Accionista de 11 anos da Samsung critica empresa por fiasco do Galaxy Note 7

samsungtomorrow / Flickr

Reunião de accionistas da Samsung

Reunião de accionistas da Samsung

Um accionista da Samsung Electronics, de apenas 11 anos de idade, tornou-se o centro das atenções na reunião anual de accionistas da empresa – durante a qual reprovou o fiasco do Galaxy Note 7 e expressou que espera que não ocorram mais “incidentes” similares.

“Estou um pouco nervoso, já que é a primeira vez que venho a uma reunião de accionistas”, disse o pequeno Yu, em declarações recolhidas pela imprensa local. “Gostaria de dizer que espero, sem me importar quanto tempo leve o seu desenvolvimento, que não haja mais incidentes como a explosão do Galaxy Note 7”, acrescentou o jovem accionista.

Segundo contou o próprio, Yu investiu as suas economias para comprar duas ações da Samsung Electronics, cujo valor por título ultrapassa actualmente os 2 milhões de wons – cerca de 1.655 euros.

Em resposta, o vice-presidente e CEO da Samsung Electronics, Kwon Oh-hyun, qualificou a presença de Yu, estudante do 5º ano, como “histórica”. Oh-hyun garante que serão aceites “as opiniões de jovens accionistas e se forem boas, serão colocadas em prática”.

Queremos recuperar a nossa imagem de marca e garantir a liderança no mercado dos smartphones“, acrescentou por seu turno Shin Jong-kyun, diretor-executivo da Divisão de Informática e Comunicações Móveis da Samsung.

Segundo o jornal Korea Herald, Yu ainda não tem um smartphone, mas revelou, depois da reunião deste sábado, que apesar de ser accionista da Samsung, espera comprar o modelo V20 da LG, o outro gigante sul-coreano.

A crise do Galaxy Note 7 surgiu depois de o aparelho começar a ser vendido, em agosto de 2016, quando a Samsung recebeu informações de baterias que se incendiavam durante o processo de carregamento, o que forçou a empresa a anunciar uma revisão do produto e, finalmente, a deixar de o fabricar em outubro do mesmo ano.

// EFE

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

      • Esta frase está no primeiro parágrafo, às 16h10 de 27/03/2017: “Um accionista da Samsung Electronics, de apenas 11 anos de idade”.

        Ainda que não perceba a externação do António…

        • Caro Ahahah,
          A sua frase consta de facto do nosso texto, a do António é que não.
          Não é que nunca nos enganemos, pelo contrário, mas neste caso o António leu um “de” a mais que nunca constou da nossa frase, e teve o trabalho de escrever a frase toda em vez de fazer “copy-paste” – algo que teria evitado o “de” a mais.

          • Independentemente da relevância que isso possa ter para a notícia, “…teria evitado o “de” a mais.”??? Qual “de” a mais? O colocado por vós – não no “headline” – mas no texto introdutório do “artigo”?
            Já agora cá vai o vosso texto “copy-pasted”:
            “Um accionista (…da Samsung Electronics,) de apenas 11 anos de idade…” isto ler-se-há de alguma outra forma?
            Talvez da forma frequentemente pouco letrada de lidar com a língua portuguesa, exibida neste vosso panfleto de “copy-paste” e más traduções!
            Insistir em negar, como fazem habitualmente, o que realmente fizeram, mais do que arrogância é burrice! E esse tipo de burrice, recorrente, tem outro nome!!!

            • Caro Miko,
              Sem querer contrariá-lo quando nos acusa de arrogância, burrice e outro nome, o que está em causa é apenas que o António escreveu “Um accionista (…da Samsung Electronics,) de apenas de 11 anos de idade…”.
              Não consegue mesmo ver onde é que está o “de” a mais?

RESPONDER

CGTP ameaça Costa: “Ou dá resposta às reivindicações ou conta com contestação” nas ruas

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, defendeu a alteração das leis laborais e o aumento do salários na próxima legislatura, avisando que caso estas reivindicações não sejam atendida, o Governo terá forte contestação nas ruas. Arménio …

Das eleições resultou um "Governo instável" e Marcelo foi "o grande ganhador sem ter participado"

Para Luís Marques Mendes, o PS teve mais votos, mas tem piores condições para governar. Além disso, na opinião do comentador político, foi Marcelo quem ganhou estas eleições, por não ter havido maioria absoluta. O Partido …

"Querem que pique a bolha?" Conselheiros do Banco de Portugal compararam Montepio ao caso BES

Numa "discussão acesa" no Banco de Portugal, conselheiros da entidade de supervisão compararam a situação do Banco Montepio ao caso BES, com referências a um "esquema de Ponzi", em pirâmide, e a ideia de que …

CGD e Novo Banco vão atrás da fortuna de Paulo Maló

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Novo Banco vão tentar executar o património pessoal de Paulo Maló, médico e empresário que fundou a Malo Clinic, empresa especializada em medicina dentária, escreve o Jornal …

Comandante que desviou dinheiro da Proteção Civil recebe avença do Estado

Gil Martins foi condenado de desviar mais de cem mil euros da Proteção Civil. Ainda assim, o antigo comandante recebe uma avença de mil euros brutos por mês. O ex-comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência …

New York Times divulga provas de que a Rússia bombardeou deliberadamente hospitais na Síria

O The New York Times publicou este domingo, segundo avança o próprio jornal norte-americano, provas de que a Rússia bombardeou repetidamente e deliberadamente hospitais na Síria, onde intervém em apoio do regime sírio do Presidente …

Simone Biles torna-se na ginasta mais medalhada de sempre em Mundiais

Esta foi a quarta medalha de ouro para Biles em Estugarda, depois de ter vencido a prova por equipas, o concurso geral individual e a prova de salto. A norte-americana Simone Biles tornou-se hoje a ginasta …

Há um Reino muito pouco Unido na corda bamba. Rainha inicia semana decisiva para o Brexit

Depois do discurso real desta segunda-feira, as conversações entre Londres e Bruxelas deverão continuar e avançar pela cimeira da UE de quinta e sexta-feira. No sábado, o Parlamento britânico reúne-se excecionalmente para votar o que …

Esther Duflo, Abhijit Banerjee e Michael Kremer vencem Nobel da Economia

O prémio Nobel da Economia de 2019 foi esta segunda-feira atribuído à francesa Esther Duflo, ao indiano Abhijit Banerjee e ao norte-americano Michael Kremer, anunciou a Real Academia das Ciências sueca. O Prémio de Ciências Económicas …

Tufão Hagibis faz pelo menos 42 mortos e 200 feridos no Japão

Pelo menos 42 pessoas morreram e 200 ficaram feridas no Japão, após passagem do tufão Hagibis, enquanto mais de 110.000 membros de equipas de socorro continuam as operações de busca e resgate, noticiou a emissora …