da Universidade College London, afirmou que as descobertas são “altamente relevantes para as fobias, ansiedade e desordens de stresse pós-traumático” e fornecem “fortes evidências” de que uma forma de memória pode ser transmitida entre gerações.

Segundo Pembrey: “A saúde pública precisa urgentemente de ter em atenção as respostas transgeracionais humanas”.

“Acredito que não entenderemos o aumento nas desordens neuropsiquiátricas ou a obesidade, diabetes e as perturbações metabólicas sem esse tipo de abordagem multigeracional”.

ZAP, BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …